7 de janeiro de 2013

RESENHA: A Vez da Minha Vida

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Cecelia Ahern
Número de Páginas: 384

Sinopse: Certo dia, quando Lucy Silchester volta do trabalho, há um envelope de ouro no tapete. E um convite dentro dele para se encontrar com a Vida. Sua vida. Pode soar peculiar, mas Lucy leu sobre isso em uma revista. De qualquer forma, ela não pode ir ao encontro: está muito ocupada desprezando seu emprego, fugindo de seus amigos e evitando sua família. Mas a vida de Lucy não é o que parece. Algumas das escolhas que fez — e histórias que contou — também não são o que parecem. Desde o momento em que ela conhece o homem que se apresenta como sua vida, suas meias-verdades são reveladas totalmente — a não ser que ela aprenda a dizer a verdade sobre o que realmente importa. Lucy Silchester tem um compromisso com sua vida — e ela terá de cumpri-lo.
Olá gente lindaaaa!
Como eu havia prometido, voltei das minhas pseudoférias com algumas resenhas fresquinhas! Ihupiiii!!!!
O penúltimo livro que li em 2012 foi “A Vez da Minha Vida” da irlandesa Cecelia Ahern, autora de "P.S. Eu Te Amo”.

Já pensou em se encontrar com sua vida? Ou, quem sabe se encontrado por ela? Receber cartas e mais cartas de sua própria vida... Não estou dizendo isso no sentido romântico da coisa, mas no sentido mais literal possível. Bem, essa é a premissa do livro.... e, confesso que achei muito sem pé nem cabeça. Haha
Agora, vocês devem estar pensando: “Essa Amanda é incoerente. Quando se trata de vampiros, anjos, lobisomens ela aceita tudo muito bem, mas quando se trata de encontrar a própria vida, tudo parece sinistro demais. Vai entender!” É, eu sei. Rs.

Lucy Silchester está a poucas semanas de completar 30 anos e, vem cultivando algumas mentirinhas por pelo menos 3 anos, desde que largou o emprego e o namorado. OK. Ela mentiu. Na verdade, o Blake a deixou e... bem, ela foi demitida no dia seguinte.O fato é que essas foram apenas as primeiras mentiras que ela contou e desde então não conseguiu parar, pois se contasse a verdade sobre alguma dessas coisas, teria que contar a verdade sobre tudo, então encolheu prosseguir mentindo.
Bem, sua Vida precisou intervir antes que as mentiras tivessem ainda mais consequências, além do  fato de Lucy estar quase se enforcando na própria rede de mentiras. Lucy começa a receber cartas da  Vida. Ela se lembra de ter lido uma reportagem sobre uma mulher que encontrou sua vida e, atualmente ela está muito feliz e realizada por ter colocado sua vida nos eixos (ou o contrário). Mas, Lucy não consegue imaginar o porquê de sua Vida a ter contatado, pois está tudo bem. Não está?

“Prezada Lucy Silchester,
Você tem um compromisso na segunda-feira, 30 de maio.
Com os melhores cumprimentos,
Vida.”
(página 8)

Mesmo com certa resistência de Lucy, Vida - um cara chato e ranzinza - praticamente se muda para seu apartamento a fim de ficar todo o tempo com ela. Tudo o que Lucy faz de errado, cada mentira que diz ou cada angústia que sente afetam Vida, às vezes fisicamente. E, da mesma forma,sempre que Lucy está bem consigo mesma, sempre que está feliz, Vida tora-se quase reluzente. Ao longo do livro, Lucy passa por diversas saias juntas por conta de suas mentiras e vamos percebendo que apesar dos 3 anos passados, ela ainda não superou o fim do namoro de 5 anos com Blake. Bem, o fato de ele ter um programa de TV semanal (o qual ela não perde por nada, embora negue) não ajuda muito, né?!
Vida, por diversas vezes é quem coloca Lucy em situações de perigo no que diz respeito às suas mentiras para forçá-la a dizer a verdade. E.... ah como é engraçado!
Quanto ao romance, porque SEMPRE tem um romance, Lucy acaba ligando para um número errado e, após se desculpar pelo engano, acaba jogando papo fora como estranho encantador e passam a trocar torpedos. É divertido acompanhar os diálogos entre eles. A expectativa de que algo aconteça, bem como a decepção pela indecisão de Lucy dão um tempero à história.

“Sua familiaridade me intrigou.
- Eu poderia ser uma mulher desdentada e casada, com dez filhos e um tapa-olho.

- Cristo, você é uma mulher?

Eu ri.

(...)
- Você disse Don Lockwood? – perguntei lentamente.
- Sim, por quê?
Eu engasguei.
- Você está brincando?
- Não. Nascido e criado. Na verdade, é mentira. Me chamaram de Jacinta e então descobriram que eu era um menino. É muito mais fácil dizer a diferença agora, eu lhe garanto. Mas por que a surpresa? Esse não é um número errado, afinal?” (páginas 70 -71)

Com a ajuda de Vida, Lucy vai tentar desfazer as mentiras que cultivou nos últimos 3 anos e tentar  seguir em frente. Don (o número errado) será uma peça importante nessa etapa de sua vida, mas, uma das coisas mais difícil será tentar entender o desprezo de seu pai. Eles nunca tiveram uma relação muito boa, mas, Lucy é nitidamente a ovelha negra da família. Irmã de um cirurgião plástico e um advogado (como o pai), Lucy sente que nunca é boa o suficiente para a família Silchester, ainda mais trabalhando como tradutora de manuais de eletrodomésticos. Uma reles mortal em uma família de pessoas bem sucedidas.

“Desisti da minha vida por um tempo, mas o que aprendi é que, mesmo quando isso acontece, e especialmente quando isso acontece, a vida nunca, jamais, desiste de você. A minha não desistiu.” (página 383) 

****
Como eu disse, achei essa história de haver alguém que é sua Vida e que, é diretamente afetado por suas ações e sentimentos, um pouco complicada. No início da leitura, demorei um pouco para entender o que estava acontecendo, afinal.
Claro que, a escrita da autora sendo tão agradável, ajudou muito, mas mesmo assim achei a premissa do livro bem estranha. A protagonista precisou encontrar pessoalmente sua vida para dar um jeito em tudo de errado que havia feito, ou seja, sozinha ela não tomaria tal iniciativa. Sei lá... eu esperava mais do livro. A leitura é agradável, flui facilmente, mas não me convenceu. Sinceramente. Isso parece estranho, uma vez que tudo que é livro com criaturas místicas e sobrenaturais me convencem facilmente. Não sei explicar o por quê. Haha

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

28 comentários

  1. Achei interessante a resenha pois foi a primeira que leio cuja opinião não é totalmente positiva em relação a este livro. Li recentemente P.S. Eu Te Amo e foi meu primeiro contato com a escrita da autora. Apesar de ser um livro bem levinho, achei deliciosa a narrativa dela. Apesar da história meio "viajante" de A Vez da Minha Vida, acredito que vai me agradar, só não sei se mais que o P.S. hehe...

    bjs
    livrolab.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. já vi algumas resenhas deste livro, e tenha a impressão dele ser estranho :P
    não intendi direito este negocio de encontro com a vida :S
    porém, como só vejo resenhas positivas deste livro, quero muito ler!

    ResponderExcluir
  3. Uaaaal! Esse livro parece ser realmente muito interessante. De verdade mesmo, despertou minha vontade de ler.

    ResponderExcluir
  4. Estou louca de vontade de ler esse livro. me apaixonei pela Cecelia quando li P. S. Eu te amo. Com certeza eu vou comprá-lo. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Já vi opiniões positivas e negativas sobre esse livro, mas a escrita dessa autora com certeza é muito boa.
    Concordo que a premissa é um pouco confusa, mas parece valer a pena.
    Adorei a resenha e amei as quotes que escolheu, deu pra ter uma boa noção da escrita da Cecelia.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Nossa Mandinha então somos duas (loucas)pelas leituras fantasticas sobrenaturais.Seri sou fascinada pelo mundo onde exista lobisomem,vampiros,bruxos(as) e assim por diante...Faz pouco tempo que aderi este tipo de leitura com a qual você fez uma resenha excelente.Já haviam me apresentado ao livro,mas não senti aquela pontada(você sabe do que digo)de ler.Mas confesso que depois de sua resenha me sinto obrigada a ler este livro(kkkk).
    Adorei o jeito que você explicou sobre sua ansiedade sobre ele e como ele lhe atingiu.
    Parabéns pela resenha.

    Beijokas Ana Zuky

    http://sanguecomamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li esse livro mas já resenhas e comentários diversos. Assim, vou ter que ler o livro e tirar minhas próprias conclusões. gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir
  8. UAU receber cartas diretamente da minha Vida hein..rsrs deve ser o máximo esse livro.Adorei sua resenha vc tem uma maneira divertida e cativante de escrever *-* Bjs

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha, quero muito ler este livro :D

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha, estou esperando esse livro agora, mais um pra minha lista de leitura!!!

    ResponderExcluir
  11. Gostei da resenha e estou curiosa para ler o livro .

    ResponderExcluir
  12. Eu estou simplesmente desesperada para ler esse livro! Sério! hahaha

    http://adolescencia-eterna.blogspot.com.br/ -> visitem meu blog! :D

    ResponderExcluir
  13. Aii que lindo.. amei a resenha e o livro é do jeitinho que eu amo

    ResponderExcluir
  14. Acho que todo mundo tem um pouquinho de Lucy em si, quero ler e descobrir como ela lidou com a sua vida. Você resenhou muito bem, conseguiu me deixar ansiosa pela leitura.

    ResponderExcluir
  15. Gosto de resenhas que apresentam os pontos positivo e negativos de determinado livro. Por incrível que pareça, isso me faz ter mais vontade de ler o livro, talvez pra concordar ou discordar do resenhista, talvez porque eu seja "do contra" hahah.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Primeira resenha que eu vejo em que a leitora não amou totalmente o livro ahauhauah, mas ainda quero muito ler!
    beeijo!

    Letícia - Céu de Letras

    ResponderExcluir
  17. Na sua resenha deu pra perceber o quanto você foi sincera. Não sabia muito sobre a história do livro e pareceu um pouco confuso mesmo, mas eu quero muit ler pra tirar minhas próprias conclusões.
    Adorei esse quote: “Desisti da minha vida por um tempo, mas o que aprendi é que, mesmo quando isso acontece, e especialmente quando isso acontece, a vida nunca, jamais, desiste de você. A minha não desistiu.”

    Beijos,
    Claudia F.
    Palavras (In)certas

    ResponderExcluir
  18. Serio tenho minhas duvidas com esse livro, porque me conformei que o livro é um saco (quase todas a resenhas que leio falam que o livro nao é grande coisa) quem sabe futuramente eu nao leia e tirei (ou nao) essa ideia da minha cabeça

    ResponderExcluir
  19. Nossa, esse é um dos livros que mais estou ansiosa pra ler em 2013!!

    ResponderExcluir
  20. é a segunda resenha que leio desse livro, to querendo muito ler. e oq vc esperava a mais do livro? a sinopse deixa bem clara que a premissa é essa. souo contrario de vc, nãogosto de coisas sobrenaturais e me apaixonei por esse.

    ResponderExcluir
  21. esse livro é tao leve,me senti envolvida pelas passagens q vc colocou,mas fico triste por ele nao ter te envolvido tanto.mas ainda assim acredito q ele vale a pena!

    ResponderExcluir
  22. eu estou doida pelo livro, a autiora tem um jeito leve de escrever e encantar, sem falar que suas histórias são emocionante e fazem com que se repense diversos conceitos que temos

    ResponderExcluir
  23. Adoro a autora. Depois de ler 'Ps eu te amo', fiquei esperando os próximos livros dessa autora maravilhosa e emocionante. Agora temos 'A vez da minha vida' e sei que outro já está chegando.
    Ela escreve do jeito que gosto, carregando no sentimento e me fazendo refletir. Tomara que vire filme tb!

    ResponderExcluir
  24. Legal. Não sou tão fã de romances, porém achei a história interessante. E a autora... bem, a autora tem uma ótima fama, não? Se tiver oportunidade, lerei.

    ResponderExcluir
  25. A vida ou a consciência? Mas a literatura é assim mesmo, percorre caminhos irreais. E trinta anos é uma idade em que a pessoa faz mesmo um balanço do que conquistou e do que quer conquistar. Deve ser um livro bem legal! Beijos

    ResponderExcluir
  26. A vida, receber cartas da vida dela? É meio estranho sim, também concordo com vc. Também acho que vou ter dificuldade de entender a lógica desse livro. Mas a autora é ótima, espero que um dia leia esse livro e entenda.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)