25 de julho de 2016

Primeiras Impressões: "O Ano em que te Conheci", de Cecelia Ahern

Olá gente lindaaa!!
Recentemente recebi da  Editora Novo Conceito os cinco primeiros capítulos do livro "O Ano em que te Conheci", da autora DIVA Cecelia Ahern e logo pensei na Ana (nossa resenhista linda), que assim como eu, é apaixonada pela escrita de Ahern. Hoje eu trago para vocês as primeiras impressões que a Ana  teve do livro. Confiram:

Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer. Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.

Neste novo livro da autora Cecelia Ahern, “O ano em que te conheci”, somos apresentados à vida de Jasmine (como a flor Jasmim). Logo nos primeiros capítulos percebemos que a personagem está passando por uma fase muito conturbada de sua vida: é véspera de ano-novo e Jasmine acaba de ser demitida; se sente sozinha e entediada por não conseguir preencher seus dias.
"Parece uma sentença de prisão. Doze meses de licença. É uma sentença mesmo. Eu sinto como se estivesse acumulando poeria em uma prateleira enquanto o mundo continua rodando ao meu redor e não há nada que eu possa fazer para impedi-lo ou me juntar a ele.” (página 47)
É no meio desta confusão que somos brevemente apresentados ao vizinho de Jasmine, Matt, um sujeito que aparentemente também está enfrentando um período difícil envolvendo um forte escândalo, o que prejudica sua estrutura familiar. Fica evidente logo no início que Jasmine não gosta de Matt devido a um incidente um tanto quanto preconceituoso ocorrido anos atrás. Apesar de não se conhecerem pessoalmente é possível prever que ambos terão algum contato e o que se espera, lendo apenas os 5 primeiros capítulos, é que tanto Jasmine quanto Matt consigam “consertar” toda a confusão que o cercam, um ajudando o outro neste caminho. Deu vontade de ler o resto e descobrir o final da história!


***
Beijos e amassos!!!


2 comentários

  1. Hummmm! Adorei a resenha! Deu vontade de ler mesmo!!Belo blog! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elaine!
      Pois é, a Cecelia Ahern sempre arrasa nos romances e a Ana sempre arrasa nas resenhas. hehe

      Volte sempre!

      Excluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)