19 de agosto de 2018

#LeituraColetiva - Norte e Sul | #quotes (capítulos de 12 a 22)

Olá gente lindaaaa!
A segunda semana da nossa #LeituraColetiva de "Norte e Sul", de Elizabeth Gaskell, chegou ao fim! E, como é de costume, hoje trado minhas citações favoritas referentes aos capítulos lidos ao longo da semana (de 12 a 22). Confiram!

"- Não tenho dúvida de que os clássicos são proveitosos para aqueles que têm tempo livre. Mas confesso que foi contra a minha vontade que meu filho voltou a estudá-los. [...] Os clássicos podem fazer bem para homens que desperdiçam seu tempo no campo ou em universidades. Mas os homens de Milton têm de ter seus pensamentos e sua força ocupados pelo trabalho diário. Pelo menos essa é a minha opinião." (página 208)
"A sra. Thornton sorriu um sorriso amargo, pois a franqueza de Margaret lhe agradara. E talvez tenha sentido que ela andara fazendo-lhe perguntas demais, como se tivesse direito de catequizá-la." (página 211)
"- Acha a nossa sociedade estranha, por quê?
- Não sei. talvez porque quando olho bem de frente para ela, vejo duas classes dependentes uma da outra em todos os sentidos possíveis e que, ainda assim, veem os interesses da outra como opostos aos seus próprios interesses. Nunca vivi antes num lugar onde há dois grupos de pessoas que tentam derrubar-se mutuamente."
(página 216)
"Por mais orgulhoso de sua independência que um homem seja, ele depende dos que estão ao seu redor, pela influência imperceptível deles sobre seu caráter, e sua vida." (página 223)
"Margaret não era na verdade uma pessoa fácil de deixar-se amar, mas, quando o fazia, amava de forma apaixonada, com um grau bem elevado de ciúme." (página 227)
"Essa jovem é forte até a medula. Outra, que tivesse chegado à palidez da morte como ela chegou, nunca teria retomado o controle sem desmaiar ou ficar histérica." (página 231)
"- Não sei nada sobre os costumes lá do sul. Ouvi dizer que são um bando de homens insolentes e oprimidos, muitas vezes mortos de fome e tão entorpecidos por ela que nem sabem quando são explorados. Aqui não é assim. Sabemos bem quando somos explorados. E temos sangue nas veias suficiente para aguentar isso." (página 241)
"Acha que não tenho preocupações? E que não sei o que é angústia, embora ande por aí bem-vestida e bem alimentada? Oh, Bessy, Deus é justo, e sabe repartir bem nossos destinos, embora ninguém, a não ser Ele, conheça a amargura de nossas almas." (página 248)
"Será que existem muitas pessoas como ela no sul? De alguma forma ela se parece com a brisa do ar do campo. Sempre me traz algum frescor." (página 250)
"Margaret sempre temeu que a sua própria coragem fosse embora diante de uma situação de emergência, quando teria de provar ser o que realmente era: uma covarde. Mas agora, naquele momento importante de um medo real que beirava o terror, ela se esqueceu de si e sentiu apenas uma intensa compaixão - tão intensa que doía - pelo que estava acontecendo." (página 312)
"Ele a levou para a sala de jantar e a colocou com toda a delicadeza no sofá. Ao olhar para aquele rosto tão branco e puro percebeu intensamente o que ela significava para ele [...]." (página 321)

***
Beijos e amassos!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)