6 de outubro de 2015

RESENHA: O Invencível (MMA Fighter # 02)

Editora: Charme
Autor(a): Vi Keeland
Número de Páginas: 320

Sinopse: Conheça Liv Michaels.
Podem ter passado sete anos, mas conheço-o em qualquer lugar. Claro, ele cresceu em todos os lugares certos, mas os seus cativantes olhos azuis e o sorriso arrogante estão exatamente do jeito que me lembro. Mesmo que eu prefira esquecer.
Liv Michaels está quase lá. Ela é inteligente, determinada e está perto de conseguir o trabalho que sonhou por anos. O tempo curou suas feridas antigas e, até mesmo, seu coração partido da devastação de ser esmagado por seu primeiro amor.
Conheça Vince Stone.
As mulheres adoram um lutador, especialmente um bom. Sorte minha que sou muito bom. Mas há uma mulher que não está interessada. Não uma outra vez.
Vince "o Invencível" Stone é a fantasia de toda mulher... forte, sexy, confiante e totalmente no controle. Ele cresceu no meio do caos e aprendeu a nunca se envolver. Ele acredita que o amor pode derrubá-lo. Ele adora as mulheres, trata-as bem, coloca suas próprias necessidades antes da sua... nos momentos a dois. Mas, com a maior luta de sua vida se aproximando, seu foco deve estar no treinamento.
Quando o destino coloca Vince e Liv juntos novamente, não há como negar que a química ainda está lá. Mas será que Vince pode apagar as velhas cicatrizes do seu passado? Ou será que Liv é quem irá machucá-lo?

Olá gente lindaaa!!!
Hoje vem falar do segundo livro da série "MMA Fighters", que (para noooooossa alegriaaaa) conta com a presença dos protagonistas do livro anterior, na verdade, a maaioria dos personagens estão presentes no primeiro livro, inclusive o protagonista.
Quem leu "O Destruidor de Corações" com certeza se lembra de Vinny, o adolescente que frequentava a academia de Nico e por que ele tinha um carinho enorme. Pois é, nosso garotinho cresceu e.... UAU! Se tornou um homem pra mulher nenhuma botar defeito: tornou-se "Vince "o Invencível" Stonne.
Nossa mocinha, por sua vez, é o exato oposto de Vinny. Enquanto Vinny sempre se meteu em problemas na escolha (culpa de sua vida desestruturada, de sua família fo$%¨&da), Liv sempre foi a mais estudiosa, a típica boa garota que, inevitavelmente se apaixona pelo bad-boy. Você estão cansados de saber o quanto eu gosto de histórias que tratam de reencontros, né?! Por isso já devem imaginar o quanto eu gostei de ver Vinny e Liv se encontrarem após sete anos.
"Passei três longos anos observando-o de longe, secretamente obcecada pela forma como ele  andava, pela forma com ele se sentava, e até mesmo pela forma como seus lábios carnudos se mexiam quando ele mastigava, durante meus olhares roubados no refeitório." (página 17)
Liv foi apaixonada por Vinny no ensino médio e, sendo sua monitora de inglês, teve a oportunidade de conhecê-lo mais intimamente, de conviver com ele, de perceber que por trás do garoto problemático e rebelde havia um cara legal. Porém, não se pode lutar contra a natureza, não se pode evitar que coisas inevitáveis aconteçam. O resultado é que Liv ficou ainda mais apaixonada e Vinny quebrou seu coração em um milhão de pedaços.
Agora, aos 23 anos de idade, Liv está a um passo de conquistar o emprego de seus sonhos e um jornal, só não contava com o fato de que a matéria de sua vida terá de ser sobre "Vince "o invencível" Stone", que é ninguém menos que Vinny. O homem por quem sempre foi apaixonada.
"- Está, ele ainda está lindo. Mas esse não é o ponto. Ele me ferrou uma vez, não vou deixá-lo fazer isso de novo." (página 49)
É uma gracinha acompanhar o envolvimento dos personagens, ver como cada mágoa guardada vai se resolvendo.. as únicas coisas que me incomodaram um pouco foi o jeito possessivo de Vinny, o ciúme exagerado e a rapidez com que Liv esqueceu a mágoa e correu pro abraço (rs). Pouco maduro para um cara que está com a corda toda. Gostei de toda a história envolvendo as origens de Vinny e gostaria muito que a autora tivesse explorado mais outros personagens, como o Jax, por exemplo, mas minha tristeza em relação a isso terminou assim que eu soube que ele será o protagonista do próximo livro. Uhulll! 
"- Confie em mim sobre uma coisa, Liv... seja lá o que estiver acontecendo entre a gente, vai acontecer. Você pode tornar o quão difícil quiser, mas "nós", Liv, vamos acontecer. Nenhum de nós pode impedir." (página 73)
O melhor de tudo - principalmente para uma romântica incurável como eu -, foi ver o grandalhão se abalar com o reencontro e com a presença de Liv em sua vida. Foi uma gracinha ver o bad-boy se derreter e mostrar sua essência. Deu muito dó toda vez que a mãe drogada do coitado se metia em confusão e ele se desdobrava para ajudá-la, apesar de ter tido uma vida ferrada por causa dela. Mas nunca é tarde para mudar, para melhorar, para dar a volta por cima...
Sim, o livro tem MUITAS cenas hot (algumas um tanto duvidosas, algumas "de repente" demais...), mas também há romance, perdão, cura de feridas, etc.
"Assim como há tantos anos, eu me encontro olhando para os olhos que me assustam mais do que tudo no mundo, olhos que confiam em mim. Só que desta vez, eu quero. Eu preciso disso. Enfim sou homem o suficiente para ter tudo isso." (página 211)
***
Um livro "delícia" de ler, a leitura flui super rápido e você se pega torcendo pelos personagens logo na primeira páginas. Ambos os protagonistas são interessantes e sem muito mimimi. Dá vontade de abraçar, de tê-los em nosso círculo social (principalmente Vinny, por motivos óbvios). Se você gosta de um bom romance com pitadas mais calientes e um tiquinho de segredos, vai fundo!

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)