26 de setembro de 2016

RESENHA: O Sedutor (MMA Fighter #3)

Editora: Charme
Autor(a): Vi Keeland
Número de Páginas: 320

Sinopse: Dizem que os homens preferem mulheres que sejam uma dama na sala e uma puta na cama. Eu não sabia que o sentimento era recíproco, até eu conhecer Jax Knight, um cavalheiro em público, e um devasso dominante que fala sujo no quarto.
Filha do lendário lutador "The Saint", Lily St. Claire sabe por experiência própria como os lutadores podem ser. Dona da rede se academias de MMA, ela está acostumada com homens agressivos, dominantes e possessivos. É por isso que ela sempre manteve distância deles. Mas, no dia em que Jax Knight passa pela sua porta, ela fica presa no seu charme. Incrivelmente lindo, educado, confiante e ex-aluno da Ivy League, ele acaba com todas as ideias pré-concebidas que ela achava que eram verdade sobre os homens que treinavam para lutar.
Porém, se apaixonar por alguém tão rapidamente após um término não era algo que ela havia planejado. E definitivamente não era algo que seu ex planeja permitir que aconteça.

Olá gente lindaaaa!
Hoje venho falar do terceiro e último volume da trilogia MMA Figter, da qual eu gosto muito. Apesar de estar meio saturada de livros do gênero, confesso que tenho um carinho especial por essa trilogia (nem me perguntem por quê).

Confiram minhas resenhas dos volumes anteriores:
O Destruidor de Corações (livro 1) | O Invencível (livro 2)

Que leu "O Invencível", segundo volume da trilogia, deve se lembrar do encantador Jax Knight, filho de um famoso político. Pois bem, em "O Sedutor", após as reviravoltas e revelações ocorridas no livro anterior sobre seu pai, Jax decide cortar os laços familiares e viver do modo como sempre quis. Assim, decidido a investir em uma famosa rede de academias de luta (e a fugir dos fervorosos repórteres que não lhe dão sossego), Jax decide trocar Washington por Nova York.
Chegando em NY, em seu primeiro dia na academia, como cliente e não como investidor, Jax conhece a irresistível Lily, filha do lendário lutador de MMA, The Saint, que por coincidência, é dona da rede de academias na qual Jax deseja investir.
A atração entre Lily e Jax é inegável, mas ela está vivendo um momento complicado de não-aceitação por parte de seu ex. Após a morte do pai, Lily ficou devastada e, aproveitando-se de sua vulnerabilidade, Caden, filho do sócio de seu pai, se aproximou e se fez necessário para Lily. No entanto, ele acabou se tornando um babaca possessivo. E, agora, mesmo dois meses após Lily dar um fim ao relacionamento, ele ainda não aceita.

"Crescer cercada de machos alfas que falam o que querem fez com que geralmente precise de muita coisa para me deixar envergonhada. Mesmo assim, algo no jeito como ele me olha quando fala faz com que eu me sinta como uma adolescente." (página 30)
"O Sedutor", além de uma história de amor (e sexo), também trata de superação, de segundas chances e de relacionamentos abusivos. Um relacionamento abusivo não é somente aquele em que a mulher é subjugada ou espancada, todo e qualquer tipo de manipulação também é abuso. E é justamente isso o que ocorre entre Lily e Caden. Mesmo Lily dizendo que quer terminar e que o relacionamento entre eles não funciona mais, Caden não perde a chance de jogar na cara dela que ele esteve lá quando ela precisou, que agora ela o trata como se ele fosse descartável e não sei mais o que. Ele acredita que fazendo com que Lily se sinta culpada, ela ficará ao seu lado. E isso é quase verdade. Confesso que isso me irritou demais na protagonista. Se sentir grata por tudo o que Caden fez, tudo bem, mas daí a se obrigar a perdoar a possessividade sem sentido dele, ficar levando o cara em banho-maria e temendo respirar.... assim não dá, gente.
"A possessividade dele tem a ver comigo. A do Caden tem a ver com ele." (página 144)
Só pra vocês se situarem na trilogia: o primeiro volume conta a história do lutador Nico Hunter, que acaba "apadrinhando" o adolescente Vinny, que após alguns anos, torna-se um lutador de MMA que protagoniza o segundo volume da trilogia; por fim, este terceiro volume acontece seis meses após o desfecho do volume anterior. Sendo assim, os volumes 2 e 3 têm uma relação direta e, embora Nico também apareça nos três volumes, o que nos importa nesse terceiro volume é o encontro entre Vinny e Jax. É muito bom ver como as coisas se desenrolam após as revelações do livro anterior e é bom matar a saudade dos protagonistas que amamos tanto. No geral, são três grandalhões com corações enormes.
Em "O Sedutor", temos o prazer de conhecer o melhor amigo gay da protagonista, o Reed, que deu mais leveza e bom-humor à história quando as coisas tendiam a ficar meio tensas. Sério, toda mulher precisa de um amigo desses.
"- O amor não é algo que você possa desligar. Quando acontece, ele rouba um pedacinho de quem você é. Acho que às vezes as pessoas continuam lutando porque têm mais medo de perder esse pedacinho de si do que de perder a pessoa a quem ama." (página 195)
Uma coisa que me incomodou um pouco foi a hesitação inicial (e nada convincente) de Lily em relação a Jax. Ela coloca na cabeça que não deve se envolver com ele, pois ela já misturou vida profissional com a pessoal ao se envolver com Caden (que, pra ajudar, também trabalha na academia). mas, desde o início essa história não convence e parece mais que ela está "fazendo luxo". Aquela típica ladainha, né?!
Mas, quem resiste ao Jax? Ele é sempre super direto e a conversa com ele parece sempre tão fácil, tão natural (se contar que ele é lindo, claro). Gostei muito do modo como o casal se relaciona e, apesar nas excessivas cenas hot (já disse que tô enjoada do gênero, né?!) e das cenas excessivamente descritivas, gostei bastante da química do casal.
Se você gosta do gênero, com certeza vai gostar de "O Sedutor" e dos livros anteriores. Eu, particularmente, gostei mais de "O Invencível", pois tem uma história mais tensa por trás de tudo e há um reencontro (e eu amo reencontros).

Classificação: 

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

14 comentários

  1. Adorei, eu estou vendo muitas pessoas mencionarem esse livro mas até então nenhuma resenha tinha me despertado atenção, já a sua conseguiu isso, irei procurar os outros e ler tudo, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. oie!
    Eu adoro essa trilogia, cada um dos livros me conquistou de forma diferente. Cada um é especial e tem um romance bemm sensual e viciante. Só posso dizer que adorei acompanhar a publicação.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Não sabia que a trilogia trazia histórias de personagens diferentes, achava que todos os livros contavam a história de Nico e seu par romântico. Nunca li nada em que o mocinho fosse lutador de MMA e por isso tenho interesse nessa trilogia desde o lançamento. Ainda não tive oportunidade de a ler mas fico mais curiosa a cada resenha elogiosa que leio e com a sua não foi diferente, ainda mais por trazer informações que eu desconhecia.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Acho muito legal esse mundo das lutas, eu mesma já fiz caratê uma época, mas não me empolguei muito com a trama principal, ainda mais quando a recusa da mocinha não parece muito natural, então vou passar a dica por hoje

    ResponderExcluir

  5. Oie, parece uma história interessante por causa da lição sobre relacionamentos abusivos e etc, mas particularmente não gosto de livros com descrições excessivas, então com certeza esse eu não leria

    ResponderExcluir
  6. Oie
    muito legal a resenha mas o livro não é bem o que me atrai então vou deixar a dica passar por enquanto, parece uma boa leitura para quem curte o gênero


    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Amo real livros sobre lutadores <3 Já tinha ouvido falar nesse livro, mas não sabia que se tratava de uma trilogia, mas estou bem empolgada para lê-los. Pelo o que você falou essa trilogia mega faz o meu gênero, espero fazer a leitura o mais breve que der.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho o primeiro livro pelo simples fato de que a capa é linda... ainda não adquiri os demais livros da trilogia e espero poder fazer em breve, pois quero conhecer cada um desses boys magias, mas para ver se vou gostar como vc gostou da leitura desse aqui, vou ter me atualizar e ler os anteriores... rsrs

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  9. Oi linda,

    Essas capas...Senhor o que são esses homens?!Até subiu a temperatura aqui haha
    Gostei bastante do enredo e dos personagens, então lerei sem sombra de dúvidas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Já pulei do topo da sinopse pros comentários... Tenho aversão à livros com essa temática... então acabei não lendo a resenha. Mas, pela nota, percebi que gostou bastante kkkk É bom ler um livro que empolga a gente.

    bjs - Papierllon

    ResponderExcluir
  11. Olá, realmente eu acho esse gênero super saturado, para mim as histórias parecem ser sempre a mesma, algum bad boy com um corpo muito sarado e alguma meninininha inocente, então eu não me dou muito bem com o gênero e irei passar a dica, porém sua resenha está ótima e para quem gosta de new adult, é uma boa pedida

    ResponderExcluir
  12. Sim, as pessoas não têm mesmo noção que relacionamento abusivo pode ser algo muito mais sutil, que manipulação já pode classificá-lo assim, achei legal você mencionar isso. Mas não curto livros com a presença de sexo, ainda mais quando as cenas hot são excessivas, na verdade morro de preguiça disso, então não leria a série.

    ResponderExcluir
  13. Hello! Tudo bem?
    Sou louca pra ler essa serie de lutadores lindos e gostosos haha!
    As capas sao lindas e todas as sinopses me deixam com mta vontade de ler, só nao consigo ler, pq é meio caro infelizmente e vou esperar pra comprar.
    Gostei dos pontos positivos q vc falou e essa hesitação tb me incomodaria no iniico, mas no geral acho que iria gostar.
    Vou ler com certeza.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. OOi!
    Não conhecia a trilogia, parece ser ótima. Parece um pouco clichê, mas quem se importa? Bom, eu não. KKKK Gosto bastante do gênero, achei legal a premissa dele, dica anotada!

    Beijoos!

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)