14 de abril de 2011

RESENHA: E Se Fosse Verdade...


Editora: Bertrand
Autor: Marc Levy
Número de Páginas: 256

Sinopse: E se Fosse Verdade... é uma história repleta de romantismo e bom humor, ingredientes que cativaram Steven Spielberg, fazendo-o adquirir, por US$ 2 milhões, os direitos do livro para o cinema. Marc Levy viu seu romance de estreia se tornar um grande sucesso de bilheteria.
A história se passa em São Francisco, em julho de 1996. A jovem e bela Lauren, estudante de medicina, sofre um acidente de carro, entra em coma e vai parar no mesmo hospital onde trabalha. Apesar de seu estado, Lauren consegue, espiritualmente, voltar para o seu antigo apartamento. Lá, encontra Arthur, o arquiteto que é o novo morador do imóvel e a descobre no armário do banheiro ao ir tomar banho. Ele é a única pessoa que consegue vê-la, ouvi-la e senti-la.
Inicialmente se recusando a acreditar na história de Lauren, Arthur só fica convencido de toda a verdade quando vai até o hospital e a encontra desacordada. A partir daí, ele vai fazer o impossível para ajudá-la a voltar ao seu estado natural.
*****
Imagina você... se mudar para um apartamento alugado e depois de desencaixotar tudo, o que mais deseja é um delicioso banho de banheira, né... mas tem um barulho suuper estranho vindo do armário do banheiro e você resolve ver o que é....  Você esperaria encontrar qualquer coisa, menos uma mulher cantarolando!
E foi exatamente o que aconteceu com Arthur! A princípio, ele imaginou que Lauren fosse uma doida, desequilibrada que tivesse invadido o apartamento. o que qualquer pessoa imaginaria! ¬¬, mas ela veio com uma história louca de que ele era o único que podia vê-la e ouvi-la... que estava ali desde quando ele chegara ao apartamento, vários dias atras e blá, blá blá...
Uma história bem divertida e incomum.... e quando Lauren consegue finalmente lhe contar sua história tudo muda... ela sofreu um acidente de carro há seis meses e desde então está em coma em um hospital (onde ela era residente de medicina!), ele não acredita óbvio, mas aos pouco se convence de que tudo é verdade.
A situação só piora quando Lauren descobre que vão fazer uma eutanásia (desligar os aparelhos que a mantém viva, ainda que inconsciente).. e Arthur elabora o plano mais louco possível para salvá-la, é a única solução!! Ele TEM que roubar o corpo de Lauren do hospital!! E é exatamente o que ele faz, com a ajuda de Paul, seu melhor amigo, que acha que ele está louco!!
E é a partir desse momento que começa uma história de amor.... sincera e intensa, entre um homem e um alma! o.O??? Que?? É... é isso mesmo!!!
O que você faria se fosse Arthur? E se Lauren acordasse do coma?... e... se ela lhe perguntasse: "Quem é você?"...

*Bem.... eu simplesmente AMEI o livro! Eu já havia visto o filme que tem como personagens principais Reese Whiterspoon e Mark Ruffalo. No filme há algumas diferenças (óbvioooo), inclusive o nome das personagens - Elizabeth e David, entre outras coisas, mas é tão divertido quanto o livro!
*****
*****
Mas o filme é baseado no livro "E se Fosse Verdade" e em sua continuação "Encontrar você...", que eu não li ainda, mas lerei em breve! (assim que terminar de ler "Água para Elefantes)
A história é bem engraçada e romântica, claro! ... E tem aquelas frase lindas que EU adoroooo!!!
Algumas delas são:

"Enquanto se calcula, enquanto se analisam os prós e contras é que a vida corre e nada ocorre." 

"A solidão é um jardim onde a alma seca, e as flores que nele crescem não têm perfume."

"Nada é impossível, só os limites de nossas mentes definem certas coisas como inconcebíveis."
Classificação:

São lindas ou não??????....Espero que gostem!!

Beijos e amassos!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)