27 de março de 2014

Na Telinha ou na Telona... #30

Olá gente lindaaaa!
Hoje venho contar para vocês o que achei do dorama tailandês Full House Thai, a versão tailandesa do dorama Full House (postei sobre a versão coreana AQUI). Até agora eu só havia assistido um filme tailandês (preciso lembrar de escrever sobre ele para vocês), mas ainda assim, Full House foi uma surpresa suuuuuper agradável. Pela primeira vez posso dizer que essa versão 'deu de dez a zero' na versão coreana.


Sinopse: Após a morte dos pais, Aom-Am vive com sua única irmã na casa da família. Com a esperança de ser uma grande roteirista, ela passa os dias escrevendo, enquanto vive fazendo resenha de restaurantes. Sua irmã, por outro lado, apesar de trabalhar não ajuda com as despesas de casa. seu namorado Pao está sendo perseguido por agiotas e a única maneira de não ser morto é pagar a dívida. Por isso, ele convence Aom a mandar a irmã mais nova para uma viagem e vender a casa em sua ausência. Voltando de sua viagem à Coréia, Aom-Am se vê sem teto e tento que trabalhar como empregada na própria casa.



ELENCO PRINCIPAL:

- Mike Pirath como Mike D'Angelo (Um cantor e dançarino e ascensão; apaixonado por Mindra, sua amiga de infância);
- Aom Sucharat como Aom-Am (Jovem aspirante a roteirista que ganha a vida fazendo resenhas sobre comida de diversos restaurantes);
- Uttsada Panichkul como Guy (amigo de infância de Mike, por que Mindra é apaixonada);
- Jane Janesuda como Mindra (estilista; dona de uma grife que veste o amigo Mike; egoísta e egocêntrica).

P.S.: Estou ficando cada vez pior em fazer pequenas descrições do elenco. ¬¬


Minha opinião: Amei!
Genteeeee, esse dorama é uma gracinhaa!
Claro que há algumas semelhanças entre essa versão e a coreana (de 2004), mas quase não tem comparação. A química do casal tailandês é quase palpável, o Mike não é nem de longe insuportável e infantil como o Lee Young Jae (interpretado pelo cantor/ator/modelo/dançarino e etc. Rain). E claro, o Mike é LINDO! *-* (I LOVE Tailândia! <3).
Esse foi o primeiro dorama tailandês que assistir (embora já tenha assistido a um filme acreditando ser taiwanês #abapha) e amei.

A história começa da seguinte forma:
Mike é um popstar tailandês em acensão que quer viver de música, mas seus agentes insistem que ele invista em outras coisas mais rentáveis, como propagandas, etc. Ele acaba de assinar um contrato com uma empresa coreana e precisa viajar para a Coréia do Sul.
Aom-Am, por sua vez, vive com a irmã na casa da família. Seus pais morreram, por isso as duas vivem sozinhas. O namorado da irmã, P'Pao, está devendo uma grande quantia para agiotas e sua irmã descobre que está grávida. Sem ter outra saída, a irmã e o namorado resolvem dar um golpe em Aom-Am.
Eles inventam uma uma viagem para a Coréia, alegando que P'Pao ganhou as passagem no banco em que trabalha e oferecem a viagem à Aom-Am. Enquanto Aom-Am está fora, eles vendem a casa e somem com o dinheiro.
Aom-Am desconfia que algo está acontecendo quando descobre que o hotel foi pago por apenas 2 dias e não por 5 como o esperado. Resolve, então, recorre à única pessoa tailandesa que ela conhece que está na Coréia: Mike. Na verdade, eles se conheceram no voo para a Coréia e digamos que a primeira impressão causada por Aom-Am em Mike não foi das melhores já que ela encheu a cara e vomitou nele.
Após inventar uma mentida das mais cabeludas para Mike, ela consegue algum dinheiro emprestado para voltar à Tailândia. O que ela não esperava era encontrar sua casa vazia e nenhum sinal da irmã.
Sua casa foi vendida e, como ela descobre em pouco dias, o comprador é ninguém mais que o próprio Mike D'Angelo.
Após alguns incidentes, Aom-Am aceita trabalhar de empregada na própria casa até quitar a dívida que tem com Mike. Porém, pouco tempo depois, após Mike beijá-la tentando causar ciúmes em Mindra, a amiga de infância por quem é apaixonada, ele resolve que o ideal é que ele se case com Aom-Am. Para Aom-Am a ideia não poderia ser mais absurda, mas quando ele promete que dentro de seis meses a casa será dela novamente, ela não pensa duas vezes e se casa com ele. Claro que o casamento é feito sob um contrato secreto entre ambos, embora todos pensam que eles são um casal apaixonado.
Taí uma coisa de que gostei bastante nesse dorama: o casamento tradicional tailandês. Nunca li nem vi nada a respeito da Tailândia antes desse dorama, por isso fiquei fascinada com a cerimônia de casamento e com o aparente respeito que os tailandeses têm pelos mais velhos.
A partir desse casamento de aparências podemos deduzir o que acontece, né?! 
A convivência fará seu papel a medida em que Mike e Aom-Am vão se conhecendo, sentimentos inevitavelmente vão surgindo.
Entretando, nenhum deles dá o braço a torcer, a insuportável Mindra resolve que agora que Mike se casou ela o quer por perto (pensem em uma mulherzinha egoísta!), Guy não esconde seus sentimentos por Aom-Am e tudo isso é um prato cheio para a mídia.
Muitas confusões, reviravoltas, momentos fofos, momentos divertidos e momentos em que queremos 'dar uns tabefes' em algum personagem.
A trilha sonora é bem restrita, contando apenas com umas três músicas (todas do Mike). Minha favorita, sem dúvida é Oh Baby I, interpretada por Mike e Aom.

Como a modinha agora são os doramas coreanos, eu não encontrei o dorama disponível para download em nenhum dos fansubs que costumo acompanhar. Assisti os 20 episódios legendados no Viki.
Minha agonia foi ter que aguardar a liberação de cada episódio já que o dorama foi exibido entre o final de 2013 e o início de 2014.
Sem dúvida eu suuuuuper indico esse dorama. Deliciem-se!

Curiosidade: A atriz Aom Sucharat protagonizou o filme homossexual "Yes or No" em 2010 que é bem famosinho para os fãs de filmes asiáticos. Pretendo assistir em breve.

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

7 comentários

  1. hahahahahaha que dorama mais doido!! só de ler essa "pequena sinopse" já achei hilária.
    Eu até que gosto de doramas, mas não vejo muitos pq até achar links pra assistir (e as vezes não tenho como assistir online) já dá preguiça e desisto :x #shameonme
    E... que legal! É tailandes! Mais um motivo pra assistir #hope *--*

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Eu amei esse lakorn, e tô shippando esse casal eternamente. #AoMike
    Não conhecia o blog, mas não resisti quando vi nos comentários do Divaneandoo que você fez uma resenha pra Full House Thai. kkkkk Parabéns pela resenha, ficou ótima e concordo com você em tudo. o/

    ResponderExcluir
  4. Aonde eu o encontro p assistir legendado online?

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor!
    Você acredita que eu não consegui assistir por conta do idioma?! :/
    Mas uma coisa eu preciso falar: o Mike é lindo! hahahahaha

    Beijo,
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  6. Não consigo assistir no viki, e nem em lugar algum. Depois de ver tantas resenhas sobre, eu estou querendo assistir.

    ResponderExcluir
  7. Yes or No foi a interpretação mais intensa da atriz Aon Sushar, ela e simplesmente demais, pena que nao tem esse full house com legendas em portugues

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)