25 de maio de 2017

Na Telinha ou na Telona... #82

Olá gente lindaaaaa!
GENTEEE, hoje vou falar de um dorama com o qual eu tenho uma história. Uma verdadeira saga.
"Padam Padam: The Sound of His and Her Heartbeats" (Padam Padam: O som das batidas dos corações) é um dorama exibido entre dezembro de 2011 e fevereiro de 2012 e eu venho tentando concluir desde essa época.
Nessa época eu não sabia da existência do Viki ou do DramaFever então precisava baixar os episódios dos doramas que eu assistia. O fato é que o site onde eu baixava "Padam Padam" disponibilizava apenas 16 dos 20 episódios do drama. Vasculhei nessa internet de meu Deus e não achei o dorama em mais nenhum site. No final do ano passado, porém, resolvi procurar e vi que o kdrama estava completinho no Viki e no DramaFever.
Como já fazia tempo que eu tinha iniciado dorama, precisei assistir desde o início. Mas valeu a pena. Confiram minha resenha abaixo. ;)

Sinopse: Um homem fica 16 anos na prisão condenado por um assassinato que ele não cometeu. Yang Kang Chil (Jung Woo Sung) apesar de tudo mantém a sua natureza boa e é protegido por seu melhor amigo Gook Soo (Kim Bum). Após sair da prisão Kang Chil se torna um carpinteiro e tenta reconstruir a sua vida. Ele se apaixona por Jang Ji Na ( Han Ji Min), uma veterinária que coincidentemente é sobrinha da vítima do caso de assassinato do Kang Chil. Conseguirá ele provar a sua inocência e levar o verdadeiro assassino à justiça para salvar o seu relacionamento com Ji Na? "Padam Padam... The Sound of His and Her Heartbeats" é um drama coreano do ano de 2011, dirigido por Kim Kyu Tae.
ELENCO PRINCIPAL:

- Jung Woo-sung como Yang Kang Chil (homem que passou 16 anos na prisão por um crime que não cometeu, devido a uma armação feita por um "amigo", o real assassino; ao sair da prisão ele precisa se adaptar novamente à sociedade e ao preconceito por ser ex-presidiário; deseja limpar seu nome e provar sua inocência);
- Han Ji-min como Jung Ji-na (uma veterinária sensível que acaba atropelando Kang Chil em um acidente; sobrinha do homem que Kang Chil foi acusado de matar);
- Kim Bum como Lee Gook-soo (amigo e ex-companheiro de prisão de Kang Chil; acredita ser seu anjo da guarda; está sempre tentando proteger o amigo);
- Choi Tae-joon como Im Jung (filho de Kang Chil que foi criado por uma amiga da falecida mãe; Kang Chil nunca soube da existência dele).
Minha opinião: Adorei!
Confesso que inicialmente eu só me interessei por esse dorama por causa do Kim Bum (Boys Before Flowers, The Woman Who Still Wants to Marry), mas a história sofrida do protagonistas acabou me envolvendo completamente.
A história gira em torno de  Yang Kang Chil, um ex-presidiário que tenta recomeçar a vida logo após deixar a prisão. Ele passou 16 anos na cadeia, pagando por um crime que não cometeu. O fato de  Yang Kang Chil ter sido preso muito jovem, apesar dos 16 anos privado de liberdade, ele preservou um pouco de sua ingenuidade, característica que nos cativa a cada episódio. Junto com ele, seu único amigo e companheiro de cadeia, Lee Gook Soo, também recebe a liberdade, mas ambos decidem não se separar. Afinal, foram anos de companheirismo e de uma amizade verdadeira. Lee Gook Soo, no entanto, além de melhor e único amigo, também acredita ser o ajo da guarda de Yang Kang Chil. Literalmente falando.

23 de maio de 2017

NOVIDADES!! #247

Olá gente lindaa!
Confiram os lançamentos de maio do Grupo Editorial Pensamento!



Depois do Urso
Autor(es): Dan Bigley; Debra Mckinney
304 páginas | R$ 44,00
Editora Seoman

Sinopse: Tudo ia bem na vida do jovem Dan Bigley. Ele tinha um trabalho que adorava, comprou uma cabana nas montanhas e após passar um ano fascinado por Amber, ela finalmente se apaixonou por ele. Tudo isso foi arrui-nado no dia que Dan resolveu ir pescar com um amigo no Alasca. Inesperadamente, um urso surgiu na sua frente e o ataque foi feroz e implacável. Cego e desfigurado, Dan precisou de todo apoio e inspiração daqueles que estavam ao seu redor para encarar os desafios de sua nova vida. Esta obra é um relato de coragem, força espiritual e determinação inabalável.
 As Batakhas mais Decisivas da História
Autor(es): James Lacey; Williamson Murray
496 páginas | R$ 66,00
Editora Cultrix

Sinopse: Dois mestres modernos da história militar apresentam as vinte batalhas mais importantes de todos os tempos, numa emocionante viagem aos momentos de conflito que moldaram a história da humanidade. Das batalhas da Antiguidade às Guerras do Golfo, James Lacey e Williamson Murray apresentam os imperativos culturais que levaram países ao campo de batalha, as experiências dos soldados, e os lendários comandantes e estadistas que tomaram decisões que mudaram o curso da história. Uma explicação vigorosa, vívida e memorável sobre como o poderio militar moldou a história do mundo.

22 de maio de 2017

RESENHA: Véu do Tempo

Editora: Jangada
Autor(a): Claire R. McDougall
Número de páginas: 368

Sinopse: A medicação para a epilepsia mantém Maggie num estado permanente de torpor, mas não consegue aliviar sua dor por ter perdido a filha em decorrência da mesma doença. Com o fim do seu casamento e o filho mais velho num colégio interno, Maggie se muda para uma casa de campo nas ruínas de Dunadd, o local histórico que um dia foi a sede da realeza da Escócia. Tudo muda em sua vida após uma convulsão, e Maggie desperta num vilarejo dentro dos muros de Dunadd do século VIII. Mesmo sem saber se isso realidade ou apenas uma alucinação causada pela doença, ela é atraída pela presença de Fergus, irmão do rei e pai de Illa, uma menina que tem uma semelhança impressionante com a sua falecida filha. Mas, com as demandas do presente chamando-a de volta, conseguirá Maggie deixar para trás o príncipe escocês que já a chama de meu amor?

Olá gente lindaaaa!
Hoje vim falar sobre um livro que tem como elementos: viagem no tempo, um príncipe escocês, romance, batalhas, druidas, pedras.... e não, não estou falando de Outlander. Mas, dá pra entender o motivo de eu ter ficado tão curiosa em relação a essa história, dada a referência à minha série favorita.
Bem, confesso que minhas expectativas não foram alcançadas, mas não posso julgar o livro em função disso, né?! Afinal, "desbancar" ou se assemelhar ao fenômeno Outlander não é tão simples.

Desde a infância Maggie, de 38 anos, sofre de epilepsia. E a doença a tem acompanhado durante toda a vida, sendo um fardo na infância - quando tentavam curá-la de diversas formas no colégio de freiras onde estudava - e mesmo na vida adulta, acabando até mesmo com seu casamento, já que para ficar livre (ou tentar) de crises, ela precisava viver a base de remédios.
Após o final de seu casamento (resultado não apenas de suas constantes crises e do fato de o uso de remédios ser cada vez mais frequente, mas também pela dificuldade em superar a morte de sua filha caçula, que morreu de um ataque epilético aos 8 anos de idades, dois anos atrás), seu filho de 15 anos vai para um colégio interno e Maggie resolve se isolar em um chalé aos pés das ruínas de Dunnad, uma cidade pequena e chuvosa no interior da Escócia. Além de se dedicar à sua teses sobre a queima das bruxas, Maggie pretende se preparar psicológica e emocionalmente para o que lhe aguarda dali há poucos meses: uma cirurgia cerebral que promete acabar com seus estranhos sonhos.
Acontece que a cada crise epilética, Maggie tem sonhos bastante realistas, de modo que no início do livro é impossível saber com certeza se se tratam de simples sonhos ou se Maggie viaja no tempo sempre que tem uma crise.
"Muito antes de meu distúrbio receber um nome, eu já tinha sonhos. Não sonhos passageiros, mas o tipo de sonho, em sono profundo, que se entrelaça ao tecido da mente e não vai embora." (página 9)

11 de maio de 2017

Na Telinha ou na Telona... #81

Olá gente lindaaa!
Se você quer conhecer uma super heroína, diferente de tudo o que você já viu, assista "Strong Woman Do Bong Soon"! Sim, é um dorama coreano! Sim, eu amei! Sim, sou a louca dos narizes e não consigo parara de olhar para o nariz perfeito do protagonista! Sim, você precisa assistir!
Essa belezinha foi ao ar entre fevereiro e abril desse ano e foi uma verdadeira agonia acompanhar episódio a episódio e esperar toda semana pelos episódios seguintes.

Sinopse: Uma garota incrivelmente forte morre de amores pelo crush de infância dela, mas ele, infelizmente, gosta de mulheres que são muito mais elegantes do que a desajeitada Bong Soon. Enquanto tenta conquistá-lo, ela consegue um emprego como guarda-costas de um CEO lindo. No entanto, nem ela tem a força necessária para romper o ego impenetrável de seu chefe cabeça dura. Do Bong Soon (Park Bo Young de Oh My Ghostess) é forte, assustadoramente forte. Tão forte que ela acidentalmente quebra tudo o que toca. Mas com grandes poderes vêm grandes responsabilidades, algo que nossa heroína mostra ter quando vê um molestador no metrô e, na hora, quebra o dedo dele no meio. Do Bong Soon, no entanto, é o símbolo da bondade. Ela é naturalmente gentil e não machucaria nem uma mosca. Ela é alegre e otimista, mas tem um grande defeito: é apaixonada pelo In Gook Doo (Ji Soo de Fantastic e Scarlet Heart: Ryeo), seu amigo de infância. Infelizmente, ele gosta de garotas elegantes e femininas, algo que a desajeitada Do Bong Soon definitivamente não é. Mas isso não significa que ela vai desistir de tentar conquistá-lo. 
A força de Bong Soon a ajuda a arranjar um emprego. Ela tem que que ser a guarda-costas do arrogante chaebol Ahn Min Hyuk (Park Hyung Sik de Heirs e Hwarang), CEO de uma empresa de jogos. Ahn Min Hyuk sabe jogar todos os tipos de jogos errados. Ele é esquisito, mimado, dominador e muitas vezes mostra um absoluto desrespeito pelas regras e cortesia comum. A personalidade dele bate de frente com a da certinha Do Bong Soon, mas não demora muito tempo para o gelo entre os dois começar a derreter e as coisas começarem a esquentar. Será que o CEO do jogo se tornará uma pessoa melhor e conquistará o coração da nossa mulher forte? Ou será que ela sempre suspirará pelo homem que não gosta da força que a torna única?

ELENCO PRINCIPAL:

- Park Bo Young como Do Bong Soon (jovem meiga, mas com um super-poder: força; ela é de uma família em que todas as mulheres nascem super fortes e passou a vida toda tentando conter a própria força para não chamar a atenção);
- Park Hyung Sik como Ahn Min Hyuk (CEO de uma empresa de vídeo-games; ele 
- Ji Soo como In Gook Doo (um detetive novato e idealista que é apaixonado pela justiça; é amigo de colégio de Bong Soon por quem ela tem um crush há anos);
- Jun Suk Ho como Kong Bi Seo (secretário de Min Hyuk);
- Ahn Woo Yeon como Do Bong Ki (irmão gêmeo de Bong Soon; tornou-se médico para tentar encontrar uma cura para a irmã).
Minha opinião: Amei!
Bem, o que falar sobre esse dorama? Embora a a história tenha deixado a desejar, fiquei completamente apaixonada pelos protagonistas e foi impossível parar de assistir.
Do Bong Soon nasceu em uma família em que todas as mulheres têm uma super força, por isso ela passou a vida se controlando para não usar a própria força, para não machucar ninguém ou ser notada. Quem olha para ela, tão pequena, frágil e fofa, não imagina a força que ela tem.
Ela sonha em trabalhar no desenvolvimento de jogos em uma grande empresa, e desenvolver um jogo que ela seja a heroína.
Mas por falta de qualificação (já que ela não é muito esperta), ela nunca conseguiu.

8 de maio de 2017

RESENHA: Quatro Vidas de um Cachorro

Editora: HarperCollins Brasil
Autor(a): W. Bruce Cameron
Número de páginas: 288

Sinopse: Esta é a inesquecível história de um cão que — após renascer várias vezes — imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui?
Emocionante e com boas doses de humor, Quatro vidas de um cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre as pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais.

Olá gente lindaaa!
Confiram a resenha que a querida Ana Paula fez do livro "Quatro vidas de um cachorro":

***

"Quatro Vidas de um Cachorro" conta de forma leve e divertida a jornada de descoberta de um cãozinho pelo sentido de sua vida! Vivendo e renascendo por quatro vezes acompanhamos o ensinamento que surgem destas experiências. 
Bom, a história começa com vários filhotes e uma mãe protetora que tem que cuidar e ensinar seus bebês a sobreviverem nas ruas, sem teto ou comida. A jornada do pequeno vira-lata é muito curta e logo no início do livro o leitor já é levado a conhecer seu novo nascimento: agora como um Golden Retriver (raça pela qual sou apaixonada!), mas não sem antes refletir sobre o propósito de sua breve vida anterior:
“De todas as coisas que fiz na vida, provocar seu riso [de sua dona] me pareceu a mais importante, a única coisa, concluí, que dava sentido à minha vida.” (página 42)
Quando acorda novamente como um filhote, o pequeno labrador fica confuso! O que estarei fazendo “aqui” de novo?
“Eu me lembrava de ficar sonolento e, depois, daquela sensação de que muito tempo se passou, meio como acontece quando um cochilo sob o sol da tarde se prolonga pelo dia todo [...]. Esse cochilo, porém, não me levou apenas a um horário diferente, mas também a um lugar diferente.” (página 43)

5 de maio de 2017

DIVULGANDO: "A Poção Secreta - Diário de uma Garota Alquimista", de Amy Alward!!

Olá gente lindaaaa!!
Hoje vim falar sobre um dos lançamentos de abril do Grupo Editorial Pensamento, que entrou para minha lista de desejados. Estou falando de "A Poção Secreta - Diário de uma Garota Alquimista", de Amy Alward, que foi publicado pelo selo Editora Jangada.

A Poção Secreta - Diário de uma Garota Alquimista
Autor(a): Amy Alward
368 páginas | R$ 34,90


Sinopse: A Princesa do Reino de Nova toma acidentalmente uma poção do amor, e se apaixona por si mesma! Para encontrar um antídoto que possa curá-la, o rei mobiliza todos numa expedição chamada Caçada Selvagem. Competidores do mundo todo saem em busca dos mais raros ingredientes em florestas mágicas e montanhas geladas, enfrentando perigos e encarando a morte para encontrar a fórmula da poção secreta. Dentre eles, está Samantha, uma garota comum que herdou dos seus ancestrais alquimistas o talento para preparar poções. Esta pode ser a oportunidade para reerguer a decadente loja de poções da família, afinal o mundo todo estará acompanhando a Caçada nas mídias sociais. Será que ela conseguirá descobrir a cura e salvar a Princesa?

Assista ao Book Trailer:


***
Beijos e amassos!!

4 de maio de 2017

Na Telinha ou na Telona... #80

Olá gente lindaaaa!!
Hoje vim falar do dorama coreano "One Percent of Something", também conhecido como “Something About One Percent”. Trata-se de um remake de um drama de 2003 do canal MBC (ambas as versões são baseadas no romance de 2002 “1%ui Eoddungut” de Hyun Go Woon). O drama foi exibido de outubro a novembro de 2016. 

Sinopse: Lee Jae In (Ha Jin Suk) é um herdeiro chaebol bonito e inteligente, todos os requisitos, que previsivelmente, fazem dele um arrogante. Embora o seu profissionalismo inflexível faça com que ele seja mais agradável com os clientes do seu hotel, simpatia e educação não fazem parte de suas relações pessoais. No entanto, ele sofre um despertar abrupto quando descobre que seu avô não deixou para ele, toda a herança, que ele estima tanto. Ao invés disso, a chave para a sua fortuna vai para Kim Da Hyun (Jun So Min), uma professora do primário de temperamento forte, que é uma completa estranha para o Lee Jae In. Mais o mais estranho de tudo isso, é o testamento do seu avô que deixa toda sua herança para Kim Da Hyun e seu cônjuge. O que forçou, avô e neto, chegarem em um meio termo, onde Lee Jae In terá que viver com Kim Da Hyun por seis meses. Se ele se recusar ou desistir de tentar isso, o nosso grande chaebol terá que esquecer para sempre aquilo que faz dele um chaebol. Pode um casamento arranjado na pressão resultar em algo mais significativo, ou o nosso chaebol arrogante deixará de viver com a professora, logo que o contrato de casamento terminar? 


ELENCO PRINCIPAL:

- Ha Seok-Jin como Lee Jae-In (herdeiro chaebol; lindo, rido e arrogante; é o terror de seus funcionários por conta de seu péssimo temperamento; como condição para ser herdeiro do avô, ele tem de namorar por seis meses com uma desconhecida - escolhida pelo avô);
- Jeon So-Min como Kim Da-Hyun (professora do primário; mulher simples, sem muitas ambições, mas completamente apaixonada pela profissão; está sempre disposta a ajudar as pessoas sem esperar nada em troca); 
- Im Do-Yoon como Jung Hyun-Jin (amiga de Da-Hyun)
- Kim Sun-Hyuk como Park Hyung-Joon (advogado e amigo de Jae-In).
- Joo Jin-Mo como Lee Kyoo-Chul (avô de Jae-In).

Minha opinião: adorei!
Bem, apesar de ter outros 373849 doramas vistos pela metade, e apesar de ter outras coisas pra fazer, estava precisando de um romance / comédia romântica para assistir no feriado de páscoa. Pois bem, navegando pelo Drama Fever (já que agora sou uma usuária Premium, graças a Deus - e aos amigos dorameiros), decido assistir ao primeiro episódio de "1% of Something". Quando percebi que eram episódios de 35 minutos (em médias), não consegui parar: devorei tudo em dois dias!
Sim, a história é recheada de clichês, mas era exatamente disso que eu estava precisando: um romance clichê, com pitadas de humor e cenas de arrancar suspiros.
Acho que todos conhecem a frase-ditado-provérbio (seja lá qual for o nome) "faça o bem sem olhar a quem". E, sem tem uma frase que define a protagonista desse dorama com perfeição, é essa. Kim Da-Hyun é uma jovem professora do primário que é apaixonada por seu trabalho e vive indo a encontros às cegas agendados por sua mãe, que deseja vê-la casada com um herborista. Certo dia, Da-Hyun (chamada de DaDa pelos mas próximos), acaba salvando a vida de um senhor e arcando com as despesas hospitalares dele. O que ela não poderia imaginar é que esse senhor é, na verdade, o presidente de uma rede de hotéis, que iria querer recompensá-la de algum modo.