17 de março de 2014

RESENHA: Cretino Irresistível

Editora: Universo dos Livros
Autor(as): Christina Hobbs, Lauren Billings (Christina Lauren)
Número de Páginas: 256

Sinopse: Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.

Olá gente lindaaaaa!!
Finalmente li "Cretino Irresistível", o primeiro livro da série Beautiful Bastard. Quem me conhece sabe que desde o lançamentos (ano passado?) eu fiquei super curiosa. Assim, quando o blog conseguiu firmar parceria com a editora Universo dos Livros eu não tive nenhuma dúvida quanto ao livro que eu solicitaria. Já vou dizendo que foi uma leitura super rápida e agradável. (Ah, e não recomendo para menores de 18 anos com a mente pura e imaculada haha).

Chloe Mills é uma estagiária inteligente e super eficiente que trabalha na empresa Ryan Media Group há seis anos. Ela pode dizer que nunca teve problemas com os homens da família Ryan. Já trabalhou para Elliott Ryan e para seu filho Henry Ryan e aprendeu muito com eles. Porém, há nove meses, quando Elliott a informou que Bennett Ryan, seu filho mais novo voltaria da França, onde vivera por seis anos, e assumiria um departamento da empresa, sua vida profissional virou um inferno. Faltam apenas quatro meses para ela concluir seu MBA e apresentar um projeto de uma conta milionário com a qual tem trabalhado como estagiária de Bennett. Esse é o único motivo que ainda a mantem na empresa. Mais quatro meses e ela estará livre da arrogância e mal humor desse cretino irresistível.
Após chegar ao emprego com uma hora de atraso e enfrentar a fúria do Sr. Ryan, Chloe precisa realizar muitas funções esdrúxulas até o final do expediente, como apresentar projetos de três grandes marcas e uma simulação da conta milionária na qual está trabalhando para seu MBA. Isso porque é a primeira vez que ela se atrasa. Mais tarde, na sala de conferência, em meio a sua apresentação Chloe é surpreendida com as mãos de seu chefe em suas costas. O pior de tudo é que ela não consegue fazer o que deveria: se afastar. Ela simplesmente fica estática, recebendo a carícia proibida. E gostando disso.
"- O cronograma deles para o primeiro resultado é um pouco ambici... - parei no meio da frase, com meu ar preso na garganta. A mão dele pressionou gentilmente a parte de baixo das minhas costas e então começou a descer até parar na curva da minha bunda. Nos nove meses em que trabalhávamos juntos, ele nunca havia me tocado intencionalmente.
E naquele momento fora definitivamente intencional."
(Chloe - página 14)
Bennett Ryan não consegue controlar a atração que sente por Chloe desde que voltou da França. Como qualquer tipo de relação com sua estagiária não seria nada bom para sua carreira (e nem para a dela) ele acaba descontando sua frustração em cima da própria Chloe encarnando o maior dos cretinos. Porém, ao se ver sozinho com ela na sala de conferência, ele não consegue resistir. Assim começa a relação de brigas+sexo entre patrão e estagiária.
Os dois definitivamente não se suportam (sei, sei...), porém a tração que sentem um pelo outro, desencadeada principalmente pelo sexo quente que tiveram faz com que não consigam se afastar. Ambos sabem que o que estão fazendo não é certo e que se forem descobertos haverá duras consequências, mas é só se encontrarem para que as faíscas os impilam a repetir a dose.
Chloe não é daquelas mocinhas chatas, inocentes e cheias de mimimi, talvez por isso ela tenha conseguido ligar com Bennett por tanto tempo. Ele é cretino e ela responde a altura, inclusive na hora do sexo. Ela não se deixar ser subestimada e nem subjugada.
"Então, o fato era o seguinte: eu me sentia possessivo em relação a ela. Não de um jeito romântico, mas de um jeito troglodita do tipo "golpeie-a na cabeça, arraste-a pelo cabelo até a caverna e trase com ela". Como se ela fosse meu brinquedo e eu tivesse de manter os outros meninos do parquinho longe dela. Isso não é doentio?" (Bennett - página 99)
***
Eu gostei bastante do livro. Me diverti, me deliciei com esse cretino irresistível, mas confesso que senti falta de um pouco mais de história, de diálogos... o livro é basicamente sexo, sexo, sexo e sexo. Em uma página eles estão discutindo e na outra estão transando em algum lugar da empresa. Não que isso não faça sentido para a história, pelo contrário, faz total sentido, mas eu gostaria de conhecer as personagens um pouco mais a fundo.
Um ponto positivo para o livro é o fato de a história ser narrada em primeira pessoa através do ponto de vista de ambos, intercalando os capítulos. Assim, embora não dê para conhecer mais a fundo cada um deles, já dá para ter uma noção do que se passa na cabeça de Bennett e Chloe.

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!


Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)