16 de setembro de 2018

Na Minha Caixa de Correio!! #160

Olá gente lindaaa!!
Confiram alguns livros que recebi da Editora Pedrazul! A editora abraçou nosso projeto de #LeituraColetiva de livros clássicos e disponibilizou alguns que fazem parte da lista de próximas leituras do projeto. Confiram!

PARCERIA:

- Um Coração para Milton - Trudy Brasure
400 páginas (amarelas).
Quem acompanha o blog sabe que nossa última leitura coletiva foi do livro "Norte e Sul", de Elizabeth Gaskell. Pois bem, "Um Coração para Milton" é uma continuação do romance (escrito por outra autora).

10 de setembro de 2018

RESENHA: A princesa salva a si mesma neste livro (Women are some kind of magic #1)

Editora: LeYa
Autor(a): Amanda Lovelace
Número de páginas: 208

Sinopse: Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes ("A princesa", "A donzela", "A rainha" e "Você"), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito. 

Olá gente lindaaa!
Acho que caí nas graças das poesias feministas! Em julho, li "O que o sol faz com as flores", de Rupi Kaur, e me apaixonei. Ao procurar outros livros que o mesmo tipo de poesia, acabei me deparando com "A princesa salva a si mesma neste livro", e não deu outra: amei forte! Esse livro é o primeiro da trilogia (?) The Mermaid's Voice Returns in this One, seguido por "A bruxa não vai para a fogueira neste livro", já publicado no Brasil, e "The Mermaid's Voice Returns in this One" (ainda inédito por aqui).

O livro, dividido em quatro partes (A princesa, A donzela, A rainha e Você), traz poesias sensíveis e ao mesmo tão fortes, tão reais, tão cruas... E vamos lendo, nos chocando e nos solidarizando.
Segundo informações presentes do site oficial da autora, as três primeiras partes (compostas de poesias sobre amor, perda, tristeza, abuso(?)), reúnem a vida da autora, o que faz com que as poesias sejam ainda mais impactantes. A quarta parte, com poesias mais inspiradoras, sobre cura, empoderamento, capacitação, etc., serve como uma nota ao leitor, um tipo de incentivo.

A Princesa (Parte I)
Nesta parte, as poesias focam bastante na relação da autora com o próprio corpo, com o próprio peso, como a constante imposição de um padrão de beleza inalcançável, com relacionamentos amorosos abusivos e, também, em sua relação problemática com uma mãe que, ao que parece, era ausente. Abaixo, dois das minhas poesias favoritas dessa parte:
"paus & pedras
nunca quebraram
                                      meus ossos,
mas palavras
fizeram eu
me deixar morrer de fome
até
                                      você poder
                                      ver todos eles."

- pele e osso. (página 26)
- o silêncio sempre foi o meu grito mais alto (página 40)
O segundo poema transcrito acima, trata-se, na verdade, do título de um poema em branco. O quão forte e certeiro é se deparar com uma página em branco e constatar que todo o "silêncio" contido na página é, na realidade, um grito? Confesso que fiquei arrepiada.

9 de setembro de 2018

#LeituraColetiva - Norte e Sul | #quotes (capítulos de 43 a 52)

Olá gente lindaaa!
E não é que a #LeituraColetiva de "Norte e Sul", de Elizabeth Gaskell, chegou ao fim! Gente, como passou rápido! E, confesso pra vocês, fiquei com um gostinho de quero mais.
Enquanto não sai a resenha desse romance social incrível, confiram minhas citações favoritas dos capítulos de 43 a 52!




"A sra. Shaw e Edith mal podiam prestar atenção a Margaret em seu retorno ao lugar em que elas insistiam em chamar de lar. Para ela era quase uma ingratidão de sua parte ter um sentimento secreto de que o vicariato de Helstone, e não apenas ele, mas também a casinha pobre de Milton com seu pai ansioso, sua mãe inválida e todos os seus pequenos problemas domésticos de relativa pobreza formavam a ideia de lar." (Página 638)
"São as pequenas transformações entre as coisas familiares que conhecemos que mostram o mistério do tempo para os jovens, e mais tarde perdemos o sentido do mistério. Considero todas as coisas que vejo como uma consequência natural. Para mim a instabilidade das coisas humanas é familiar. Já para você ela é uma coisa nova e opressiva." (página 665)

6 de setembro de 2018

Na Telinha ou na Telona... #137

Olá gente lindaaaa!
Em julho eu fiz resenha do dorama "Age of Youth" (Idade da Juventude), também conhecido como "Hello My Twenties!" e disse que mal podia esperar para conferir a segunda temporada (principalmente porque segundas temporadas de doramas é algo raríssimooo). Pois bem, cá estou, trazendo nada mais, nada menos que a resenha de "Age of Youth 2". E, sim, mal posso esperar pela terceira, quarta, quinta.... temporadas. Coréia, nunca te pedi nada!

"Age of Youth 2" foi exibido pela emissora JTBC de 25 de agosto a a 7 de outubro de 2017.

Sinopse: Se passa um ano depois da primeira temporada de Age of Youth. Jin Myung conseguiu um trabalho depois de retornar da China. Ye Eun tirou um ano de folga para se recuperar por causa de seu ex-namorado abusivo e agora está retornando para a faculdade. Ji Won ainda não conseguiu um namorado. Eun Jae terminou com o seu primeiro amor e está passando por uma dor emocional. Jo Eun, a nova moradora do Belle Epoque, está ficando no quarto anteriormente ocupado por Yi Na.

ELENCO PRINCIPAL:

- Han Ye Ri como Yoon Jin Myung (nossa sanbae, agora com 29 anos, finalmente volta da China e consegue o tão sonhado emprego, mas vai ter de lidar com muitos desafios);
- Han Seung Yeon como Jung Ye Eun (23 anos; após se trancar em casa por um ano, é hora de Ye Eun voltar à faculdade e enfrentar o mundo, que parece muito menos acolhedor que a casa que divide com as amigas);
- Park Eun Bin como Song Ji Won (23 anos; apesar de ser fissurada em sexo, nossa querida Ji Won permanece virgem e sem nunca ter tido um relacionamento amoroso);
- Ji Woo como Yoo Eun Jae (22 anos; a novata tímida que chegou toda reprimida na casa há pouco mais de um ano, agora precisa enfrentar sua primeira desilusão amorosa, seu primeiro término)
- Choi Ara como Jo Eun (22 anos; é a mais nova moradora da casa, que chegou até ali por um motivo bem específico: entregar uma carta cheia de ódio que encontrou por acaso);
- Kim Min Seok como Seo Jang Hoon (sobrinho da proprietária da Belle Epoque; está passando  uns dias de favor na casa da tia antes de se servir o exército);
- Son Seung Won como Im Sung Min (estudante de jornalismo e melhor amigo de Ji Won; trabalha em um jornal e entende (aguenta) a amiga como ninguém);
- Lee Yoo Jin como Kwon Ho Chang (novo possível interesse amoroso de Ye Eun; um estudante de engenharia que, aparentemente, tem autismo).


Minha opinião: Amei! Amei! Amei!
Nem sei por onde começar essa resenha, e isso sempre acontece quando eu venho falar de um dorama do qual eu gostei muito. Claro que esse é o caso de "Age of Youth 2".
O primeiro episódio começa com a volta de Yoon Jin Myung à Coréia do Sul, após uma temporada na China. No aeroporto estão as outras quatro meninas com quem Jin Myung divide a Belle Époque (república).
E esse primeiro episódio é só pra dar aquela quebrada no gelo e podermos nos familiarizar novamente com as personagens. Kang agora tem um carro e resolve ir com as demais garotas buscar Jin Myung no aeroporto, e é aí que a aventura começa, já que ela é uma péssima motorista. As meninas chegam no aeroporto cansadas, estressadas e loucas para irem embora. No entanto, no caminho de volta se perdem e muitas coisas improváveis, hilárias e engraçadas acontecem quando elas precisam passar a noite em uma pousada por não terem encontrado o caminho de volta para casa. Tendo relembrado da personalidades das personagens, da relação entre elas (e tendo aceitado - ou não - o fato de que a personagem Yoo Eun Jae ser interpretada por uma atris diferente da primeira temporada), a partir do episódio seguinte, assim como na primeira temporada, acompanhamos o dia-a-dia das meninas.
Com a saída de Kang Yi Na (interpretada por Ryu Hwa Young) da república, as demais precisam encontrar uma nova moradora. É aí que a General, ou melhor, Jo Eun, entra em cena. Após encontrar um misteriosa, recheada de ódio e com o endereço da Belle Époque no verso, Jo Eun resolve investigar e acaba sendo confundida com uma candidata ao quarto vago da casa. Assim, após uma única entrevista ela passa a dividir a casa com as meninas que já conhecemos

2 de setembro de 2018

#LeituraColetiva - Norte e Sul | #quotes (capítulos de 33 a 42)

Olá gente lindaaa!
Nossa #LeituraColetiva de "Norte e Sul" já está caminhando para a reta final, faltando apenas uma semaninha de leitura. No entanto, hoje é dia de apresentar a vocês minhas citações favoritas dos capítulos de 33 a 42.
Confiram!


"Ele foi assombrado pela recordação daquele rapaz jovem e bem-apessoado pelo qual ela demonstrava uma atitude de íntima confiança. Essa recordação o atravessou com tanta agonia que o levou a apertar as mãos com força a fim de sufocara dor." (página 469)
"Nunca mais falariam sobre tais coisas de novo como tinha acontecido. Mas uma única conversa foi o bastante para fazer de cada um deles uma pessoa especial para o outro." (página 480)

1 de setembro de 2018

Na Minha Caixa de Correio! #159

Olá gente lindaaaa!
Depois de muito tempo, venho mostrar para vocês os livros que adquiri recentemente. Os dois primeiros eu comprei no mês passado, mas acabei esquecendo de postar, os demais chegaram na última semana.

COMPRINHAS:

- As suas lembranças são minhas - Cecelia Ahern (Editora Rocco)
352 páginas (brancas).
Quero completar minha coleção dessa autora maravilhosa que eu A-D-O-R-O!
Comprei numa promoção do Submarino (3 livros por R$ 19,90).


 - Grotescas - Natsuo Kirino (Editora Rocco)
576 páginas (brancas).
Há tempos quero ler esse livros, mas ele sempre está super caro. Comprei dois exemplares (já sabem que um é de vocês, né?!) na mesma promoção em que comprei o livro aí de cima.

26 de agosto de 2018

#LeituraColetiva - Norte e Sul | #quotes (capítulos de 23 a 32)

Olá gente lindaaaa!!!
Confiram minhas citações favoritas (algumas delas, pelo menos) dos capítulos de 23 a 32 de "Norte e Sul", de Elizabeth Gaskell! #LeituraColetiva

"- Mas eu sei que ela não tem interesse por mim. Sei que se houvesse uma chance em mil, ou mesmo em um milhão, eu me colocaria aos pés dela." (página 335)
"Não conseguia esquecer o toque dos braços dela em volta do seus pescoço, por mais inconveniente que lhe tivesse parecido na hora em que aconteceu. Mas agora, ante a lembrança do abraço protetor dela, estremecia dos pés à cabeça e via todo o poder de determinação e autocontrole se derreter, tal qual cera diante do fogo." (página 342)