3 de março de 2014

RESENHA: Tentação sem Limites (Sem Limites #2)

Editora: Arqueiro
Autor(a): Abbi Glines
Número de Páginas: 208

Sinopse: A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida. 

Olá gente lindaaaa!
Hoje venho falar para vocês sobre o livro "Tentação sem Limites", segundo livro da trilogia Sem Limites da autora Abbi Glines. Assim como o livro anterior, Paixão sem Limites, o segundo volume é de uma leitura tão fluída e rápida que quando você percebe, já está lendo a última página. 

Blaire está de volta a Sumit, sua cidade natal. Sua estadia em Rosemary não foi a melhor experiência de sua vida ferrada. Claro que teve Rush.... mas o modo como tudo aconteceu, o modo como ele mentiu para ela e o modo como tudo terminou, a machucou mais do que ela achava ser possível depois de tudo o que já sofrera.
Apesar de estar de volta ao lugar onde nasceu, ao lado de Cain, seu ex-namorado e melhor amigo desde sempre, Blaire sente que não se encaixa mais no lugar. Ela precisa encontrar seu lugar no mundo. O fato de Cain viver declarando seu amor por ela para em seguida pisar na bola ou cobrar dela algo que ele não tem o direito, não ajuda muito para que ela se sinta confortável.
E tem o agravante de que, após se apaixonar por Rush e ter o coração partido, sua vida nunca mais será a mesma. Mais do que lhe proporcionar momentos de prazer e também de desilusão, Rush mudou sua vida mais do que ela imaginava. Por isso, quando Bethy aparece em Sumit lhe pedindo para dividir um apartamento com ela em Rosemary, Blaire acaba aceitando (não de início, mas...) Ela ficará na cidade apenas alguns meses e depois irá para algum lugar. Qualquer lugar longe de todas as lembranças. 
"Naquele momento, recordava-me de uma passagem da Bíblia sobre Deus não nos fazer enfrentar mais do que podíamos suportar. Estava começando a me perguntar se isso valia apenas para quem ia à igreja todos os domingos e rezava à noite antes de dormir. Porque ele não estava pegando leve comigo." (página 17)
Rush, por sua vez, está desolado. Ele está sofrendo por ter perdido Blaire. Ele sabe que tem culpa pelo que aconteceu. Se ele não tivesse escondido a verdade dela, talvez  ela o perdoasse. Mas como ela poderia fazê-lo? Como ela confiaria nele outra vez?
Ele está mudado. Digamos que ele está mais homem. Sabe aquele banana do livro anterior que fazia tudo para agradar sua irmãzinha maligna? Então, ele ficou meio que de escanteio. 
Rush está determinado a reconquistar Blaire e recuperar a confiança perdida. Assim, quando fica sabendo que ela está voltando para Rosemary, ele sabe exatamente o que tem que fazer.
"- Talvez ela tenha tido tempo suficiente para lidar com os problemas dela. E se ela voltar? O que você vai fazer? - Grant me perguntou.
O que eu faria?
Eu imploraria." (página 24) 
Como eu disse, o Rush está tendo um pouco mais de atitude nesse livro, embora o jeito possessivo dele tenha me irritado um pouco. A narrativa é em primeira pessoa, intercalando os pontos de vista de Blaire e Rush, o que ajudou muito para que entendêssemos um pouco mais o que passa pela cabeça de Rush,
Ele finalmente começa a colocar a Nan no lugar dela. Para de tratá-la como se ela fosse uma garotinha e fala umas boas verdades. Adorei isso! Porém, em determinado momento, embora eu já estivesse quase convencida por ele, Rush meteu o pé na jaca com vontade. Queria esganar ele! (quando vocês lerem o livro, saberão exatamente que momento foi esse) E queria esganar a Blaire mais ainda por ter perdoado ele tão rápido. Muita falta de amor próprio, minha gente. Ou falta de orgulho, que seja.
Blaire me irritou de uma forma que nem consigo expressar em palavras. Sabe aquela personagem 'independente' que DIZ que vai fazer tudo sozinha, que dá conta do recado... Aquela personagem que se diz forte e determinada, toma as melhores decisões, mas no momento em que o cara gato sexy por quem é apaixonada aparece, pronto.... esquece tudo o que decidiu e faz justamente o contrário? Bem, ela está assim.
Sem contar que fica o tempo todo "Agora é o momento em que ele vai me deixar.", "Preciso partir antes que ele me abandone para que a dor seja menor." Ahhh, me polpe!
Por um lado eu entendo que ela está insegura, que ela ainda não confia nele e tal, mas.... se acha que não está bom, se acha que o cara vai 'cair fora' do relacionamento, tome uma atitude. #momentorevolts
Em todo caso, eu recomendo a leitura. Para você quer uma leitura rápida e despretensiosa, esse livro, ou melhor, essa série é pra você! Não recomendo que você vá com muita sede ao pote, a história é clichê, rápida demais e cheia de drama, mas.... é uma boa distração (que te arranca risadas mesmo sem essa intenção). ;P

Há um terceiro livro sobre Blaire e Rush, mas vamos ter que esperar um pouco mais. O próximo livro dessa série que será lançado pela Editora Arqueiro tem o gatíssimo, fofíssimo Wood como protagonista. Mal posso esperar, já que ele é um personagem com tanto amor para dar! haha

Classificação: 

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

5 comentários

  1. Adoro as capas dessa série. O gênero New Adult tem me conquistado pouco a pouco. Essa série, dizem ser muito boa. Eu particularmente ainda não comecei a lê-la... Mas, o Rush parece ser aquele playboy dos sonhos, pela quantidade de adjetivos que já vi definindo ele. Já a Blaire, não acho que eu vá gostar muito dela. Mas tenho que ler primeiro. Então, estou ansiosa por isso.

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha e to completamente louca pra ler esse livro, parece ser perfeito <3

    ResponderExcluir
  3. Sei que os livros dessa trilogia estão fazendo um estardalhaço na blogosfera literária. Só não entendo o porquê?!?! Como você disse, é clichê atrás de clichê. Talvez a narrativa da autora consiga fazer milagres, né?!?! Enfim, como às vezes, gosto de ler algo mais leve e sem precisar pensar muito, acho que deve ser uma boa pedida.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser muito bom, li o Paixão Sem Limites e me apaixonei pela história agora preciso ler Tentações Sem Limites! Com certeza vai entrar para minha lista de melhores livros igual o primeiro entrou! *-*

    ResponderExcluir
  5. Ameiii, to participando da promoção e to muito ansiosa pra amanhã, tomara que eu ganhe!!

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)