11 de julho de 2016

RESENHA: A História de Nós Dois

Editora: Arqueiro
Autor(a): Dani Atkins
Número de Páginas: 352

Sinopse: Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada. 
Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse. 
Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara a ponto de duvidar se deve se casar afinal. 
Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou... 
Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?
Olá gente lindaaaa!!
Hoje vou falar sobre um romance incrível que me surpreendeu mesmo quando achei que tivesse adivinhado tudo: "A História de Nós Dois", da autora Dani Atkins (mesma autora de "Uma Curva no Tempo", que ainda não tive o prazer de ler).

Confesso que iniciei a leitura com uma expectativa altíssima, uma vez que as resenhas que li de seu livro anterior foram todas incríveis e super positivas. Não sei dizer se ao longo da leitura toda essa minha expectativa foi sanada, mas o resultado final da leitura foi bastante proveitoso e eu me peguei encantada com vários personagens, sofrendo por outros e apaixonada por mais alguns... ai, ai...
"Seria de se esperar que algum sinal, qualquer que fosse, marcasse o dia em que sua vida irá mudar. Deveria haver sinos tocando (bem, creio que mais tarde eles tocarão). Talvez devesse haver relâmpagos e um ou dois trovões." (página 7)
Emma tem 27 anos e está a um passo de iniciar uma vida nova ao lado de Richard seu noivo e namorado de sempre. Eles se conhecem desde e a infância e namoram desde a adolescência, embora tenham ficado separados por um tempo, quando Emma se mudou para Londres para se aventurar no Marketing. Na verdade as coisas estavam dando super certo para Emma em Londres, mas ela precisou deixar tudo para trás e voltar á sua cidade natal para ajudar os pais. A volta com Richard foi consequência de seu retorno e foi fácil demais, rápido demais, como se não houvesse ficados separados. No entanto, após sofrer um grave acidente de carro - na noite de sua despedida de solteira - e ser salva por um lindo desconhecido, Emma precisa lidar com muitas coisas, dentre elas uma grande perda. Isso faz com que ela passe a questionar tudo: sua vida, suas escolhas, suas amizades e, inclusive, seu relacionamento com Richard.
"Eu tinha lido todas as revistas e livros disponíveis sobre casamento, mas nenhum deles parecia tratar daquela questão particularmente delicada: o que fazer quando, quinze dias antes do seu casamento, você de repente se vê apaixonada por dois homens? "página 8)
A premissa, em um primeiro momento, parece ser apenas isso. Uma mulher dividida entre dois homens, que passa por uma tragédia e fica, em sua fragilidade, tentando decidir com quem ficar.  E já adianto que se fosse apenas isso, já seria totalmente aceitável, pois as duas escolhas são igualmente prováveis. Eu me peguei em uma página torcendo por Richard e na seguinte torcendo por Jack, para na seguinte voltar a torcer por Richard... ai, ai. Porém, não se trata disso. Gostei do modo como a autora me fez acreditar que eu sabia de tudo, que eu conhecia o rumo da história e, no final das contas, veio e "PÁ", me surpreendeu.
Mesmo na última página, quando acreditamos que as coisas são de um jeito, a autora, mais uma vez, surpreende, cativa e emociona. Posso dizer que "A História de Nós Dois" é muito mais que a história de duas pessoas, é uma história sobre perda e superação, traição e perdão. Uma história sobre escolhas e autodescoberta. Sobre amor, é claro, mas sobretudo sobre amizade. 
"Deixá-lo ali me dava a sensação de uma questão não resolvida, de uma dívida não paga. Quando se deve a alguém a própria vida, talvez seja assim para sempre." (página 51)
"Esse é o problema com a morte: não existe um guia de etiqueta sobre o que fazer em momentos dolorosos como a hora de dar condolências a alguém." (página 87)
Outro ponto interessante sobre a narrativa é o fato de a autora intercalar a história com alguns trechos do futuro da protagonista, de modo a nos fazer (mais uma vez) acreditar em determinado desfecho, para que nossa surpresa seja ainda maior no final de tudo. A impressão que dá (e talvez seja mesmo isso) é que a autora, após terminar o livro, decidiu pegar o último capítulo e espalhar ao longo da história. Ah, e que efeito isso deu, gente! Uma ótima estratégia narrativa, devo admitir. Funcionou super bem comigo e eu me peguei sorrindo e chorando ao ler a última frase: sorrindo por ter sido enganada durante todo o livro; chorando de emoção pelo desfecho. Se tiver de descrever "A História de Nós Dois" com uma única palavra, não pode ser outra senão "apaixonante"! Leitura mais do que recomendada!
"São os sonhos que nos fazem quem somos. Todo mundo tem responsabilidades e compromissos; o truque é equilibrá-los em uma vida que também a faça feliz e realizada." (página 233)
***
Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)