2 de março de 2017

Na Telinha ou na Telona... #75

Olá gente lindaaa!
Hoje vim falar de mais um dorama, claro! E dessa vez um com meu amado Lee Min Ho, o engraçadíssimo "The Legend of the Blue Sea" (A lenda do mar azul). Para quem não acompanha o blog desde o início ou não sabe quando minha paixão por doramas começou, eu vou relembrar...
Em 2011 eu estava navegando pelo Youtube, em busca de músicas desconhecidas (eu adoro esses "achados") e acabei me deparando com um episódio de "Boys Over Flowers", um dos clássicos do mundo doramático. Assisti, ainda sem saber do que se tratava, acreditando se tratar de um filme. Mas, ao final, quando percebi que a história estava inacabada (e sendo curiosa como sou), resolvi pesquisar e descobri a existência dos dramas coreanos, japoneses, chineses, etc. Desde então eu não parei mais. Sempre estou assistindo.... hora com menos desespero, outras como se não houvesse amanhã. Acontece que o ator Lee Min Ho, protagonista do dorama que vou resenhar pra vocês hoje, também protagonizou o primeiro dorama que eu assisti na vida, então... é sempre bom revê-lo nas telinhas (principalmente levando-se em conta que ele não fazia doramas desde 2013, quando atuou em "The Heirs").

Sinopse: Como uma sereia da era Joseon pode sobreviver na sociedade atual? Shim Cheong (Jun Ji Hyun) é uma sereia que segue seu verdadeiro amor, Kim Moon, o filho de um nobre da Dinastia Joseon, até a Seul dos dias atuais. O doppelgänger da era moderna de Moon se chama Heo Joon Jae, um golpista habilidoso que acaba se interessando pela sereia, a princípio, por causa de um bracelete de jade de U$6 milhões usado por ela. Sem ter para onde ir, a sereia é acolhida por Joon Jae, que descobre seus comparsas, Jo Nam Doo (Lee Hee Joon) e Tae Oh (Shin Won Ho), escondidos em sua casa para não serem encontrados por uma vítima de um de seus golpes que busca vingança. Cha Shi Ah (Shin Hye Sun), uma pesquisadora do KAIST que trabalha com artefatos antigos, acaba se tornando rival de Shim Cheong pelo amor de Joon Jae. Quando um perigoso assassino chamado Ma Dae Young (Song Dong Il), enviado pela madrasta de Joon Jae, que deseja que seu próprio filho seja o herdeiro da fortuna de golpista, poderá Shim Cheong sobreviver nesse novo e estranho ambiente ao mesmo tempo em que ajuda Joon Jae a escapar dos perigos que o espreitam? A história é inspirada em um conto que faz parte de uma pequena antologia conhecida como “Eou Yadam”, escrita por Yu Mong In, um erudito da era Joseon. 

ELENCO PRINCIPAL:

- Jun Ji-hyun como Shim Cheong (uma sereia moderna que chega em Seul para seguir seu único amor, Joon-jae. Ela tem super força e a capacidade de ler e apagar a memória);
- Lee Min-ho como Heo Joon-jae (um vigarista  que usa sua inteligência e habilidades de hipnotismo para se fazer passar por outras pessoas e cometer golpes; após conhecer Shim Cheong ele passa a ter sonhos estranhos com sua vida passada);
- Lee Hee-joon como Jo Nam-doo (um vigarista e mentor de Joon-jae);
- Shin Won-ho como Tae-oh (um gênio hacker que ajuda Joon-jae e Nam-doo com os golpes; uma pessoa tranquila que gosta de jogar jogos de computador. Ele inicialmente tem uma paixão secreta por Shim Cheong, mas acabou caindo por Shi-ah);
- Shin Hye-sun como Cha Shi-ah (colega de faculdade de Joon-jae, por quem é apaixonada; pesquisadora em KAIST - Korea Advanced Institute of Science and Technology);
- Lee Ji-hoon como Heo Chi-hyun (filho da madrasta de Joon-jae; o "filho modelo" que obedientemente permaneceu ao lado de seu padrasto depois que Joon-jae saiu de casa);
- Sung Dong-il como o Ma Dae-young (um dos vilões da trama; ele é um criminoso e "faz tudo" de Seo-hee, madrasta de Joon-jae).


Minha opinião: Amei!
"The Legend of the Blue Sea" é baseado em uma lenda clássica da dinastia Joseon, que faz parte da primeira coleção de contos históricos não oficiais da Coréia e conta a história de amor entre um humano e uma sereia. 
Como todo bom dorameiro deve ter percebido, os coreanos acreditam muito em vidas passadas, reencarnação, destino, etc., então não é de se surpreender que em "The Legend of the Blue Sea" nós acompanhemos o desenrolar de duas histórias, uma n presente e outra na dinastia Joseon. As duas histórias giram em torno do mesmo casal, já que os personagens do presente são a reencarnação dos personagens do passado. Com o passar dos episódio, vamos percebendo que os acontecimentos do passado tendem a se repetir no presente.
Na dinastia Joseon, uma sereia é capturada, mas é libertada pelo chefe da cidade, um nobre bastante conhecido e respeitado. 
Nos dias atuais, o esperto vigarista Heo Joon-jae está morando em uma cidade litorânea (ou ilha, não sei) na Espanha quando se depara com uma mulher estranha dentro de sua casa. A mulher, ainda que ele não saiba, é uma sereia (que posteriormente ele passa a chamar de Shim Cheong), que além de ter uma super força, também tem o poder de ler ou apagar a memória das pessoas com um simples toque. A princípio, ele tenta se livrar do incômodo chamando a polícia, mas após saber que o bracelete que ela carrega vale bilhões, ele tenta seduzi-la.


Após diversos acontecimento, alguns super engraçados, a Shim Cheong acaba apagando a memória de Joon-jae, mas decide segui-lo até Seul.
Claro que a vida de uma sereia no mundo moderno não será tarefa fácil, principalmente pela ingenuidade de Shim Cheong, mas também por conta dessa ingenuidade, ela acaba fazendo amizade com as pessoas mais improváveis.


Mesmo sem se lembrar de Shim Cheong, ele acaba abrigando a desconhecida, pois ele desconfia que ela sabe de algo que ele não sabe sobre sua estadia na Espanha, já que algumas coisas não se encaixam.
E o que dizer sobre a atuação de Jun Ji-hyun no papel da engraçadíssima Shim Cheong? Ela já tinha brilhado em "My Love From The Stars", mas ela conseguiu se superar, sem contar que a química entre ela e Lee Min Ho foi incrível (rolou até beijo de língua, pasmem!).


A cada começo de episódios, nós acompanhamos um pouco dos acontecimentos do passado e, cm o passar dos episódios fica claro que o casal da dinastia Joseon não teve um final dos mais felizes, o que acaba nos deixando apreensivos, dada a óbvia repetição dos fatos. Posso dizer que o dorama é rico em muitas coisas, muitas cenas fofas entre o casal, muitas e muitas cenas engraçadíssimas protagonizadas por essa sereia maloca e vilões pra ninguém botar defeito. Além do criminoso Ma Dae-young, que na vida passada foi o grande tormento, temos a maldita madrasta, que causou a separação da família de Joon-jae e o filho dela, um baita mal-amado invejoso e carente.

Outro ponto interessante é o fato de Joon-jae e outros personagens ter alguns sonhos com sua vida passada e, mais ainda, o fato de que em sua vida passada, ele sonhou com o futuro e acabou deixando algumas pistas e mensagens para o Joon-jae do presente, a fim de garantir ao casal um final diferente.
É preciso ressaltar a importância de outros personagens, como os amigos vigaristas de Joon-jaeTae-oh que roubou a cena com tanta fofura,  Jo Nam-doo que nos gera desconfiança até o último minuto e Cha Shi-ah, que é apaixonada por Joon-jae e, por trabalhar em um famoso instituto de ciência, acaba encontrando os artefatos que ajudarão Joon-jae a saber mais sobre sua vida passada.
Eu chorei de rir com várias cenas, suspirei com outras e amei absurdamente o último episódio. Coisa mais linda, gente!

Bem, já peço desculpas se eu tiver esquecido de comentar algo importante, mas terminei de assistir esse dorama no início de janeiro e só consegui resenhar agora (e desde que terminei, já assisti 565578696 outros doramas rs).

Quanto a trilha sonora, gostei das: Love Story (Lyn), You Are My World (Yoon Mi Rae), Lean On You (Jung Yup) e Wind Flower (Lee Sun Hee)

Vocês encontram os 20 episódios do dorama legendado em português disponíveis online ou para download no Kkulbeol Dramas e para assistir online no Viki.

Assistam a um dos trailers:


***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)