13 de junho de 2016

RESENHA: Psicose

Editora: DarkSide Books
Autor(a): Robert Bloch
Número de Páginas: 240

Sinopse: Livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. Belo suspense, de tirar o fôlego!

Olá gente lindaaaa!!
Hoje é dia de vocês conferirem a primeira resenha da Lays Garcia, uma das novas resenhistas do blog. Como essa garota não é fraca, não, já começou falando de um super clássico: "Psicose"! Esperamos que vocês gostem!!

***

Definitivamente um clássico!
Ainda estou tentando entender porque demorei tanto tempo para ler esse livro. Todos sabem que essa obra foi a inspiração que Alfred Hitchcock usou para criar um dos maiores clássicos de suspense da história do cinema. Escrito por Robert Bloch na década de 50, Psicose é um livro impecável, que conta a história de Norman Bates, um jovem de meia idade que dirige, juntamente com sua mãe Norma, um pequeno motel a beira de uma rodovia abandonada. 
Toda a história começa a se desenrolar a partir da chegada da bela Mary Crane ao Bates Motel. Após roubar 40 mil dólares de seu patrão, a jovem parte numa viagem rumo à pequena cidade de Fairvale, para encontrar seu namorado Sam. Ao desembarcar, Mary é convidada para jantar com o Senhor Bates, em sua casa, que fica na colina logo atrás do motel. A notícia da chegada de Mary gera um conflito entre Norman e sua mãe, pois a velha não aceita que o filho se relacione com qualquer mulher. A partir desse ponto do livro, passa a ser evidenciado o grande conflito mental de Norman

“Poderia se apaixonar por uma moça como aquela. Sim, poderia, depois de vê-la apenas uma vez. Não era engraçado. Mas ela riria, provavelmente. Era assim que as garotas eram... elas sempre riam. Porque eram umas vadias. A mãe tinha razão. Elas eram vadias. Mas não dá para evitar, não quando a vadia era tão bonita como essa, e quando a gente sabia que nunca mais voltaria a vê-la.” (página 64)
O jovem claramente possui algum distúrbio mental, mais possivelmente, um desvio de personalidade, uma perda de contato com a realidade, mais conhecida como psicose. Ora comporta-se como uma criança que necessita dos cuidados da mãe e ora como um homem inteligente e seguro de si. A relação obsessiva entre os dois personagens faz com que Norman aja como se ele tivesse uma dívida com a mãe pelo passado que os dois tiveram juntos.
“Eles não sabem que ela cuidou de mim todo esse tempo, quando ninguém mais ligava para mim; como trabalhou e sofreu por mim, os sacrifícios que fez. Se agora ela está um pouco esquisita, a culpa é minha. Eu sou o responsável.” (página 50) 
Logo após o jantar, ao voltar para o quarto e entrar no banho, Mary é brutalmente assassinada (para aqueles que assistiram ao filme, uma das cenas mais clássicas do cinema). A partir daí começa o desenrolar de uma investigação para encontrar a jovem, que aparentemente está desaparecida. A sequência de situações de suspense e mistério, prenderão o leitor até o desfecho surpreendente do livro. 
Se você já assistiu ao filme ou é um amante dos clássicos e ainda não leu esse livro, pare agora o que está fazendo e comece essa leitura o mais rápido possível. A escrita do livro é perfeita, o enredo e os personagens fazem o leitor se envolver profundamente na história. Além de tudo, psicose é um livro que nos faz refletir... É extremamente psicótico e mesmo assim, em alguns momentos consegue fazer com que nos questionemos sobre nossa própria “loucura” e também sobre o quanto conhecemos aqueles que são próximos de nós: 
“Todos nós somos um pouco loucos de vez em quando.” (página 52)
“Engraçado [...] como acreditamos conhecer completamente uma pessoa, só porque a vemos algumas vezes ou porque nos sentimos ligados a ela por um elo emotivo.” (página 114)
Enfim, minha nota para esse livro é 5 estrelas, vale muito a reflexão. Recomendo a leitura à todos.

Classificação:


***
Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)