11 de agosto de 2014

RESENHA: Se eu ficar

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Gayle Forman
Número de Páginas: 224

Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Olá gente lindaaaaa!!!
Bem, todos você estão por dento de todo marketing que a Novo Conceito vem fazendo desse livro, principalmente devido a estreia da adaptação cinematográfica que ocorrerá no próximo mês. Assim que recebi a caixa com os lançamentos de agosto da editora, logo separei meu exemplar de "Se eu ficar", pois o livro merecia atenção imediata (furou uma extensa fila de leituras...). Não me arrependo da decisão. Se eu ficar é um livro curto, dramático, romântico...

Mia tem 17 anos, é uma musicista clássica e aguarda ansiosa por sua aprovação em Julliard, a famosa escola de música e artes cênicas de Nova York, embora isso abale um pouco seu relacionamento com o namorado. Por mais improvável que pudesse parecer há tempos atrás, Mia acabou se apaixonando por Adam, o guitarrista de uma banda em ascensão. A musicista clássica se rendeu ao charme do rock (ou pelo menos do roqueiro). 
Entretanto, a época em que sua maior preocupação era o futuro de seu relacionamento caso fosse aprovada em Julliard fica para trás quando Mia e a família se envolvem em um grave acidente de carro. 
"Grave, em inglês, significa "túmulo". O lugar para onde você vai quando as coisas aqui não estão dando mais certo." (página 46)
Em uma manhã que deveria ser como outra qualquer não fosse a grande quantidade de neve que caiu nas últimas horas. A aulas foram suspensa, pois muitas pessoas não conseguiriam sair de casa, assim, tanto Mia e o irmãozinho quanto o pai, que é professor, estão livres para curtir um dia de neve. Sua mãe também decide ficar em casa para passar o dia com a família e, juntos, decidem dar uma volta de carro, visitar um casal de amigos, os avós. Após poucos minutos na estrada, tudo muda. 
Após o acidente - que Mia mal presenciou, pois estava com os olhos fechados apreciando a Sonata para violoncelo nº 3 de Beethoven que tocava no carro -, ainda atordoada, Mia se encontra deitada em uma valeta na beira da estrada. Ao procurar pelos pais e pelo irmão nos destroços do carro, a realidade é dura demais. Os pais estão mortos, sem dúvida. Não há sinal do irmão em lugar nenhum e, o mais chocante: ela encontra o próprio corpo caído em uma valeta.
Sem entender o que está acontecendo, Mia acompanha o resgate de seu próprio corpo e é levada ao hospital. Quão desconcertante é se dar conta de que se está fora do próprio corpo, acompanhando todos os acontecimentos como um mero espectador? É assim que Mia se sente. O pior de tudo é não saber o que ela deve fazer a seguir.
Aos pouco Mia vai descobrindo que a decisão, no final das contas, é dela: se ela fica ou se vai para 'o outro lado'. Mas, como ela pode deixar para trás seus familiares, sua querida amiga Kim e seu namorado Adam (que tem a mania fofa de tentar aquecer a mãos frias de Mia <3)? Por outro lado, como ela pode ficar e viver uma realidade sem seus pais? Mia quase sente falta da época em que sua grande decisão girava em torno de Julliard.
"- Vocês podem achar que são os médicos ou as enfermeiras ou todos estes equipamentos que controlam o show - diz ela, gesticulando na direção dos aparelhos. - Nã-não. É ela quem controla o show. Talvez ela só esteja esperando a hora certa. Por isso, conversem com ela. Digam que pode usar o tempo que for necessário, mas que volte, porque estão esperando por ela." (página 70)
A história se passa em apenas 24 horas e é narrada em primeira pessoa pela protagonista. Entretanto, a narrativa é mesclada com algumas lembranças de Mia, um dia quente em família, rolando na lama e cantando em volta de uma fogueira. O primeiro encontro com Adam e o modo como ela se sentia meio deslocada em meio aos roqueiros, a relação que ela tem com a única amiga, Kim. O amor que ela nutre pelo irmãozinho (que é fofo demais, gente!). O pai (ex) roqueiro e a mãe suuuuuper alternativa. Uma família super linda que desmorona de uma hora para outra. 
"- Mas, falando sério, como a gente consegue acabar com o nervosismo?
Papai continuava sorrindo, mas posso dizer que ele tinha ficado sério porque diminuiu o tom de voz:
- Nós não conseguimos. Apenas aprendemos a lidar com ele. E aguentamos firme." (página 26)
***
Enquanto mia fica dividida entre partir com os pais ou ficar aqui sem eles, o leitor também fica dividido. Ao mesmo tempo em que é impossível não torcer para que ela decida ficar, para que ela acorde e conforte Adam e seus familiares, para que se conforte com eles, é difícil não se perguntar o que você faria se estivesse no lugar dela. Eu confesso que fiquei dividida durante toda a leitura, mas gostei bastante do rumo que a história parece ter tomado (sim, apenas parece!). Digo isso porque, como você sabem, o livro tem uma continuação e, Se eu ficar termia com um ótimo gancho para a sequência, mas ao mesmo tempo não dá para ter certeza sobre a decisão de Mia. Mal posso esperar para ler Para onde ela foi, que será lançado em setembro pela Novo Conceito.
Super recomendado!

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

15 comentários

  1. Aiiii, Amanda!! O livro está aqui ao meu lado e eu tentando ler outro que estava lendo antes de Seu Eu Ficar chegar... Agora ou eu morro de ansiedade ou pauso a leitura e pego logo nele hehehe
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Amanda
    Eu estou lendo no momento Se eu ficar é estou gostando. Pois é, tem essa sensação mesmo, ao mesmo tempo que quero que ela volte também penso se estivesse no lugar dela o que eu faria, pois é muito sofrimento. Estou ansiosa com o final.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  3. Amanda eu não resisti e acabei lendo esse livro em inglês um tempo atrás, a curiosidade me fez ler rss. ameiiiiiiiiii se tornou um de meus favoritos , história tocante onde a música tem grande importância na trama . Não vejo de ver o filme . beijos

    ResponderExcluir
  4. Amanda eu acabei de fazer essa leitura, e ainda estou digerindo os fatos, tentando descobrir como realmente me senti com relação a toda narrativa...acho que tive uma relação de amor e ódio.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. Oi Amanda

    Eu quero muito ler esse livro, principalmente por ele ter ganhado a adaptação para o cinema!
    Já comprei meu exemplar e vou ler logo!

    Super bjos
    http://www.i-likemovies.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu peguei um spoiler de Para Onde Ela Foi no Circuito NC. Por um lado foi bom porque tranquilizou meu coração pra continuar lendo, mas ao mesmo tempo já sei o que acontece, perde um pouco da emoção da expectativa. rs
    Como disse, é minha leitura atual, em breve termino pra dizer se gostei ou não.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  7. Oii,
    Sua resenha está belíssima. Eu estou morrendo de vontade de ler esse livro e graças a Deus, minha amiga blogueira, Taty-linda vai me presentear.
    Eu acho o livro muito interessante mesmo e chorei vendo o trailer, imagine lendo? Esse conflito de onde Mia vai escolher permanecer é o que me instiga e a forma como o leitor vai sendo inserido na trama! Morrendo de vontade de ler Se eu ficar e Para onde ela foi! hahaha <3

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com

    ResponderExcluir
  8. eu tenho que ir com menos sede ao pote, acho que to muito doida pelo livro e ha to com medo de decepção!
    mas deixo de lado os maus pensamentos, será uma leitura maravilhosa e de fortes emoções (espero!)
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda,

    Amei sua resenha e me emocionei muito com o segundo quote, caramba!!!! Mia, pela sua resenha, é uma querida e tenho certeza que me afeiçoarei a ela e à obra em sua totalidade.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não gosto de capas com pessoas, mas essa ficou muito bonita, igualmente a história pelo que parece, linda mesmo. Muito boa resenha, parabéns.

    Abraços
    http://pipocaradioativa.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Esse foi um dos livros que eu queria ter ganho no Circuito NC, mas eram tantas coisas boas que nem da pra reclamar hahaha
    Eu estou muiiiito curiosa com a história, porque gente, que decisão difícil a da Mia.
    Enfim, enfim.. espero conseguir ler antes da estreia no cinema =D

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi Flor!!!
    Eu li esse livro! Gostei muito, me emocionei do nada em algumas partes! Ele é bem emotivo! Mexeu comigo, eu torci o tempo todo para ela ficar - foi uma agonia e uma bela leitura!
    Adorei a resenha!
    Beijos!!!!
    Paulinha Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ai que aflição disso de você ter gostado do rumo que a história parece ter tomado, mas só parece! rs... Já tinha decidido ler esse livro só quando a continuação fosse lançada, e acho que tomei a decisão certa! Gostei disso da narrativa ser mesclada por lembranças, e estou bem curiosa para conhecer a história, mas vou me obrigar a adiar a leitura um pouquinho mesmo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Comprei o meu exemplar de "Se eu Ficar" essa semana, e estou super animada para lê-lo. Tenho lido maravilhas a respeito do livro, e já estou me preparando para chorar horrores :D
    Adorei!
    beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá Amanda, tudo bem?

    Vou comprar meu exemplar na Bienal (dependendo do valor que estiver lá) e rezar pro segundo ficar bem baratinho também hahaha.
    Estou muuuuuuito animada, pois logo logo o filme sai também!

    Beijo

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)