19 de fevereiro de 2013

RESENHA: O Resgate do Tigre

Editora: Arqueiro
Autor(a): Colleen Houck
Número de Páginas: 432

Sinopse: Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas. Além de lutar contra macacos d'água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos. Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey. Em O Resgate do Tigre, a aguardada sequência de A Maldição do Tigre, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une. Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página.
Olá gente lindaaaa!
Finalmente consegui ler a sequência de "A Maldição do Tigre". Ganhei o livro de presente de aniversário (em julho de 2012) e ele foi ficando pra depois, e pra depois.... bem, o fato é que não pude mais adiar e me recusei a passar qualquer outro livro de parceria na frente dele e.... UAU! 

Em "O Resgate do Tigre", Kelsey está tentando dar continuidade à sua vida, tentando viver como se não houvesse abandonado seu grande amor a milhares de quilômetros de distância, na Índia. Ela agradece mentalmente o Sr. Kadam todos os dias por tê-la matriculado em tantas disciplinas na faculdade, pois assim sobra menos tempo para ela pensar em seu tigre branco, mas.... não é fácil.
Mas, na tentativa de levar uma vida normal ela acaba embarcando em alguns 'encontros' que se mostram nada amorosos, muito pelo contrário, há sempre algo inusitado e, embora ela conheça um cara bacana, seu coração está na Índia.
"Por alguns instantes considerei a possibilidade de deixá-lo no chão ou colocá-lo no armário. Fiquei deitada imóvel, olhando o teto, tentando reunir forças para fazer isso. Minha decisão durou apenas cinco minutos e eu me repreendi pela fraqueza. Estiquei-me na cama, peguei o tigre de pelúcia e o aconcheguei junto ao peito, me desculpando pelo simples fato de ter tido tal pensamento." (página 46)
E o fato de Ren bater à sua porta meses depois de sua partida só faz deixá-la mais confusa. Mas ela sabe que seu coração é dele. Bem, é aí que acontecem as tantas cenas, diálogos e tudo de mais fofo deste mundo. Ren é um verdadeiro príncipe (literalmente, né?!). Carinhoso, apaixonado e cauteloso.
Mas, como tudo que é sólido pode derreter, essa fase de mar de rosas não dura muito, logo o malvadão da história resolve dar as caras, ou melhor, resolve mandar 'os caras' atrás de Kelsey, o que faz com que a confusão se arme, Ren é capturado e Kelsey tem que voltar para a Índia com Kishan a fim de encontrar mais um dos prêmios de durga e tentar desvendar a segunda parte da profecia para salvar Ren.
Durante algumas semanas, Kelsey se empenhou junto à Kishan a aprender artes marciais e controlar seu mais recém descoberto 'poder do raio', em outros momentos ajudava o Sr. Kadam a desvendar a profecia. Ela tinha de estar preparada para mais uma jornada, mas desta vez acompanhada de um tigre nego, não mais seu tigre branco.
Dispondo de 6 horas como humano, Kishan passava todo esse tempo lutando com Kelsey, fortalecendo-a, treinando-a... o irmão mais novo de Ren, que sempre viveu a sua sombra não é mais o tigre rabugento e cínico que Kelsey conheceu na floresta, é um homem forte e que está disposto a salvar o irmão, mas... será que essa convivência diária com ele será algo fácil?
"- Shh. Não fale. Sem palavras de protesto esta noite. Eu lhe prometo, Kelsey, que vou fazer tudo que puder para reunir vocês dois e tentar ser feliz por você, mas isso não significa que será fácil deixar de lado meus sentimentos.
- Tudo bem.
- Boa noite, Kells.
Ele me deu um beijo na testa, apagou a luz, saiu e fechou silenciosamente a porta de ligação entre os quartos."
(página 205)

Nesta nova jornada em busca de mais um presenta para a deusa Durga, Kelsey e Kishan enfrentarão criaturas extraordinárias e conhecerão o paraíso. Kishan é atrevido e aos poucos deixa de fazer investidas discretas em Kelsey e passa a ser mais confiante em relação a atração que parece existir entre ele. Mais um triângulo amoroso? É, parece que sim, mas Kelsey sabe que ama Ren, mas não quer magoar Kishan que já se sente 'desprezível' por ter 'causado' toda a maldição.
Ok, ok... Ren é o cara, mas se eu fosse escolher um deles, eu ficaria com Kishan. Eu adoro o jeito dele, as provocações dele e tudo mais, mas sou a favor do casal Kelsey + Ren. Eles têm tudo a ver. rs.
Esse livro tem muita ação, muitas aventuras na cultura indiana. Vários mitos e lendas de diversas outras culturas. Tem romance, tem suspense e tem um final de tirar o folego.
***
É claro que eu amei o livro. Muitos vão dizer que é o cúmulo do clichê o irmão gato do mocinho entrar na jogada e querer disputar o coração da mocinha, mas se tem uma coisa que essa série não é, é clichê. Colleen é criativa demais. Conseguiu criar uma história com personagens únicos, uma cultura exótica e uma narrativa que prende o leitor do começo ao fim.
falando em fim, os livros dessa série tem o dom de me deixar embasbacada no final. Em 'A Maldição do Tigre', Kelsey simplesmente vira as costas para Ren e volta para Oregon e, nesta sequência o final me deixou pasma, confusa, e... em prantos. Sim, em prantos. Eu não gostaria de estar na pele de Kelsey.
Um final  inesperado, irritante, odioso e.... ao mesmo tempo, indiscutível (parece que a nossa querida deusa Durga terá que se explicar no próximo livro!)
Se eu recomendo? Claro que sim! ;) E confesso que mal posso esperar para ler a sequência.

***
Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

2 comentários

  1. já vi muitas resenhas ótimas deste livro, e quero ler ele com toda a certeza!
    mas ele faz parte de uma serie com vários livross não é?

    ResponderExcluir
  2. Eu escolheria o Kishan também, mas a questão que se torna obvia no próximo livro é que Kelsey deve ficar com Ren, porque o coitado do Kishan só sofre e se ferra. =( Pelo menos eu achei.

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)