9 de junho de 2016

Na Telinha ou na Telona!! #58

Olá gente lindaaa!!
Como prometido no último "Na Telinha ou na Telona", hoje vou falar de um dorama chinês, "Love me if you dare" (Se tiver coragem, me ame). Acho que esse é o primeiro C-drama que eu assisto, na verdade eu já resenhei alguns taiwaneses aqui no blog, mas nenhum chinês. Preciso confessar que gostei bastante, principalmente por se tratar de um gênero tão diferente do qual eu estou acostumada: thriller policial. Só tem um problema, o drama é baseado em um livro, o que quer dizer (dado o meu histórico...) que eu PRECISO desse livro pra ontem, mas... não encontro em lugar nenhum! #trágico

Sinopse: Entrar dentro da cabeça de um criminoso violento não é fácil. Mas Simon Bo (Wallace Huo), um psicólogo penal brilhante, tem a capacidade de entrar nas mentes de até mesmo os criminosos mais violentos e misteriosos. Ele é um professor da Universidade de Maryland e trabalha como analista e consultor nos casos mais violentos ou difíceis do departamento de polícia. Com a ajuda da sua jovem assistente, Jenny Jian (Ma Si Chun), Simon investiga os pensamentos e intenções da mente criminal. Sendo filha de um investigador de polícia veterano com um profundo senso de justiça. Jenny poderá ajudar Simon a se abrir emocionalmente enquanto trabalharem juntos resolvendo crimes? "Love Me If You Dare" é uma série de drama chinês de 2015 dirigido por Zhang Kai Zhou. Baseado no romance "Close Your Eyes, Stay Close to Me" de Ding Mo.
P.S.: Sinopse retirada do site Banco de Séries.

ELENCO PRINCIPAL:

- Wallace Huo como Simon/Allen/ Bo Jin Yan (é psicólogo criminal e o mais jovem professor visitante da Universidade de Maryland (EUA); trabalha como "analista" de casos de crimes graves no departamento de polícia; apesar do altíssimo QI, ele é uma negação com relações interpessoais);
- Ma Sichun como Jenny/ Jian Yao (formada em Línguas Estrangeiras; tem um grande senso de justiça e é muito observadora; acaba trabalhando como tradutora (e assistente) de Simon, ajudando-o na investigação criminal);
- Wang Kai como Li Xun Ran (cresceu sendo melhor amigo de Jenny; é policial e um ótimo atirador; passa a trabalhar em casos de crimes cruéis com a ajuda de Simon e Jenny);
- Andrew Yin como Kris Fu Ziyu (único amigo de Simon e seu eterno escudeiro; extremamente proficiente em design de software e codificação).


Minha opinião: amei!
Gente, quem me acompanha no Twitter, sabe que eu fiz um "auê" por lá enquanto assistir a esse c-drama. Eu nunca assistir nada desse gênero e fiquei tensa do início ao fim, sempre receosa pelo que viria a seguir. Posso dizer que "Love me if you dare" me tirou o sono!

Jian Yao (Jenny) é uma garota toda certinha, estudiosa, responsável, etc. Ela acaba de se formar e já tem um emprego garantido na área de desenvolvimento e comércio exterior em uma grande empresa. Ainda assim, ao visitar a família para passar as férias, ela resolve tentar um trabalho temporário como tradutora. Após a entrevista, e sua posterior contratação, ela passa a trabalhar nas traduções, na residência de Bo Jinyan (Simon), um homem que se mostra cada vez mais misterioso, recluso, arrogante...

Mas tudo isso é perdoado, quando se tem esse rosto lindo (né, Wallace Huo?).
Após alguns mal-entendidos, Jenny descobre que Simon é um psicólogo criminal que já trabalhou no FBI e, constantemente está por trás da investigação de diversos casos que envolvem assassinatos cruéis, cujos criminosos apresentam características de psicopatia. Assim, além de tradutora, ela passa a ser sua assistente, na tentativa de desvendar um caso de assassinato em série em sua cidade. Ela se vê cada vez mais envolvida no caso e começa a se identificar e a perceber que sua vida toda certa e planejada, com um emprego estável e sossegado, não parece mais tão atraente.
Ao fim de suas férias, ela vai para a cidade em que conseguiu o tão sonhado emprego e, "coincidentemente", tem Simon morando no andar de cima. É aí que a relação entre eles fica cada vez mais próxima. É super engraçado ver a dinâmica entre eles: um homem extremamente inteligente, mas sem nenhum tato para socializar. Ele, por vezes, não sabe muito bem como agir diante de Jenny e diz o que vem à cabeça, seja uma coisa agradável ou não. Ah, ele ele, definitivamente, não sabe como consolar uma pessoa. hahah
Com a insistência e intervenção de Simon, Jenny torna-se sua assistente novamente e passamos acompanhar outros casos sinistros e assustadores, que parecem estar interligados. Ao longo dos episódios vamos tendo um vislumbre do passado de Simon e do que ele sofreu dois anos antes. Além, é claro, da análise psicológica interessantíssima e certeira que ele faz dos criminosos. Muitas cenas mostram Simon na cena do crime, como se estivesse, de fato, no lugar do assassino. É como se ele pudesse ler a mente deles e saber cada passo dado anteriormente ou posteriormente. Chega a ser assustador.
Não sei de quem eu mais senti medo ao longo dos episódios, do Tommy (serial killer que Simon ajudou a prender),  Xie Han (outro serial killer doente e assustador) ou Allen (não posso dizer quem é, pra não estragar a surpresa). Só sei que após assistir alguns episódios, eu não conseguia dormir, pois sempre que fechava os olhos, lembrava de um deles. #medo
Quanto ao romance, é claro que há (o próprio nome do dorama sugere isso), mas esse não é o foco.
Claro que a certa altura da história, Jenny corre perigo e Simon faz o impossível para salvá-la, mas o forte desse c-drama é todo o mistério envolvendo Simon e seu passado, seus fantasmas e, é claro, todos os crimes, minuciosa e brilhantemente, desvendados por Simon e Jenny. Se você gosta de protagonistas inteligentes "à là Dr. House", você vai amar o Simon! Quando você pensa que as coisas não se encaixam ou que não há um significado, ele vem e com meia dúzia de palavras, desvenda todo o mistério. Ele é o cara!
Não posso deixar de falar sobre outros dois personagens importantíssimos no dorama e dos quais eu gostei bastante, são eles: Fu Ziyu, o melhor (e único) amigo de Simon e que deixa as coisas mais "leves" durante os momentos de grande tensão, sem contar que é o máximo  o quanto ele se diverte as custas na inabilidade de Simon de lidar com as pessoas como um ser humano normal; e,  Xun Ran, amigo de infância de Jenny e por quem ela tem um carinho enorme. Quando Jenny passou por maus bocados na infância (o passado dela também não foi moleza, gente), ele foi seu maior conforto. Nem preciso dizer que Xu Ran é o forever alone da história, né?! Mas ele é mais do que isso, ele é um policial totalmente honesto e competente.
O que posso dizer, com certeza "Love me if you dare" é um dos melhores doramas que eu já assisti e, sem dúvida entrou para a lista dos favoritos!

Precisamos falar sobre a última cena de "Love me if you dare"!!


Gente, eu amei cada episódio e fiquei super aflita do começo ao fim e... que fim, gente! Ainda estou catatônica com a última cena. Sério, se alguém assistiu e acha que também precisa conversar a respeito, me procurem para fazermos uma terapia coletiva (não estou brincando!). Se você assistiu, sabe que uma terapia talvez seja mesmo necessária.
Hey, você que é espertinho e correu no youtube para procurar a última cena do dorama e saber do que eu estou falando, vou avisando que não adianta. Se você não assistir ao c-drama inteiro, a cena não fará sentido algum (mais um motivo para você assistir tudinho, né?!)
Esta é exatamente a última cena. Assistam e me ajudem a entender e superar.
***
Se quiserem assistir (pleaseee!), os 24 episidios estão disponíveis no Viki. A vantagem dos C-dramas é que cada episódio tem apenas 45 minutos, não uma hora como os K-dramas.
Quanto a trilha sonora, boa parte das músicas é instrumental e a outra parte é instrumental de suspense (lembram-se daquele toquinho clássico de "Tubarão"? Então...), mas gostei bastante dessa: Obsessed With You (Su Shin Din).

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

12 comentários

  1. incrivel !! E essa cena dele no final! Allen disfarçado de ovelha rs sera que terá 2 temporada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dayana!
      Nem me fale, menina, essa cena me deixou enlouquecida! hahaha
      Eu li em algum lugar que existe a possibilidade de uma segunda temporada, mas acho que não é nada oficial. Vamos torcer para que tenha!

      Beijos

      Excluir
  2. Gente nem fala eu fiquei pasma!!!.. será q vai ter. A segunda temporada? Eu assisti em três dias. Mas acho q desde o começo até o final foi o Allen sombrio pra matar de vez ao simon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se é q na realidade ele está tentando fazer a sua obra maestra matando a ela e deixando o nome é tudo o q rodeia o Simon desbastados com este escalofruante desenlace.

      Excluir
    2. Nem me fale, menina! Aquele final é de deixar qualquer um doido, né?!
      Quando o dorama terminou, mil coisas passaram pela minha cabeça, viu?! Por isso eu preciso de uma continuação! haha

      Beijos,
      Amanda

      Excluir
    3. Mas amanda será q vai ter mesmo uma segunda temporada??? Beijos.

      Excluir
    4. Mas amanda será q vai ter mesmo uma segunda temporada??? Beijos.

      Excluir
    5. Então, ou li alguns boatos, mas nada oficial. Talvez seja só especulação dos fãs mesmo. Mas eu preciso de uma sequência! Hahaha

      Excluir
    6. Então, ou li alguns boatos, mas nada oficial. Talvez seja só especulação dos fãs mesmo. Mas eu preciso de uma sequência! Hahaha

      Excluir
  3. Na minha conclusão, o Simon jamais retornou do cárcere do Tommy. Dessa forma, desde o início, sempre foi o Allen ocupando o lugar do Simon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rodrigo, tudo bem?
      Pois é, em se tratando de "Love me if you dare", tudo é possível. Não descarto essa possibilidade.
      Só sei que queria uma continuação, pois adorei esse dorama do começo ao fim.

      Beijos!

      Excluir
  4. Acho que sou a única que não vê dessa forma essa última cena, ao meu vê foi só mais uma cena dramática para encerra a série, esse mesmo olhar que apareceu no final ele demonstrou em um dos episódios que estavam tentando desvendar aquela série de morte de pessoas diferentes. Além disso a Susan falou no episódio final que o grande psicopata lá que tinha armado tudo para incriminar o Bo, e o mentor dele que ensinou tudo a ele disse que o Allen nunca existiu e eu sinceramente acredito.

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)