16 de agosto de 2018

Na Telinha ou na Telona... #135

Olá gente lindaaaaa!
Hoje vim indicar mais um dorama recente que foi super queridinho pelos dorameiros, estou falando de "What's Wrong With Secretary Kim" (O que há de errado com a secretária Kim?), também conhecido como "Why Secretary Kim?".
"What's Wrong With Secretary Kim" é baseado em uma webtoon homônima, escrita por Jung Kyung-Yoon e originalmente publicada em 2013. O dorama foi exibido pela emissora sul-coreana tvN de 6 de junho a 26 de julho de 2018.

Sinopse: É possível ser tão egocêntrico ao ponto de não ter ideia do que está acontecendo em sua volta? Lee Young Joon é vice-presidente da empresa de sua família, o Grupo Yoomyung. Ele é tão narcisista que não presta atenção ao que a sua fiel secretária, Kim Mi So, está tentando lhe dizer quase sempre. Depois de passar nove anos fazendo Young Joon ter boa aparência e inflar o seu imenso ego, Min So decide largar o emprego. Young Joon aceitará que Mi So não quer mais trabalhar para ele ou entenderá errado?
ELENCO PRINCIPAL:

- Park Seo Joon como Lee Young Joon / Lee Sung Hyun (vice-Presidente do Grupo Yoomyung. Ele é bonito e capaz, mas seu narcisismo faz com que seja difícil trabalhar com ele);
- Park Min Young como Kim Mi So (uma secretária altamente qualificada que trabalha com Young Joon há nove anos. Ela dedicou sua vida a ganhar dinheiro para ajudar as irmãs mais velhas a estudar e pagar as dívidas do pai; apesar de ser a caçula, assumiu a maior parte das responsabilidades);
- Lee Tae Hwan como Lee Sung Yeon / Morpheus (irmão mais velho de Young Joon e um autor famoso; ele e o irmão não tem uma boa relação e fica ainda pior quando Sung Yeon se apaixona por Mi So);
- Kang Ki Young como Park Yoo Sik (diretor do Yoomyung Group e melhor amigo de Young Joon, a quem dá conselhor amorosos e sobre relações interpessoais, já que o amigo não lega muito jeito).


Minha opinião: Amei!
Eu comecei a assistir "What's Wrong With Secretary Kim?" assim que lançaram os primeiros episódios e fui fisgada logo no início, em especial pelo protagonista incomum. Ok, é um CEO lindo, rico e cobiçado como em 98% dos doramas, mas logo eu explico o que ele tem de incomum (e engraçado).
A história gira em torno de Lee Young Joon, um jovem bonito, rico e extremamente narcisista que é vice-presidente da empresa da família, e sua secretária Kim Mi So, em quem confia cegamente e com quem trabalha há nove anos.
Tudo bom, tudo na mais perfeita normalidade... até a Secretária Kim anuncia que quer deixar o emprego. Isso desestabiliza Lee Young Joon, não por ele precisar dos serviços de sua inseparável secretária, que é capaz de fazer o trabalho de olhos fechado, mas por não conseguir entender como alguém quer deixar de trabalhar para alguém tão perfeitamente perfeito como ele. HA-HA-HA! E não, eu não estou exagerando, é exatamente assim que ele se sente.
Então, ele tenta convencer Mi So de quão honrada ela deve se sentir por ele permitir que ela trabalhe com ele. Mas ela está decidida, quer ter tempo para si mesma, quer arrumar um namorado, se casar, formar uma família, etc. Assim, após pedir alguns conselhos ao melhor (e único) amigo, Park Yoo Sik, Young Joon decide (DECIDE!) que a melhor maneira de evitar que Kim Mi So se demita é se casando com ela. Simples assim. E ele anuncia sua decisão como se a convidasse para um jantar. Ele é hilário, gente!

Obviamente, acostumada com a personalidade narcisista e egocêntrica do patrão, Mi So ignora a proposta (claro). E, mais uma vez Young Joon não consegue entender. Não querer trabalhar para ele é uma coisa, mas como alguém pode não querer tê-lo como marido. É inacreditável!
Quando eu disse que o protagonista era incomum, era disso que eu estava falando. Ele é narcisista em um nível absurdo e inaceitável... e tão engraçado.
Assim que terminei de assistir ao primeiro episódio, a primeira coisa que pensei foi que tinha algo de errado com o nome do dorama, que deveria se chamar "What's Wrong With Vice Chairman Lee?" (O que há de errado com o vice-presidente Lee?).
Após várias tentativas de convencer a Secretária Kim a não deixar o emprego e a se casar com ele, Young Joon acaba optando por usar os métodos tradicionais de conquista e é aí que eles começam a se aproximar. Apesar de trabalharem juntos há nove anos, Mi So passa a ver um lado de Lee Young Joon que nunca havia visto antes. E ver Young Joon fazendo mutas coisas simples pela primeira vez com Mi So é a coisa mais fofa do mundo.
Claro que a volta de seu irmão mais velho à Coréia, com quem Young Joon não se dá nada bem, dá aquele empurrãozinho para que nosso boss entenda e reconheça os próprios sentimentos em relação a Mi So, Isso porque o irmão é, na verdade, Morpheus, o escritor best seller misteriosos por quem Mi So é apaixonada. Aí rola aquele ciuminho básico, né?!
E com o passar dos episódios, vamos conhecendo um pouco mais sobre os protagonistas, sobre o passado de ambos e sobre algo que eles podem ter compartilhado na infância, que lhes causam pesadelos até hoje. E esse "mistério" se mantém por boa parte da história (e eu me acabei de chorar quando foi revelado e a verdade veia à tona).
Eu já disse (várias vezes) que Young Joon é extremamente engraçado (além de se amar muito), mas essa graça toda não é exclusividade dele. Toda a equipe do escritório da vice-presidência é engraçadíssima. Desde a "substituta" de Mi So, ao funcionário exemplar, viciado em trabalho e mão-de-vaca, à funcionária que só pensa em comida, à doidinha e seu "hero", etc. Morri de rir com todos eles. O chefe mais doido e diferentão merece a equipe mais diferentona também. né?!
E não posso deixar de comentar que, em se tratando do ator Park Seo Joon (nosso boss - Kill me, Heal me, She Was Pretty, Fight for My Way, Witch's Romance), se tem pegação, não tem miséria. Tudo bem que no início o personagem teve alguma dificuldade para ter qualquer contato físico com Mi So, mas superada essa primeira barreira, Young Joon não decepcionou. Foi bonito (bem bonito) de ver.
Outro ponto que preciso ressaltar (mesmo que possa parecer indiferente para outros telespectadores) é a participação dos atores Lee Min Ki e Jung So Min (os protagonista do meu dorama queridinho, Because This Is My First Life) no papel dos pais de Mi So. Amei rever meu casal, que continua esbanjando química ❤.
Além de muita comédia, romance(s) de escritório, "What's Wrong With Secretary Kim" também aborda alguns temas dolorosos, relações familiares de vários tipos, desde a entrega de Mi So e seu esforço para ajudar a formar as duas irmãs, embora ela própria seja a caçula e não tenha tido a chance de ir à universidade, ao relacionamento conturbado entre Young Joon e seu irmão, etc.

Se você quer dar boas (e muitas) risadas, acompanhar o desenvolvimento não de um, mas de vários romances fofinhos, esse dorama é pra você!

Quanto a ost, claro que me apaixonei por quase todas as músicas (#quemsempre). As minhas favoritas foram: It's You (Jeong Sewoon), The First Word (Song Yuvin), Because I Only See You (Kim Na-young), A Little More (Jinho & Rothy) e Wanna Be (GFRIEND).

Se quiserem conferir essa belezinha, os 16 episódios estão disponíveis no Viki (dois últimos episódios apenas para assinantes), e gratuitamente no Star Dramas Fansub (necessário cadastro) e no Kingdom Fansubs (necessário cadastro).

***
Espero que vocês gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)