19 de maio de 2014

RESENHA: Me Liga

Editora: Galera Júnior
Autor(a): Sarah Mlynowski
Número de Páginas: 320

Sinopse: Aos 17 anos, a vida de Devi está de pernas pro ar. Depois de começar a namorar Bryan, negligenciou as amigas, os estudos e, depois que ele terminou com ela, está sem nada: sem perspectiva de uma boa faculdade, sem mais amigas, sem namorado. Se ela pudesse bater um papo com a Devi do passado... O que, após um incidente estranho com seu celular, é exatamente o que pode fazer! Agora que só consegue ligar para a Devi de 14 anos, parece que é finalmente a sua chance de consertar a própria vida. Ela tem o passado – ou melhor, o futuro – nas mãos. É só dar um telefonema.

Olá gente lindaaa!!!
Enfim consegui finalizar mais uma leitura para resenhar para vocês. Como eu andei comentando em outras postagens, eu ando tão cheia de coisas para fazer para a faculdade que me sobra pouco tempo livre e, por conta do meu vício em doramas (recentemente avivado) acabo gastando o pouco tempo que me resta assistindo os asiáticos, né?!
Bem , recebi esse livro da Galera Record há algum tempo e iniciei a leitura sem expectativa alguma, embora a premissa tenha me deixado curiosa....

Em Me Liga, livro da mesma autora de "10 Coisas que fizemos (e provavelmente não deveríamos)", conhecemos uma adolescente de 17 anos, Devorah Banks. Ela está no último ano do Ensino Médio, prestes a se formar e com o coração partido. Bryan, seu namorado desde o primeiro ano resolveu terminar o namoro para descobrir quem ele é sem "ela". 
Após derrubar seu celular no chafariz do shopping (indo devolver o presente de formatura de daria ao ex-namorado, pra variar), Devorah, ou apenas Devi tem uma estranha surpresa: seu telefone quebrou, isso é fato, e há apenas uma pessoa para quem ela pode ligar através do aparelho, ela mesma. De 3 anos atrás. :O Isso mesmo, minutos após reclamar de sua desilusão amorosa e deseja poder alterar o passado ela recebe essa chance.
"Então, quem é que sabe o que é possível? Talvez eu tenha feito um desejo. Talvez ele tenha se tornado realidade. Talvez eu tenha ligado para mim mesma no passado. Talvez eu possa continuar ligando para mim no passado. Dou mais um goele de Coca. Talvez eu esteja ficando louca." (página 31)
Quando ela finalmente consegue convencer o seu eu de 14 anos que ela está falando com a Devi do futuro (que passa a ser chamada de Ivy), ela já sabe o que a Devi do passado (que passa a ser chamada de Cal) deve fazer, ou melhor, não deve fazer: sair com Bryan. Isso só para começar. Cal precisa manter suas amigas, que pelas decisões erradas de Ivy, acabaram ficando para trás. Porém, Ivy percebe que recebeu uma chance única, assim, ela não deve se restringir apenas à Bryan, afinal, ela já fez isso por tempo demais. Ela pode muitas outras coisas, tipo... tudo o que foi um fracasso nos últimos anos. Ela pode fazer com que Cal estude mais e garanta a entrada em uma boa universidade.
"A lista de Cal não precisa ser só sobre Bryan e meu aparelho móvel perdido. Eu posso contar a Cal todas as coisas ruins que aconteceram no mundo desde que eu era caloura e ela pode impedir que ocorram. Ela pode consertá-las." (página 86)
Vocês podem imaginar a confusão que acontece quando Davi do futuro começa a mudar coisas de seu passado através Cal (Devi do passado). Ela acorda todo dia sem saber qual é sia realidade, em que universidade foi aceita, quais são suas amigas (se é que ela tem amigas), qual a situação de seus pais, etc. 
Confesso que não simpatizei muito com a Devi do futuro e, em diversos momentos, apensar de ter apenas 14 anos, a Devi do passado se mostrou mais madura que a Devi do futuro
Vamos acompanhando, a capítulos intercalados entre as duas versões de Devi, a pressão que Cal recebe diariamente de Ivy para estudar mais, se esforçar mais, participar de mais e mais atividades para garantir o ingresso em uma boa universidade, se manter afastada de Bryan (apesar de sentir atraída por ele), manter suas amigas e etc... enquanto isso, Ivy está sempre perdida em sua realidade, sem saber como agir.
"Normalmente, você não sabe quando sua vida está prestes a mudar. Mas agora eu sei. E é tão emocionante. A vida é emocionante." (página 198)
***
A escrita despretensiosa de Mlynowski cabe como uma luva no gênero YA e, o livro como um todo é basicamente isso: mais um YA. Entretanto, a premissa do livro e o desenvolvimento do enredo ao estilo "efeito borboleta" acaba aderindo a obra um "Q" a mais. O livro não vai mudar sua vida, mas com certeza vai garantir algumas horas agradáveis de entretenimento. Acredito que a autora tenha tido a intenção de mostrar o amadurecimento da personagem, o crescimento próprio dessa fase da adolescência e, embora eu ainda não goste muito da Devi do futuro e a ache bastante dramática (gente, a garota quer mudar o passado porque levou um pé na...!), foi divertido acompanhar o desenrolar dos acontecimentos. É uma ótima leitura para passar o tempo. Recomendo!

Classificação: 

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

22 comentários

  1. Hey,

    Confesso que a capa do livro não é essas coisas, mas até que gostei achei a historia bem diferente de todas as que eu já li, ou pretendo ler, então vale colocar na listinha, só pra saber o que eu irei achar, ás vezes os personagens mais novos, são mais maduros que os adultos, e isso me deixa um pouco chatiada, pois quem deveria dar exemplo é a mais sem graça.

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. AChei interessante essa ideia de mesclar a narrativa entre uma versão do futura e outra do passado de Devi.. Parece ser um livro interessante e divertido de ler. Gostei da dica e vou procurar mais sobre o livro!

    Beijos,
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá

    Não me chama muito a atenção esse tipo de livro, porém as vezes bate uma curiosidade. Quem sabe um dia eu acabe lendo sem querer querendo. Sobre o seu vício em doramas conheço bem de perto por conta de alguns amigos. Eu já estou cada vez mais viciado em filmes!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda

    Este livro parece mesmo muito interessante por colocar a personagem em contato com ela mesma na passado para tentar consertar seus erros e em contato com ela no futuro para saber as consequências de suas escolhas! Gostei mesmo desta idéia!
    Vou procurar ler!

    Super bjos
    http://www.i-likemovies.com/

    ResponderExcluir
  5. Lendo a sinopse a premissa do livro é realmente interessante! Esse chafariz do shopping seria uma espécie de fonte dos desejos moderna? (Risos)
    Mas lendo sua resenha, percebi que apesar de ter gostado do livro ele não te conquistou plenamente, bateu uma curiosidade de conhecer o livro, mas não, vou esperar um pouco mais, estou atrasado com minhas leituras e apesar de ter curtido sua resenha, não há espaço para ele no momento!

    Grande Abraço!

    Claudinei Barbosa
    http://resenhandoecontando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Não acho a personagem dramática, não mais que o normal, Eu achei, sim, que o mundo ia acabar quando meu primeiro amor chegou ao fim, depois vi pessoas mais novas que eu passarem pela mesma coisa, acho que é uma reação completamente normal, acho todo adolescente naturalmente meio dramático e com síndrome de super-herói, então entendi completamente como ela se sentiu. Adorei o livro, ele me transportou de volta ao passado, mas acho que precisa ser lido assim, com o espírito preparado para entender dramas adolescentes... hehe... Achei muito legal o efeito que essa comunicação entre passado e futuro causou nas duas Devi.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi amanda.
    Eu li esse livro, e é uma leitura bem despretensiosa, não nos acrescenta muita coisa, mas é bem leve, divertida, e interessante.
    Gostei da forma de se comunicar com o passado criado pela autora, e entendi perfeitamente a atitude da protagonista em querer mudar seu passado pra ter um futuro melhor.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda!
    Esse livro foi muito bem recomendado para mim por uma amiga querida! Pela sua resenha acredito que vou gostar muito! Adoro leituras leves, gostosas e divertidas!
    Boa resenha! Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu vejo otimos ccomentários sobre esse livro e já tem um tempinho que tô afim de ler! gostei muito da premissa do livro. Essa ideia de poder se conectar com você no passado com o objetivo de tomar decisões diferentes sempre passa pela nossa cabeça em algum momento da vida. Achei super interessante, é uma leitura muito divertida, acredito que seja daqueles livros que a gente começa e não quer mais parar.

    ResponderExcluir
  10. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas depois da resenha me interessei para ler, apesar que não gosto muito de livros que o cara abandona a namorada e deixa ela um trapo. Gostei da resenha, assim que puder irei ler esse livro.

    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Nossa bem diferente e louca a história!!
    Parece boa, e segurar minha atenção será ótimo..hehe

    Gostei ;)

    ResponderExcluir
  12. Estou namorando este livro porque esta capa simplesmente me encantou.
    Fiquei surpresa com a nota 4 que você deu para ele, de verdade, porque sei que para muito este livro é uma leitura mais passatempo e não esperava muita coisa, mas ao ler a resenha e suas opiniões, me empolguei um pouquinho mais!

    ResponderExcluir
  13. Adorei a capa do livro, é bem simples, mas me chamou a atenção. Quanto a sua resenha, ual, adorei ela, eu já tinha visto esse livro antes, mas não tinha parado para ler uma resenha ou algum comentário sobre ele, mas lendo o seu post fiquei encantada, a história parece ser bem bacana, fico imaginando como seria se eu pudesse ligar para a minha eu de 14 anos, não sei se iria querer mudar muitas coisas, pois teria consequências no futuro e isso é ruim, se ver por um lado kkkk Mas eu gostei bastante mesmo do que você falou ai, acho que deve ser legal a história, mais ainda por ter capítulos intercalados, adoro livros assim, sei lá, dá uma ideia maior sobre a hsitória e tudo mais.
    Enfim, eu simplesmente adorei a resenha mesmo, ficou incrível *-*

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  14. desde que eu vi a capa e a sinopse desse livro pela primeira vez que ele tinha entrado pra minha lista...sua resenha me deixou ainda mais ansiosa pela história que tem tudo pra me surpreender :)

    ResponderExcluir
  15. A história parece ser interessante, mas só de ler sua resenha já fiquei confusa com essa constante troca de visões de pessoas iguais em tempos diferentes heheheh mas fiquei com vontade de ler!
    Beijos,

    Amanda
    www.divaemconstrucao.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. Gostei da resenha, acho que o livro promete uma história bem legal !

    ResponderExcluir
  17. adorei a resenha! me deu mais vontade de ler esse livro! deve ser muito fofo e engraçado.

    ResponderExcluir
  18. Nossa, agora tô louca pra ler essa autora! Eu já queria ler o 10 Coisas que Fizemos (e provavelmente não deveríamos), e tinham alguns outros dela que eu vi e me interessei, e esse também parece muito bom! Não julgo ela, se eu pudesse mudaria meu passado também e olha que eu nem passei pelas coisas tristes que ela passou (não é só o pé na bunda, é pq ela deixou toda a vida pra trás por causa dele, perdeu as amigas, a faculdade)... Quero muito ler
    bjs
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Ah quero ler, amei saber que ela fala com ela mesma no passado pelo celular... quero, pra mim....

    ResponderExcluir
  20. Adorei a ideia do livro, achei super bacana a ideia da autora, mesmo que o enredo do livro não va mudar a minha vida, eu sempre curto uma leitura que me deixa de feliz no final..
    Quem nunca quis mudar um erro do passado, não é?! E se a Devi teve a sorte de fazer os ponteiros voltarem um pouquinho, melhor aproveitar para consertar.. Só fiquei chocada quando você disse que preferia a Devi do passado do que a do futuro, na verdade pensei que justamente por ter passado pelos problemas que já tinha enfrentado, a personagem do futuro ia ser mais madura... Anyway, o livro já esta na minha lista, só não sei ao certo quando vou parar pra ler... Bjs

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)