26 de junho de 2014

Na Telinha ou na Telona!! #39


Olá gente lindaaaa!
Hoje venho falar de um dorama (não sabe o que é dorama? Clique AQUI!) que baixei há um bom tempo (acho que desde 2012), mas por algum motivo que só Deus sabe, resolvi assistir só agora. Estou falando de Faith - The Great Doctor.
Como eu disse, o fato de eu ter demorado tanto para começar a assistir não tem nenhuma explicação lógica. Você sabem que o Min-Ho é o meu queridinho doramático EVER, né?! Bem, ele é protagonista do dorama, está melhor do que nunca (um show à parte como sempre hahah), o dorama é M.A.R.A! Acho que consegue agradar a gregos e troianos, porque tem muita luta de espadas, muito sangue e artes marciais, mas também tem romance (embora seja bemmmm cheio de "nove horas" já que é um drama épico). Enfim, conheçam mais um dorama que ganhou meu coração! <3

Sinopse: Yoo Eun Soo (Kim Hee Sun) é uma cirurgiã plástica de 33 anos de idade, que vive em 2012. Originalmente ela era uma cirurgiã geral, mas não demorou muito para descobrir que essa profissão era muito cansativa e mal remunerada e logo ela pulou fora deste barco para o barco da cirurgia plástica.
Seu maior sonho é um dia abrir sua própria clínica. Mas certo dia repentinamente Choi Young (Lee Min Ho) a sequestra e a leva aos tempos antigos, porque ele precisava das habilidades médicas dela. Sua história de amor se estende por séculos, envolve crenças e com elas vem os conflitos. Ele desistiu do amor para ser um guerreiro inabalável.


ELENCO PRINCIPAL:

- Kim Hee-Seon como Yoo Hee-Soo (cirurgiã plástica; acaba sendo sequestrada pelo capitão da guarda real e acaba indo parar 600 anos no passado);
- Lee Min-Ho como Choi Young (capitão do Wol Dal Chi (guarda real); o melhor dos guerreiros; conhecido no reino todo por sua força, astúcia...);
- Ryu Deok-Hwan como King Gongmin (rei de Goryeo; a todo mmento há alguém querendo tirá-lo do trono e ele conta com a proteção de Choi Young);
- Park Se-Young como Princess Nogoog (princesa de Yuan; atual rainha de Goryeo, mas não se dá muito bem com o rei);


Minha opinião: Amei, amei, amei!! <3

Eu não fazia ideia que o drama envolvesse viagem no tempo. Desde que o drama foi exibido (2012, acho) eu acreditava ser mais um drama épico (que eu adoro, por sinal), mas quando comecei a assistir, na última semana, e percebi que a história era muito mais complexa do que imaginei, não consegui desgrudar do computador. Na última vez que postei sobre dorama aqui, eu disse que estava me controlando e evitando assistir um episódio atrás do outro e tal... foi impossível manter esse controle com Faith. Assisti os 24 episódios (de uma hora cada) em 3 dias.
Eu não entendo de história e geografia nem brasileira, quem dirá da coreana, mas farei o meu melhor para explicar o dorama.

Bem, eis o que acontece:

Faith se passa durante a Dinastia de Goryeo (que durou entre os anos 918 a 1392), então, temos muitas batalhas sangrentas, um rei e uma rainha que não são tão chegados. O casamento foi puramente político. Aliás, tudo é muito político.
Em um ataque ao rei de Goryeo, a Rainha é ferida por um dos invasores e, estando entre a vida e a mortes, e o rei, estando desesperado para salvá-la (não por amá-la, mas porque sua morte pode gerar uma gerra contra o povo de Yuan (nação da princesa), é fácil acreditar em qualquer coisa, por mais absurda que possa parecer.
Assim, quando dizem que há um portal para o céu e que um Médico Divino pode salvar a Rainha, o rei envia o capitão dos Wol Dal Chi (que são guerreiros responsáveis pela guarda real), Choi Young (interpretado pelo meu amado Lee Min-Ho <3) ao portal com a ordem de que ele traga o médico divino.
Bem, parece loucura, mas o portal realmente funciona, mas o que o povo de Goryeo pensa ser o céu, na verdade é o futuro. 2012, para ser mais exata.
Choi Young faz o que é pedido, simplesmente coloca aquela que ele acredita ser uma Médica Divina nos ombro e simplesmente a leva para Goryeo. Para o passado.
Choi Yong promete levá-la de volta ao "Céu" se ela salvar a Rainha, mas ninguém contava com o fato de o portal fechar (não que deixariam ela ir embora após mostrar seus dotes curandeiros, né?!). Então, tentando se adaptar, ou melhor, tentando acreditar no que aconteceu, percebendo que não se trata de um set de filmagem e que ela realmente viajou no tempo com um guerreiro antigo (e desconhecido). Soma-se ao fato de não estar na própria realidade, Yoo Hee-Soo (a Médica Divina) começa a ser cobiçada pelo influente e mal príncipe Gi Chul, que é o vilão do dorma. E por falar em vilõesssss, devo acrescentar que além de viagem no tempo, batalhas épicas e suuuper empolgantes, o dorma apresenta um outro elemento: fantasia Ok, a própria viagem no tempo já é fantasia). Vários personagens possuem "poderes" (isso me lembrou muito alguns animes - sem contar os cabelões desse povo, né?!).
Esse dois da foto são alguns dos vilões, que para variar e dar mais adrenalina, possuim poderes. O gatinho rapaz de cabelos brancos é capaz de matar com ondas de som e a megera ao lado dele possui uma "Mão quente" haha, se ela toca em alguém com a mão direita, é capaz de fritá-la, literalmente.
Bem, o que passa a acontecer frequentemente, além das várias batalhas para proteger o rei dos vilões, para manter o rei no trono e tal.... além de todas as questões políticas e blá blá blá, Yoo Hee-Soo está sempre tentando fugir, ao passo que sempre cai nas mãos do vilão doido e Choi Young sempre a salva (lógico!).
Nem preciso dizer que um sentimento vai surgindo entre eles, né?! E a moça ficava pensando em como seria quando ela fosse embora e deixasse ele para trás (solução simples: leva ele junto!!!). Aos que não gostam muito de romance, vou logo dizendo que se trata de algo bem inocente já que é um dorama de época, por isso não tem muita melação, mas vai agradar aos romântico também, pois a troca de olhares dos personagens vale mais que mil amassos doramáticos. <3
Sem contar que a Yoo Hee-Soo é hilária! Ri bastante nas cenas em que ela 'colocava a boca no trombone' e deixa todo mundo (gente, ela estava no palácio real!) de boca aberta.

Preciso frisar que a história foi MUITO BEM ESCRITA e desenvolvida. Toda a história de escritos antigos com mensagens para Yoo Hee-Soo e o que há por trás disso (o que só descobrimos no último episódio) e a montanha-russa de emoções do último episódio. Gente, fiquei inconformadaaaaa, depois, esperançosa, depois chorei, choreiiiii e fiquei esperançosa de novo e.... AMEI! Com certeza um ds melhores dramas que já assistir. Favoritei. <3
CENA LINDA DEMAISSSS! *-*
Quanto a trilha sonora: UMA MÚSICA MAIS LINDA QUE A OUTRA!
Sabe aquela trilha sonora que não sai da sua cabeça mesmo após vários dias após assistir a um filme / dorama ou qualquer coisa do tipo? E não tô falando daquelas músicas-chiclete, tô falando de músicas que tem TUDO a ver com cada cena. As que mais gostei foram: a música tema do Carry On (Ali), My heart is still by your side (se alguém souber o nome da cantora, por favor me avise) e Tears Drop (Younha).

Aos que se interessaram, podem fazer o download dos 24 episódios legendados no Drama Épicos ou assistir online no Viki.com.

****
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!




24 de junho de 2014

DIVULGANDO: A esperada conclusão da saga Os Instrumentos Mortais!!!

Olá gente lindaaaa!
A conclusão da saga "Os Intrumentos Mortais" finalmente chegou! EEEEEE o/



Cidade do Fogo Celestial
Autor(a): Cassandra Clare
532 páginas

Sinopse: ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais.

****
Beijos e amassos!!

23 de junho de 2014

RESENHA: Incendeia-me (Estilhaça-me #3)

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Tahereh Mafi
Número de Páginas: 384

Sinopse: UM DIA EU POSSO ROMPER UM DIA EU POSSO R O M P E R E ME LIBERTAR NADA MAIS VAI SER IGUAL O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho d O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.


Olá gente lindaaaa!
Eu finalmente li "Incendeia-me" (que estava loooooouca para ler desde que recebi um exemplar da editora) e, já estou com saudades da trilogia! 

Confira a resenhas dos volumes anteriores:
Estilhaça-me (#1) | Destrua-me (#1,5) | Liberta-me (#2) | Fragmenta-me (#2,5)

ATENÇÃO: Esta resenha contém spoilers dos livros anteriores!

Após o fracasso da última batalha entre o Ponto Ômega e o Restabelecimento, Julliete acorda e se vê sozinha com Warner. De algum modo ela ainda está viva após os últimos acontecimentos. Ele a salvou. Secretamente. Assim, todos pensam que ela está morta. É hora de dar a volta por cima.
Por outro lado, ao que parece todos do Ponto Ômega estão mortos. Todos.
"Meus olhos estão se enchendo depressa com lágrimas e eu pisco e pisco, mas o mundo está uma bagunça e eu quero rir porque tudo em que consigo pensar é em como é horrível e lindo, que nossos olhos embaçam a verdade quando não aguentamos ver." (página 10)
Aliada a última pessoa que poderia imaginar, o próprio Warner, Julliete está decidida a se vingar. A acabar com o Restabelecimento e, principalmente, com Anderson.
Em um primeiro momento Julliete tem que lidar com a ideia de que todas as pessoas com as quais ela se importava estão mortas, digo "em um primeiro momento", pois logo o mal entendido é desfeito. Algo ainda mais improvável acontece, os antes inimigos agora têm que trabalhar juntos. Por um bem maior. Pelo mesmo objetivo.
Mais ainda, Julliete precisa lidar com várias mudanças. Warner não parece ser o mesmo. Ou melhor, ela se dá conta de que nunca conheceu o verdadeiro Warner e agora que parece estar conhecendo, não tem certeza sobre o que deve ou não sentir em relação a ele. Adam está diferente (e não é para menos), ele parece furioso, ele grita, ele xinga e ele não consegue entender o fato de estarem se unindo ao inimigo, o fato de Julliete defender o inimigo. Gente, eu detestei o modo como a autora Julliete ficou tão surpresa com a reação do Adam. Eu achei bem razoável. Eles eram namorados, ela terminou com ele por que queria protegê-lo (sei, sei...), ela é sequestrada, ele pensa que ela está morta e, quando finalmente descobre que ela está bem, vivinha da Silva, ela se alia ao inimigo. EU ESTARIA FURIOSA, CARAMBA! Eu, sem dúvida, estaria me sentindo traída pelo fato de a pessoa que eu amo estar do lado do inimigo que, só por acasa, tentou me matar. Essa raiva toda não parece razoável para vocês? E, mais ainda, a própria Julliete está diferente. Ela não tem mais muito o que perder. Ela não tem mais medo de tudo.
"Ele me disse isso uma vez, eu me lembro. Disse que amava essa característica minha. Que eu era muito boa. Muito doce. Que eu era a única coisa boa que restava nesse mundo.
Acho que eu sempre soube que não era verdade."
(página 265)
Warner, por outro lado, me surpreendeu a cada frase, a cada página... me apaixonei. Mas, que fique claro que eu ainda sou Team Adam (e ainda amo ele, ok?! Amo os dois!).
Tudo o que pensávamos sobre o vilão é desconstruído. A vida de Warner é, aos poucos, apresentada ao leitor e, ao saber de cada sofrimento, cada coisa absurda a que ele foi submetido desde a infância, a única coisa que queremos fazer é pegá-lo no colo de consolá-lo. Por outro lado, ele não foi o único a sofrer, né?! A sociedade criada pela autora não deixou ninguém sair ileso. Todos estão destroçados. Sem família, sem esperança...
"- Eu nunca aleguei que vivo com base em nenhum conjunto de princípios - Warner me diz. - Nunca aleguei que sou correto, bom, nem justifiquei minhas atitudes. A verdade simples é que não me importo. Eu fui forçado a fazer coisas terríveis na vida, amor, e não estou buscando nem o seu perdão nem a sua aprovação. Porque eu não tenho o luxo de filosofar sobre escrúpulos quando estou sendo forçado a agir movido por instintos básicos todos os dias." (página 44)
O livro trata de mais que apenas mais um triângulo amoroso literário, ele fala sobre a superação de dificuldades (claro, é uma distopia), mas fala também de auto-aceitação. Julliete só é capaz de lutar como gente grande, de andar com as próprias pernas a partir do momento em que para de mimim, para de se fazer de vítima e se aceita como ela é.
Ahhh, e o que dizer do Kenji? Ele é meu personagem favorito EVER! Suas piadinhas nas situações mais impróprias, o modo descontraído com que ele tenta lidar com assuntos sérios... se não fosse ele, para animar o pessoal... Eu só acho que ele merece protagonizar algum livro da autora. Só acho. ^^
Ri MUITO com ele e também com algumas cenas tensas em que o fofíssimo do James fazia perguntas indiscretas ao Warner. Gente, o Warner desconfortável diante de uma garoto de 10 anos é impagável!
Eu sei que o que todo mundo quer saber é se Julliete cai escolher o fofo e machucado Adam ou o sexy e machucado Warner. Infelizmente não posso dar um spoiler dessa magnitude, mas, para alimentar mais ainda a curiosidade de você, deixo o trechinho abaixo.
"- Você sabia - ele está sussurrando - que eu acordo todas as manhãs convencido de que você foi embora? (página 314)
***
Gente, eu queria poder falar mais e mais sobre o que achei desse livro. De verdade. Mas, a resenha já está enorme e, se eu continuar escrevendo, vou acabar soutando um spoiler atrás do outro. Só posso dizer que o amadurecimento da Julliete (embora ela tenha me irritado em diversos momentos) me surpreendeu bastante. O final romântico é lindo, o final distópico é cheio de esperanças (eu só acho que daria para transformar a trilogia em uma série....). Ok, vocês já perceberam que eu não estou preparada para dizer adeus à trilogia, né?! Não estou MESMO! :/
Super recomendo o livro e a trilogia inteiiiira. É a minha queridinha.

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!




22 de junho de 2014

Elvis para nossos ouvidos!! #12


Olá gente lindaaaa!
Faz MUITO tempo que não posto essa coluna, né?! Bem, confesso que fui totalmente um pouco contaminada pelos olhinhos puxados <3 orientais e todo o k-pop.... mas, não esqueci do meu amado Elvis, nâo! <3
Bem, a música que escolhi para embalar esse domingão é Suspicious Minds que eu ADORO! A música foi escrita pelo compositor Mark James em 1968, mas Elvis só gravou em janeiro de 1969.


***
Suspicious Minds (Mentes desconfiadas)

Nós caímos numa armadilha
E não posso sair dela
Porque eu te amo muito

Por que você não consegue ver
O que está fazendo comigo
Quando você não acredita em uma só palavra que eu digo?

Nós não podemos continuar juntos
Com essas desconfianças
Nós não podemos construir nossos sonhos
Em mentes desconfiadas

Então, se uma antiga amiga que eu conheço
Passar para dizer "Oi"
Eu ainda veria desconfiança em seus olhos?

Lá vamos nós de novo
Perguntando onde eu estive
Você não pode ver que estas lágrimas são reais
Eu estou chorando

Nós não podemos continuar juntos
Com essas desconfianças
Nós não podemos construir nossos sonhos
Em mentes desconfiadas

Oh, deixe nosso amor sobreviver
Ou seque as lágrimas de seus olhos
Não vamos deixar uma coisa boa morrer

Quando, meu amor, você sabe
Que eu nunca menti para você

(não podemos continuar juntos)

Nós não podemos continuar juntos
Com essas desconfianças
Nós não podemos construir nossos sonhos
Em mentes desconfiadas

Nós caímos numa armadilha
E não posso sair dela
Porque eu te amo muito

Por que você não consegue ver
O que está fazendo comigo
Quando você não acredita em uma só palavra que eu digo?

Nós caímos numa armadilha
E não posso sair dela
Porque eu te amo muito

***
E aí, já estão se balançando em frente ao computador? ;P

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

20 de junho de 2014

DIVULGANDO: Manhã de Núpcias, Lisa Kleypas

Olá gente lindaaaa!
Estou passando apenas para divulgar o livro Manhã de Núpcias, o quarto livro da série Os Hathaways, publicada pela Editora Arqueiro. O livro tem lançamentos previsto para o dia 8 de julho.




Sinopse: Irmão mais velho, Leo Hathaway, é completamente irritante. Quando uma discussão termina em um beijo repentino, Cat fica chocada com sua poderosa resposta e ainda mais quando Leo propõe uma ligação perigosa. Leo deve se casar e produzir um herdeiro dentro de um ano para salvar a casa da família. O comportamento respeitável de Catherine esconde um segredo que destruiria totalmente a ela. Mas, para Leo, Cat é intrigante e infernalmente tentadora, até mesmo para um homem resolvido a nunca amar de novo.

Até agora eu só li o segundo volume da série, mas, sem dúvida ESTE é o livro que estou mais ansiosa para ler, por me apaixonei pelo Leo em Sedução ao Amanhecer. <3 Quero MUITO ler!


***
Beijos e amassos!!



19 de junho de 2014

Na Telinha ou na Telona... #38


Olá gente lindaaaa!!
Faz algumas semanas que não falo sobre doramas com vocês, né?! E, embora a vontade de passar a vida o dia assistindo váaaarios doramas, eu tenho me controlado ao máximo, tanto que o dorama sobre o qual irei falar hoje, Emergency Couple (Casal da emergência), levou muito mais tempo para ser assistido do que o de costume, Eu me obrigava a assistir apenas um episódio por dia / semana. Nada de assistir um episódio atrás do outro e virar a noite sem cumprir com minhas obrigações acadêmicas haha.
Bem, Emergency Couple é mais um dorama coreano de romance / drama / comédia / TUDO DE BOM!

Sinopse: Jin Hee levou uma vida satisfatória como uma nutricionista. Ela, então, conheceu o estudante de medicina Chang Min. Apesar da forte oposição de sua família rica, Jin Hee e Chang Min decidiram se casar. A família de Chang Min está cheio de médicos. Chang Min desistiu do internato médico e começou a trabalhar como vendedor de produtos farmacêuticos. Sua vida matrimonial não era feliz. A família de Chang Min não gostava de Jin Hee e até Chang Min pareceu mudar. Chang Min começou a pensar coisas ruins de Jin Hee e eles finalmente se divorciaram.
P.S.: Sinopse retirada do blog Paradise Dramas.

ELENCO PRINCIPAL:

- Song Ji-hyo como Oh Jin-hee (estagiária de medicina na emergência de um hospital; é a mais velha das estagiárias, pois começou a estudar medicina mais tarde, após seu divórcio);
- Choi Jin-hyuk como Oh Chang-min (estagiário de medicina na emergência de um hospital; apesar de ser de uma família de médicos, ele começou a estudar tarde, pois ao se casa com Jin-hee anos atrás, perdeu o apoio da família);
- Lee Pil-mo como Gook Cheon-soo (médico assistente de Medicina de Emergência e chefe do departamento);
- Choi Yeo-jin como Shim Ji-hye (professora assistente de cirurgia; ex-namorada de Cheon-soo);
- Clara Lee como Han Ah-reum, (estagiária; filha do ministro que esconde sua identidade para viver como uma estagiária comum).



Minha opinião: Amei!
Desde que o drama foi exibido, no início deste ano, fiquei ensaiando assistir, mas por um motivo ou outro acabava sempre adiando. Finalmente assistir e adorei! 

O drama começa com Oh Jin-hee Oh Chang-min correndo, provavelmente perseguidos a mando da mãe de Chang-min. Ela, vestida de noiva. Ele, a guiando diretamente para a igreja, a fim de trocarem seus votos matrimoniais.
Tudo lindo, tudo perfeito! Ela é uma nutricionista e ele é um estudante de medicina. Tudo poderia dar super certo se a família dele, mais especificamente a mãe, não lhe virasse as costas, fechando muitas portas e fazendo com que ele abandone a faculdade para tentar sustentar sua nova família, a esposa. Jin-hee, por sua vez, deprimida por não encontrar um emprego e ter que ficar em casa como uma inútil, acaba entrando em depressão e tendo alguns problemas de saúdes, problemas esses que não são levados tão a sério pelo marido. As brigas começam a surgir, são inevitáveis e passam a ser frequentes, dadas as dificuldades que enfrentas e as circunstâncias e que se casaram. Resultado: o casamento dura apenas um anos. O suficiente para que o casal, antes apaixonado, passe a se odiar e, para que ambos fiquem com feridas por um longo tempo. Seis anos, para ser mais exata.
Seis anos depois eles se reencontram. Coincidência ou não, eles foram chamados para cantar em uma cerimônia de casamento, ela no piano e ele no vocal. E só se vêem na hora da apresentação. Após esse encontro inesperado e suuuuper desagradável, Jin-hee enche a cara e vai parar em um hospital.
Como tudo SEMPRE pode piorar, o hospital em que ela é atendida é exatamente onde ele precisa estar logo pela manhã para iniciar seu estágio na emergência.
Após o divórcio ela decidiu estudar medicina e provar para o ex-marido e a ex-sogra que ela é capaz. Mais ainda, ela quer tentar remediar a tristeza que ela causou à mãe ao se casar e, em seguida se separar (gente, na Coréia uma mulher divorciada é muuuuuito mal vista!).
E, como desgraça pouca é bobagem, ainda com a roupa da noite anterior, ainda se recuperando da bebedeira - no hospital - Jin-hee faz uma entrada triunfal durante a apresentação dos novos estagiários (apresentação esta da qual ela deve fazer parte). Não bastasse a situação em que se apresenta, ela dá de cara com seu ex, que também é um dos novos estagiários! A confusão está armada!
Ao longo do drama esse casal cheio de mágoas vai ter que aprender a trabalhar junto e esquecer suas antigas desavenças, além, é claro, de manter em segredo a antiga relação que tiveram. Será que eles vão conseguir?
Em meio a muitas confusões, o companheirismo vai surgindo e a vontade de salvar vidas e ajudar pessoas fica mais forte que a história que eles dividem. É muito bacana acompanhar o amadurecimento dos personagens e a (re)descoberta de sentimentos silenciados.
Achei o chefe da emergência, o Gook Cheon-soo (com a fama de "diabo" do hospital) um fofo, gente. O coitado é um solteirão que nunca conseguiu abrir o coração para ninguém e não leva o menor jeito para se expressão, mas aos poucos ele vai se encantando com Jin-hee. Eu realmente torci para que eles ficassem juntos (no início). Confesso que no começo eu detestei o Chang-min por subestimar e menosprezar a coitada da Jin-hee e 'ser um filhinho da mamãe'... sem dúvida o casamento deles não funcionou por causa da intromissão da bruxa, digo.. da mãe de Chang-min. Ele já é bem grandinho, né?! Pode tomar as próprias decisões.
Como eu disse, detestei o Chang-min só no começo, porque...
Por se tratar de um dorama ambientado na ala de emergência do hospital, a cada episódio acompanhamos um caso diferente (e tem várias cenas de cirurgias e coisas do tipo que me deram aflição :s) e vamos vendo o crescimento de cada personagem. Além, é claro, dos vário flashbacks do casal.
Ri demais com esse dorama, mas também me sensibilizei com as feridas que esse casal carrega desde o casamento fracassado. A Jin-hee me deu muita pena, gente. Teve que aguentar muita coisa daquela sogra jararaca dela, e do próprio Chang-min que foi um babaca por um tempo. Mas... vivendo e aprendendo, né?! As pessoas sempre acabam aprendendo boas lições com os erros cometidos (é o que dizem!).

Quanto a trilha sonora, gostei bastante das músicas: I am (Ju-A), Edge of the ocean (Ivy), Love again (3rd Coast).

Curiosidade: O nosso Chang-min é interpretado pelo mesmo ator que interpretou o irmão do Kim Tan em The Heirs. ^^

Esse vídeo faz um resumão do dorama (com direito a erros de gravação!). Confiram!


Aos que ficaram curiosos e desejam conferir mais essa indicação de dorama, os 21 episódios estão disponíveis online (e legendados em português, claro) no Viki.com.

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

17 de junho de 2014

NOVIDADE!! #146

Olá gente lindaaa!
A Harlequin Books preparou muuuuuuuitos romances para o mês dos apaixonados. O dia dos namorados já passou, mas tem romance para o mês inteiro. EEEEEE o/


Passado secreto
320 páginas | R$ 12,90

Beijo Fatal - Julia James 
Sinopse: O poderoso magnata Alexei Constantin tem uma coisa em mente: destruir o império dos Hawkwood! Mas ele não sabe que a mulher com quem acabou de trocar um beijo apaixonado é Eve Hawkwood, filha de seu terrível rival! Alexei a quer e irá propor uma noite em sua cama...  
Razões do Coração - Maisey Yates
Sinopse: A princesa Isabella está certa de uma coisa: ela não quer se casar com o sheik a quem foi prometida. Há algo naquele sombrio desconhecido do deserto. E depois de ser beijada nunca mais será a mesma…

 Desejo de uma Vida
Autor(a): Diana Palmer
256 páginas | R$ 12,90

Sinopse: Nascido em uma família de rancheiros, Harden Tremayne poderia ser considerado o homem mais rude e selvagem de todo o Texas. E também o mais solitário. Pelo menos, até conhecer Miranda Warren, uma adorável viúva vinda de Chicago que despertou nele sentimentos há muito tempo sufocados. Miranda nunca sentira algo tão arrebatador quanto a paixão por aquele caubói alto e esguio. Seria o amor dela suficiente para amaciar um coração seco e, ao mesmo tempo, tão sedento de carinho?


Oferta Tentadora
Autor(a): Susan Mallery
256 páginas | R$ 14,90

Sinopse: Todd Aston III era precedido por sua reputação. Ele usava o poder do mesmo modo que vestia ternos caros e de corte impecável. Marina Nelson havia prometido ajudar nos preparativos para o casamento entre sua irmã e o primo de Todd. De algum modo, entre as provas do vestido e a escolha do bolo, Marina descobriu que desejava Todd, e que ele também a queria! Sem forças para impedir o inevitável, quanto mais se apaixonava por Todd, mais percebia o desprezo dele por mulheres em busca de maridos ricos... mesmo que elas tivessem um dote milionário...

 Faça o meu Jogo
Autor(a): Leslie Kelly
224 páginas | R$ 11,90

Sinopse: Amanda Bauer sempre ansiou por uma vida de aventuras… Aventuras eróticas, mais especificamente. Para sua sorte, ela tem experimentado jogos muito excitantes e maliciosos com o Reese Campbell! Depois de um encontro explosivo, eles combinam mais dias repletos de fantasias e sexo selvagem e sem limites. A melhor parte? Ninguém sabe. Ninguém! É um delito perfeito e particular… até aparecerem na internet!

Amor em Tentação
Autor(a): Michelle Willingham
288 páginas | R$ 13,50

Sinopse: O guerreiro viking Ragnar Olafsson se conteve quando seu melhor amigo reivindicou Elena, a mulher que ele mais desejava. Havia apenas um meio de acalmar a revolta dentro de si: tornando-se impiedoso nos campos de batalha. Quando ela é capturada, Ragnar coloca sua coragem à prova e arrisca tudo para salvá-la. De repente, cada desejo, cada olhar, cada toque se torna proibido. Um pecador como Ragnar sabe muito bem que não conseguirá conter o ímpeto!

 Uma vez mais com Ternura
Autor(a): Nora Roberts
288 páginas | R$ 19,90

Sinopse: Quando o compositor Brandon Carstairs abandonou a cantora Raven Williams cinco anos atrás, ela ficou arrasada. Agora, ele surge com uma oportunidade de trabalho irrecusável. Apesar do inegável desejo, Raven jurou se preservar. Com tranquilidade e reserva, ela seria apenas profissional. Entretanto, quanto mais perto da fogueira, mais fácil é de se queimar…

Coragem para Amar
Autor(a): Michelle Douglas
320 páginas | R$ 14,50

TUDO POR UM BEBÊ 
Sinopse: Quando decide que está na hora de se tornar mãe, Meg recorre a Ben, seu melhor amigo, que a ajuda prontamente. Mas ele logo percebe que quer ser mais que apenas um “tio” para a criança…  
MOMENTO DE REDENÇÃO 
Sinopse: Rico D’Angelo é rico, sedutor e… solidário. Seu coração, porém, ele não divide… Até conhecer Neen Cuthbert, a mulher capaz de fazê-lo rever suas rígidas regras sobre o amor.

 Amor maior que Tudo
Autor(a): Nora Roberts
288 páginas | R$ 19,90

Sinopse: Há muitos anos Matthew Bates desejava Laurel Armand, mas a rivalidade na profissão os distanciava. Contudo, ao serem escalados para cobrir um caso de assassinato no calor de Nova Orleans, a atração reprimida vem à tona, abrindo caminho para se tornarem amantes. Ainda comprometidos com a reportagem, Matthew e Laurel terão de seguir os passos de um assassino frio, colocando suas vidas e seu amor em risco!
***
Beijos e amassos!!


16 de junho de 2014

RESENHA: Enquanto eu te Esquecia

Editora: ÚNICA
Autor(a): Jennie Shortridge
Número de Páginas: 284

Sinopse: Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo. Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente.
Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação?
Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz.

Olá gente lindaaaa!
Terminei de ler o primeiro livro que recebi de cortesia da ÚNICA Editora e só posso dizer que comecei a parceria com o pé direito!

Imagine não se lembrar de nada sobre quem você, sobre sua vida, sua família. Imagine se sua mente é uma página em branco. Imaginou? Consegue sentir a aflição de não ter identidade?
É isso o que acontece com Lucie, e protagonista de "Enquanto eu te Esquecia". Ela só se lembra de estar de pé, em um lago, com a água gelada batendo em seus joelhos. Ela se lembra de curiosos a sua volta e de ser retirada da água por alguém. Ela não se lembra quem é, não se lembra da vida que teve até aquele instante.
"Será que ele achava que ela era louca? Quis que ele parasse de fazer perguntas. Doía por dentro tentar descobrir como responder." (página 11)
No hospital ela recebe a informação de que seu nome é Lucie e que seu noivo está vindo buscá-la de Seatle. Como é possível que ela tenha um namorado e não se lembre dele? Ainda assim, após a estranheza inicial, misturada à sensação de íntimo reconhecimento, Lucie volta para casa com Grady, seu noivo.
De volta ao que deve ser sua realidade, Lucie precisará se adequar a vida que lhe pertence, ou pelo menos lhe pertencia. Ela não consegue encontrar familiaridade em nenhum item específico da casa. Tudo parece tão frio, tão impessoal. Ela com certeza era uma pessoa materialista e fútil. Isso é perceptível pela quantidade de roupas e mais roupas em seu closet, pelos tantos pacotes de grife ainda lacrados.... pelo pouco espaço dedicado aos pertences de Grady
Através de uma narrativa fluída, intercalando o ponto de vista de Lucie, Grady e uma terceira personagem - sempre em terceira pessoa -, vamos conhecendo intimamente cada um deles.
Fiquei realmente emocionada com a relação entre Grady e  Lucie, apesar do fato de que ela não se lembra dele. Grady é realmente apaixonado por Lucie e, a todo momento, mesmo após cinco anos de relacionamento, se pergunta "o quê" a sofisticada e linda Lucie viu em um homem tão simplório como ele. Lucie, por sua vez, temendo perder o noivo (do qual não se lembra, mas de quem está aprendendo a gostar) por não ser a Lucie que costumava ser.
""Quanto tempo fiquei desaparecida?", ela perguntou.
Uma vida, ele poderia ter dito. Uma eternidade. "Oito dias, quase nove", ele respondeu, como se fosse uma coisa normal. Oito dias, vinte e duas horas, e dezessete minutos, foi o que ele não disse." (página 33)
A única coisa que Lucie sabe, ou melhor, que Grady disse à ela é que, após uma briga (a apenas dois meses do casamento), Lucie atacou Grady e  saiu porta à fora. Sendo encontrada apenas nove dias depois, sem memória. Como é possível surtar, sair de casa e perder a memória apenas por causa de uma briga boba. Deve haver algo mas importante por traz de tudo isso que Grady não está contando. Outro detalhe é o pouco que Grady sabe da vida de Lucie. Segundo ele, ela nunca gostou de falar sobre o seu passado e a única coisa que ele sabe é que os pais de Lucie morreram e a única parente que a noiva tem é uma tia de quem não gosta.
"Por quanto tempo continuaria procurando desse jeito? Será que um dia se sentiria satisfeita com o presente?" (página 372)
De um lado Lucie tentando se descobrir. Sempre buscado respostas. De outro, Grady, sendo um fofo, apesar de não saber muito bem como agir diante dessa nova Lucie que ao contrário da de antes, é tão descontraída, tão descomplicada, tão humana.
Se nos colocarmos no lugar de Grady, dá para entender o quão difícil é sua situação. Talvez tão difícil quanto a da própria Lucie. Além de não ser lembrado pela mulher com quem pretendia se casar em poucas semanas, ele se sente culpado por ela ter fugido. Fugido dele.
"O que é amor, ela conjecturou, e o que é lembrança? Onde é que os dois se intersectam e quando deixará de importar qual veio primeiro?" (página 379)
***
Quando li a sinopse desse livro e resolvi solicitar como cortesia, esperava algo totalmente diferente. Não sei por que, mas imaginei que o tal noivo da desmemoriada fosse o causador (direto) da perda de memória dela. Imaginei algo como aqueles típicos filmes de "Tela Quente", que o cara fosse um maníaco e que a pobre mulher sem memória fosse direto para o covil de seu carrasco ou algo assim. Mas, ao contrário, me deparo com um homem apaixonado, gentil e tão coitado, gente. Torci de verdade para que ele fosse capaz de conquistar Lucie pela segunda vez. Afinal, deu certo uma vez, né?!
Super recomendo a leitura.

Classificação: 

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!


14 de junho de 2014

Na Minha Caixa de Correio!! #128


Olá gente lindaaaa!!!
Nessa semana recebi os lançamentos de julho do Grupo Editorial Novo Conceito (JÁ!). Confiram!


- Man Repeller - Leandra Medine (Editora Novo Conceito)
256 páginas (amarelas).
O livro veio envoltou em um lenço poá divooooo! *-*




- Em meus Pensamentos (Os Sullivans #8) - Bella Andre (Editora Novo Conceito)
288 páginas (amarelas).
O livro veio dentro de uma sacolinha preta, acompanhado de três dadinhos eróticos.



- Minha vez de Brilhar - Erin E. Moulton (Editora Novo Conceito - #irado)
288 páginas (amarelas).
Mais uma vez a Novo Conceito investiu em uma capa dura LINDAAAA!. A diagramação também está uma fofura.




- Desafio - C. J. Redwine (Editora Novo Conceito)
368 páginas (amarelas).



- A Máquina de Contar Histórias - Maurício Gomyde (Editora Novas Páginas)
192 páginas (amarelas).



- O Beijo (Bruxos e Bruxas #4) - James Patterson & Jill Dembowski (Editora Novo Conceito)
304 páginas (amarelas).



VISÃO GERAL:

***
LI:
- Enquanto eu te Esquecia - Jennie Shortridge (ÚNICA Editora)

LENDO:
- Incendeia-me - Tahereh Mafi (Editora Novo Conceito)

****
Beijos e amassos!!