22 de fevereiro de 2018

Na Telinha ou na Telona... #112

Olá gente lindaaaa!
Hoje vim falar de um dorama que comecei a assistir há um tempinho, mas que degustei em vez de devorar (e isso é raro de acontecer rs). Estou falando do dorama chinês "Boss and Me" (O Chefe e eu). E, sim, é aquele velho clichê de romance entre a funcionário e o chefe rico.
"Boss and Me", é baseado no romance "Shan Shan Comes to eat", de Gu Man, e foi exibido em julho de 2014

Sinopse: Baseado no romance muito popular da internet de Gu Man, a história fala de uma jovem garota bondosa chamada Xue Shan Shan que trabalha em um grande conglomerado. No entanto, um de seus pontos fracos é comer. Ela gosta de comer, e ao descobrir isto, seu chefe, Feng Teng, decide engordá-la intencionalmente. Acontece que ela tem o mesmo sangue de sua irmã, e, portanto, tem o motivo de fazê-la ser doadora de sangue. Daí a comédia segue derretendo o coração dele com o apetite excepcional e charme fofo dela

ELENCO PRINCIPAL:

- Zhang Han como Feng Teng (rico, educado e dono de uma mega empresa; tem uma personalidade bem fechada, mas ao se apaixonar por Shan Shan ela não se deixa ser influenciado por ninguém);
- Zhao Li Ying como Xue Shan Shan (garota pobre do interior que acaba sendo contratada como assistente contábil na grande e famosa empresa de Feng Teng, em Xangai);
- Huang Ming como Zheng Qi (melhor amigo de Feng Teng, também funcionário da empresa; é conhecido como "QI Perfeito", por ser lindo e inteligente, fazendo muito sucesso entre as mulheres);
- Li Cheng Yuan como Yuan Li Shu (amiga de infância de Feng Teng; tem um amor platônico e obviamente não correspondido por Feng Teng);
- Zhang Yang Guo Er como Feng Yue (irmã de Feng Teng);
- Shi An Ni como Xue Liu Liu (prima irmã da Shan Shan; uma jovem inteligente, mas sem muitas oportunidades que acaba se relacionando com um homem rico por pressão da própria mãe);
- Wang Ting como Lu Shuang Yi (amiga de Shan Shan; escritora de romances que tem os piores conselhos haha).

Minha opinião: Gostei!
Comecei a assistir esse dorama, porque estava procurando algo fofo, leve e despretensioso. Nada melhor que um bom e velho clichê, né?! Eu já havia visto postagens super positivas sobre ele em grupos sobre doramas no Facebook e quando dei play, me encantei.
Shan Shan é uma jovem simples e doce do interior que acaba de se formar em uma faculdade local. Não muitas expectativas quanto a carreira, já que Shan Shan não é super inteligente, mas ela acaba sendo contratada como assistente contábil em um grande conglomerado de Xangai.
E assim nossa mocinha do interior parte para a cidade grande e passa a morar no apartamento de uma amiga, Lu Shuang Yi, um escritora de romances.
Shan Shan possui um tipo sanguíneo super raro e, certa noite, poucas semanas após ser contratada e começar a trabalhar ela recebe um telefone urgente do hospital pedindo para que ela fizesse uma doação de sangue.
"Coincidentemente", a pessoa para quem Shan Shan doa sangue é Feng Yue, irmã de Feng Teng, dono do conglomerado em que trabalha. E assim Shan Shan conhece o chefão.
Apesar de doce, simples e muito ingênua, Shan Shan logo percebe que sua contratação não foi por acaso, ela foi contrata por possui o mesmo tipo sanguíneo raro que a irmã do chefe.

Mas sua relação com o chefe e a irmão não termina aí, a partir do dia seguinte a doação de sangue, Shan Shan passa a receber marmitas da irmã do chefe, como forma de agradecimento. E Shan Shan começa a almoçar todos os dias no terraço da empresa, sem imaginar que o chefe a observa. E é ao observar a garota almoçando sozinha, sempre radiante, que Feng Tengg se apaixona. É isso mesmo, nesse dorama clichê sobre o romance de uma funcionária pobre e o chefe ricasso foge um pouco a regra: é o chefe que se apaixona primeiro, enquanto Shan Shan só consegue vê-lo como o "chefão" (além de ter uma quedinha por Zheng Qi, amigo de Feng Teng).
Com o passar do tempo, Shan Shan passa a almo;ar com o chefe todos os dias, com a desculpa (do chefe) de que ela precisa tirar os legumes de suas marmitas. E, claro, o fato de uma simples funcionária almo;ar com o chefe, além de receber marmitas o gera todo tipo de especulação entre os funcionários (já que a doação de sangue feita por Shan Shan não é algo divulgado na empresa), deixando Shan Shan e uma situação bastante desconfortável.
Confesso que isso me incomodou bastante no início do dorama. Feng Teng está claramente interessado em Shan Shan, mas em vez de se aproximar dela de outro modo, acaba  dando a ela funções nada profissionais, como tirar os legumes de suas marmitas, atuar como sua acompanhante em uma festa de família, etc... E isso me pareceu, no início, uma "forçação de barra", já que ela não demonstrava interesse nele. Mas, com o passar do tempo, Shan Shan começa a ver o chefe com outros olhos, vendo aquilo que ninguém vê... acaba se encantando por ele também.
Uma coisa que eu achei bem bacana, além do fato de a mocinha não ficar correndo atrás do chefe, foi o fato de que, apesar de "forçar" algumas situações para ficar perto de Shan Shan, ao se declarar ele exige dela uma atitude. Ele não impõe seus sentimentos, ele fala sobre o que sente, mas exige que ela se posicione, que não aceite os sentimentos dele só porque ele os está oferecendo.
E aí começa o que podemos chamar de segunda fase do dorama, quando Shan Shan aceita os sentimentos do chefe e tem de lidar com as consequências de namorar um herdeiro e dono de um grande conglomerado, como a falação e a série de boatos sobre ela, as acusações de ser uma interesseira e etc.
Shan Shan é uma personagem adorável. Apesar de bastante ingênua e passiva em boa parte do dorama, ela amadurece ao longo dos episódios. Essa passividade da qual eu falo não significa que ela não questione certas cosas mas o problema (de modo geral em relação aos dois protagonistas e inclusive ao relacionamento deles) é que eles não conversam. Nossa, como eu "cuspi fogo" todas as vezes que Shan Shan estava magoada ou insatisfeita com algo, mas não dizia uma palavra sobre isso, preferindo sofrer em silêncio. Gente, se tem uma coisa que me tira do sério (na minha vida mesmo) é quando não há diálogo.
E o prêmio de falsiane desse dorama vai para Yuan Li Shu, amiga de infância de Feng Teng, que nutre por ele um amor não correspondido. Durante boa parte do dorama ela faz de tudo para evidenciar as diferenças (sociais, por exemplo) entre Shan ShanFeng Teng ou para fazer a garota ver que ela (Yuan Li Shu) combina mais com Feng Tang do que uma simples assistente contábil, etc.
Em diversos momentos eu não sei de quem senti mais raiva: da falsiane, por essas artimanhas para separar o casal, de Shan Shan por não perceber, ou por fingir não perceber; ou de Feng Teng, por não falar nada, por não querer magoar a amiga e, em consequência, acabar magoando Shan Shan.
Bem, gostei do crescimento da protagonista, do fato do desenrolar da história como um todo. As coisas de que não gostei foi a mudança da falsiane (que não me convenceu nem um pouquinho) e do jeito mandão de Feng Teng. Sério, odeio esse mocinho que se acham no direito de fazer as escolhas de outra pessoas (geralmente as mocinhas). Mas amei o fato de ele ter se apaixonado e, desde o início decidido investir em uma relação com Shan Shan mesmo com as diferenças entre eles e mesmo sabendo do "bafafá" que isso ia dar. Uma vez decidido, ele não voltou atrás e não se deixou influenciar por ninguém (nem mesmo a falsiane!). E uma coisa é certa, o casal é muito fofo!

Os 33 episódios (parece muito, mas passa voando!) estão disponíveis online e para download gratuitamente no Urameshi Downs.

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)