23 de julho de 2012

RESENHA: A Escolha

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Nicholas Sparks
Número de Páginas: 303

Sinopse: Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

Olá gente linda!!!!
Finalmente meu ritmo de leitura está melhorando e, por isso resolvi ler "A Escolha", do autor Nicholas Sparks. Quem me conhece sabe que eu ADORO os livros do autor, mas de alguma forma, ao mesmo tempo que você se surpreende em alguns momento (porque você realmente espera um final megaaaa trágigo, que pode não vir), você meio que prevê o desfecho da história (ou pelo menos parte dela). Talvez isso ocorra porque o estilo dos livros do Nick seja o mesmo. SEMPRE. Mas, ainda assim, sem conseguir explicar o porquê, eu ainda me delicio com a escrita do autor.

No início da história, em um breve prólogo, conhecemos Travis, no ano de 2007, prestes a fazer a escolha mais difícil e mais importante de sua vida, se perguntando até onde se deve ir em nome do amor.
"Somente mais tarde, depois de deixar as memórias tomarem conta de si mais uma vez, é que ele se permitiria imaginar o que aconteceria a seguir." (página 9)
 Em seguida, logo no primeiro capítulo, voltamos ao ano 1996, quando de uma forma bem engraçada ele conhece Gabby, sua vizinha destrambelhada que gosta de cães tanto quanto ele. 
Gabby tem uma cachorra e suspeita que esta pode estar grávida e, ela não tem dúvidas: com certeza isso foi obra do cão brutamontes do seu vizinho irresponsável. Ela mora na cidade a pouco tempo e mudou-se para ficar perto do namorado Kevin e, por isso e outros motivos, não tem amigos na cidade e nem ao menos teve o mínimo de contato com o vizinho (embora este tenha deiixado uma cesta de frutas à sua porta como presente de boas vindas quando ela se mudou). Mas, ignorando o fato de nunca ter conversado com o tal vizinho, Gabby, decididamente, vai até a casa dele esbravejar e exigir que ele se responsabilize explicar a situação de sua cachorra Molly. Em uma situação constrangedora e, no mínimo engraçada, Gabby volta para casa sem ter resolvido absolutamente nada e, o irresponsável do vizinho ainda teve o cinismo de "sugerir" que ela levasse a cachorra ao veterinário para ter certeza se a mesma estava realmente grávida. Apesar de hesitar por algum tempo, Gabby acaba acatando a sugestão e.... adivinhem só que é o tal veterinário? ahhahah
Apesar de se conhecem de forma nada convencional e, apesar de serem tão diferentes - ela, a típica boa moça que sempre segue as regras, gosta de estabilidade... ele, aventureiro, gosta de se arriscar e explorar o que a vida tem pra oferecer - ainda assim, ele começam a se entender...
"Ela riu. - Você é engraçado.

- Eu tento ser - disse ele e, por um instante, ela o visualizou apoiado no balcão de um bar, dando a mesma resposta a uma mulher atraente, o que lhe deu a vaga impressão de que ele estava flertando com ela." (página 83)
Gabby não consegue negar que Travis exerce uma suuper atração sobre ela, com todos aquele músculos....  e Travis por sua vez, não consegue tirar os olhos dela e não para de pensar nela e.... eles se apaixonam. Simples assim. sabe o mais IMPROVÁVEL de tudo isso? Numa quinta-feira, ao telefone com o namorado Kevin (que está viajando a trabalho), Gabby diz que o ama (apesar de se sentir culpada por se sentir atraída por Travis) e, num passe de mágica, no dia seguinte, ela se vê apaixona por Travis. Não estou dizendo que essa situação é IMPOSSÍVEL, mas se apaixonar de um dia para o outro é demais até mesmo para o Nicholas Sparks, né?!
Bem.... após ter consciência da REVIRAVOLTA de seus sentimentos, Gabby tem que fazer uma escolha: fica com o namorado Kevin, com o qual sempre achou que iria se casar (embora ele nem tocasse no assunto "casamento") ou Trevis, o vizinho desconhecido, lindo e sensual...
De volta ao ano de 2007...
"Mas se houvesse uma pessoa capaz de responder a qualquer pergunta, Travis perguntaria o seguinte: até onde uma pessoa deveria ir em nome do amor verdadeiro?" (página 217)
*****
O ponto negativo do livro (mas acho que é característica do Nick) foi essa paixão avassaladora de uma dia para o outro. Mas.... me apaixonei pelo Travis, lógico! ^^
E tem a irmã dele que é uma das personagens mais interessantes do livro, com um senso de humor ácido, engraçado e inconveniente.... mestre em deixar as pessoas desconfortáveis! haha Confesso que não topei muito com a Gabby, não, mas... em certo ponto dá para entender a chatice dela, é por conta do efeito "arrebatador" que Trevis tem sobre ela (suspiros).
Em alguns momentos tudo parece muito previsível, mas... errei minhas previsões VÁRIAS vezes. E quando o livro estava quase no fim, já esperava pelo desfecho trágico iminente e fui surpreendida. Conclusão: me rendi novamente às palavras do nosso querido Nick. Recomendo!

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

20 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Esses dias comprei esse livro pra dar de presente. Adoro os livros do Nicholas! São sempre tão emocionantes *--*
    Esse também não parece que é diferente!
    Amanda, tem um selinho pra você no meu blog. Espero que goste.

    Beijos.
    http://vendesecadeiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Amanda! Estou ansiosa para ler A Escolha! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha.
    Ganhei este livro em um sorteio estou na espera para poder ler..rsrs

    Bjos

    http://tempestadedeinformacao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ahh, Mandinhaa, nem sempre o Nick nos traz uma desfecho trágico para suas histórias ^^ Já li pelo menos uns 3 com finais 100% felizes rs Ento, juro que ao contrário de todo mundo, nunca sei o que esperar, fico sempre na dúvida, morre... não morre! haha Tenho a impressão de que o final desse livro é feliz (yay)!
    Entendo que talvez seja um pouco difícil mesmo acreditar nesse amor relâmpago, mas ainda assim é tão gostoso de ler. Adoro a narrativa do Sparks!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Só li dois livros do Nicholas (um final feliz e um final trágico) e gostei bastante do que li. Achei a história do livro bem interessante, parece ser um romance mais leve e que nos prendem durante um dia inteiro, né?

    ResponderExcluir
  7. Estou interessada nos livros deste autor, porque tenho lido muitas resenhas positivas a respeito de seus livros.

    ResponderExcluir
  8. Vivo entre o amor e o ódio com o Sparks...ou eu amo o livro...como Querido John que eu amei, a escolha pela resenha me parece uma história de amor com humor (pelo menos no começo) o que eu adoro...

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que o grande segredo do sucesso de Nicholas Sparka é que apesar de sabermos mais ou menos o que vai acontecer e de todo mundo dizer que é sempre a mesma coisa, ele escreve muito bem e sabe exatamente como envolver o leitor.

    ResponderExcluir
  10. Estou ansiosa para ler esse livro!

    ResponderExcluir
  11. ainda não li este livro. adoro os livros do nicholas, mesmo sendo clichês, e este não deve ser diferente. espero não me descepcionar!

    ResponderExcluir
  12. Já estava ansiosa para ler este livro antes mesmo de me deparar com a sua resenha, agora a ansiedade aumentou mais ainda! hehe

    Parabéns pelo post!

    http://leitoraassidua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. A resenha ficou bem legal! Quero ler esse livro o quanto antes, e é bem como você disse em sua resenha: muitas vezes tentamos prever o que vai acontecer e achamos que sabemos e... Pimba! Erramos, haha. O Nicholas escreve super bem!

    ResponderExcluir
  14. Gosto de livros estilo flashback e gosto do Sparks, apesar de ser previsível as vezes. Nada como um bom romance, cheio de reviravoltas e surpresas!

    ResponderExcluir
  15. Acho o Sparks repetitivo, sim. Mesmo assim não deixa de ter seu brilho. Seus livros são roteiros de sessão da tarde, mas que valem umas lágrimas e uns momentos de romantismo... Gosto dele mesmo assim!

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada do Sparks e estou doida para ler!
    Sei que esse livro não é o que as pessoas mais comentam como sendo bom! Mas quero muito ler!

    ResponderExcluir
  17. Essa semana terminei de ler o meu primeiro livro do Sparks, "Um Homem de Sorte". Gostei bastante da narrativa dele, e sei que ele segue mais ou menos um estilo em seus livros. Como já sabia dessa fama que ele tem de deixar tragédias em suas obras, já fui preparado para o pior, mas não é que gostei do desfecho!!! Rsrsrs
    Quero muito continuar lendo as obras dele, e achei a história de "A Escolha" interessante. E pra variar, tem um cachorro no meio, né?!?! Rsrsrs

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  18. Gosto muito do Sparks, mas ainda não li esse livro :)

    beijos,
    Letícia - umceudeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Ah, tenho uma vontade enorme de ler esse livro! Mas até hoje nunca li um livro do Nick... não me julge! haha'

    ResponderExcluir
  20. Adoro os livros do Nicholas *-* Já li dois até agora, e amei! Este eu ainda não li. Me parece bem interessante e envolvente, como todos dele.
    Torcendo aqui com uma enoorme vontade de ler. :)

    @tairine_m

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)