27 de fevereiro de 2017

RESENHA: E viveram felizes para sempre (Os Bridgertons #9)

Editora: Arqueiro
Autor(a): Julia Quinn
Número de páginas: 256

Sinopse: Alguns finais são apenas o começo...
Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...
Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.
Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?
A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.
Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Olá gente lindaaaa!! Tudo bem com vocês?
Hoje eu venho falar sobre o presente que a DIVA Julia Quinn fez para seus leitores, um segundo epílogo para cada volume da série Os Bridgertons E um conto sobre a mamãe Bridgerton, nossa amada Violet. Ah, que presente mais maravilhoso! Foi ótimo poder matar um pouco a saudade dos personagens inesquecíveis dessa série, saber o que aconteceu depois o epílogo e, por fim, conhecer um pouco mais sobre Violet Bridgerton. <3

A autora escreveu um novo epílogo para cada volume da série, tentando, além de nos fazer matar um pouco a saudade, tentar responder algumas perguntas que cada livro deixou sem respostas ou, ainda, dar algum destaque para outros personagens que foram importantes em cada livro.
Em "Viveram feliz para sempre" a autora tenta responder, por exemplo:
O que havia nas cartas escritas pelo pai de Simon? (O Duque e eu - livro #1); como Penélope revelou para Eloíse que ela era a famosa Lady Whistledown, já que no momento da revelação a amiga já estava em fuga? (Os segredos de Colin Bridgerton - livro #4); Francesca e Michael tiveram filhos? (O conde enfeitiçado - livro #6); Hyacinth finalmente encontrou os diamantes? (Um beijo inesquecível - livro #7); quais os nomes que Gregory e Lucy deram aos nove filhos? (A caminho do altar - livro #8). 

Além disso, como não poderia ser diferente, a autora nos presenteou com uma divertida e bastante competitiva partida de Pall Mall, em que acompanhamos boa parte dos Bridgertons brigando pela vitória - e pelo taco preto (O visconde que me amava - livro #2); um final feliz para Posy, meia-irmã de Sophia, que foi tão importante para o desfecho do livro (Um perfeito cavalheiro - livro #3) e, ainda, podemos conhecer Amanda, a terrível e intrometida filha de Sir Phillip, já em sua juventude, vivendo seu primeiro amor (Para Sir Phillip, com amor - livro #5).
E, por fim, e mais importante de tudo, conhecemos um pouco sobre Violet Bridgerton, como ela e Edmund Bridgerton se conheceram, como se reencontraram anos depois e como se apaixonaram. <3
"- Eu não esperava o mesmo tipo de felicidade que tive com seu pai, mas não me contentaria com menos. E nunca encontrei.
Ela se virou para olhar para Daphne, então pegou a mão dela.
- E, no fim das contas, não precisei.
- Ah, mamãe - disse Daphne, os olhos cheios de lágrimas.
- A vida nem sempre foi fácil sem o seu pai, mas sempre valeu a pela.
Sempre." (página 255)
Adorei rever esses personagens tão inesquecíveis: Colin e sua fome constante, Hyacinth e o castigo de ter uma filha igual a ela, Anthony e seu jeito mandão, o modo como, mesmo já com em idade madura, Gregory Hyacinth  continuam se "atormentando" como adolescentes, os diálogos divertidos entre todos e, principalmente, a relação amorosa entre todos os irmãos. 
Não se trata de um livro indispensável à série, mas com certeza é um livro que fará todos os fãs um pouco mais felizes... e com vontade de reler todos os livros. 

Classificação: 

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)