25 de agosto de 2015

RESENHA: Se eu Morrer (Revenants #3)

Editora: Farol Literário
Autor(a): Amy Plum
Número de Páginas: 512

Sinopse: Depois de um longo tempo de espera para se encontrarem, Kate e Vincent veem desmoronar a perspectiva de enfim ficarem juntos. Ao serem traídos por alguém em quem achavam que podiam confiar, Kate perde Vincent. Agora o inimigo está determinado a controlar os imortais da França e até a iniciar uma guerra para conseguir o que quer. Mas Kate não desiste, ela sabe que Vincent está em algum lugar e fará qualquer coisa para salvá-lo.

Olá gente lindaaa!!!
Eis que não sei como começar essa resenha. A trilogia Revenants me proporcionou muita satisfação, cumprindo muito o que se propõe. Uma trilogia young adult + fantasia + Paris = <3 Tem como não amar?
Além do romance (e de Paris, claro), o principal ingrediente é a aventura, a história por trás da história, todas as descobertas, as obras de arte, a mitologia. Tantos elementos fantásticos, e ainda assim, críveis, que por diversas vezes me perguntei se havia algum elemento de fato real. 

Conheçam os livros anteriores:
Morra por Mim (livro #1)
Até que eu Morra (livro #2)

Infelizmente não poderei dar muitos detalhes sobre o livro, pois por se tratar da continuação imediata de "Até que eu Morra", soltar um mega spoiler seria inevitável. Por isso tentarei ser breve.
Nesse terceiro e último livro da trilogia, começamos imediatamente de onde paramos no livro anterior, quando Kate, após ver tudo tudo desmoronar diante de seus olhos, consegue ver uma luz no fim do túnel (ao ouvir a voz de Vincent). Ela está disposta a qualquer coisa para impedir que o revenant traidor acabe com Vincent e consiga dominar Paris, ou quem sabe o país inteiro - incluindo vivos e desmortos.
Mas, o que uma humana frácil (e constantemente usada como isca) pode fazer contra um desmorto poderoso do mal? É aí que temos mais uma palhinha de sua determinação e da união da estirpe de Vincent. Mas uma vez, mergulhamos na mitologia criada por Amy Plum e somos agraciados pela companhia de personagens secundários encantadores, Ambrose com seu jeitão despreocupado e extrovertido, Jules com seus galanteios, a irreverente Georgia (irmã de Kate), que agora também foi "adotada" pela estirpe. Enfim, todos indispensáveis e interessantes na trama.
O Revenant Traidor (que não nomearei para não estragar a leitura de quem ainda não leu os volumes anteriores) não está satisfeito em apenas tornar mais difícil a vida de Kate e tornar ainda mais impossível que seu romance com Vincent dê certo, ela quer mais. Ela que o poder do Defensor e para isso não medirá esforços, por isso todos os revenants estão em alerta, prontos (assim espera-se) para a guerra que está por vir.
Então, além da corrida contra para tentar "trazer Vincent de volta" (deixo que você tirem suas própria conclusões sobre isso), há toda a tensão que envolve o número cada vez maior de numa (revenants do mal) que se dirigem para Paris, prontos para dizimar os bardia (revenants do bem). Temos uma breve troca de cenário, onde Kate está de volta à Nova York que não consegue mais reconhecer a cidade como seu lar. Na cidade em que nasceu, Kate e "sua estirpe" buscam pistas sobre um ritual antigo, enquanto lutam contra o tempo. É nesse momento que mergulhamos mais um pouco em toda a "história por trás da história". Adorei saber mais sobre o passado dos desmortos.
A leitura foi tão fluida e agradável que eu me esqueci de marcar quotes para colocar na resenha, pois isso selecionei apenas um trechinho aleatório pra deixar vocês curiosas.

"- (...) Minha Kate, que era minha, que não é mais minha... - ele esfrega os olhos vermelhos, cansado - ... porque agora você pertence ao destino." (página 403)

A busca pela "salvação" de Vincent é apenas o começo. Muita coisa acontece nesse livro. Muita ação, muitas descobertas, muitas surpresas.... muitas reviravoltas. Confesso que a história acabou tomando rumos que me surpreendeu bastante. Só lendo pra saber...
Um final para lá de satisfatório... embora tenha me deixado com um gostinho de quero mais (tanto que assim que terminei a leitura, fui logo pesquisar se haveria um próximo livro #esperançaéaúltimaquemorrer).
Eu super recomendo a leitura para quem gosta de literatura fantástica, ação, suspense e, claro, um romance bem parisiense <3.

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

Um comentário

  1. A trama parece interessante.
    Não conhecia esses livros.
    Confesso que não é o tipo de livro que eu costumo ler, mas, esse me chamou atenção.
    Adorei a resenha, sucinta e esclarecedora.
    Beijos!!

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)