10 de dezembro de 2015

Na Telinha ou na Telona... #51

Olá gente lindaaa!
Hoje é dia de falar de mais um dorama. Ebaaaaa!!!
Eu terminei de assistir esse dorama há um tempinho, mas só agora consegui realmente escrever sobre o k-drama. Secret Garden foi transmitido entre novembro de 2010 e janeiro de 2011 e ganhou uma série de prêmios.
Vamos conhecer mais essa produção coreana?

Sinopse: Kim Joo Won (Hyun Bin) é um excêntrico presidente de uma grande loja de departamentos; Gil Ra Im é uma mulher determinada e segura de si. Ela trabalha como dublê em filmes de ação. O que esses dois têm em comum? Exatamente nada, mas Ra Im chama a atenção de Joo Won. Desde a primeira vez que ele a vê, ele não se conforma com o modo como ela vive e passa a importuná-la. A antipatia parece ser mútua e os dois, toda vez que se encontram, acabam discutindo. Ra Im tem uma admiração muito grande por Oska (Yoon Sang-hyun), um cantor mulherengo, mas que esconde um grande amor dos tempos que ainda não era famoso. Im Jong Soo (Philip Lee) vive o chefe da Ra Im que, ao tudo indica, arrasta um bonde pela nossa heroína (e é muito gato). Yoon Seul (Kim Sa Rang) é a pretendente que quer de qualquer jeito conquistar o coração do excêntrico Kim Joo Won. Um belo dia, devido à gravação de um clipe do cantor Oska, todos vão parar na Ilha de Jeju e Joo Won e Ra Im acabam se perdendo durante uma corrida de bicicleta e vão parar num lugar chamado "Jardim Misterioso". Lá encontram uma mulher estranha que oferece comida aos dois. Ra Im se interessa em saber qual tipo de bebiba a mulher prepara, e ela dá duas garrafas da bebida para a Ra Im. Acontece que o Joo Won acaba pegando uma dessa garrafas por pura birra e a leva com ele. Mais tarde, eles acabam tomando a bebida e vão dormir...Só que no dia seguinte, ao acordarem, descobrem que algo de muito estranho aconteceu com eles e ficam literalmente apavorados.
P.S.: Sinopse retirada do blog Divaneandoo.


ELENCO PRINCIPAL:

- Ha Ji Won como Gil Ra Im (jovem humilde que ganha a vida como dublê; apesar da força e da profissão nada feminina, é uma garota sensível);
- Hyun Bin como Kim Joo Won (CEO de uma grande impresa - claro -; um tanto egocêntrico e arrogante; sofre de claustrofobia desde eum incidente do qual não se lembra);
- Yoon Sang-hyun como Choi Woo Young / Oska (Um famoso cantor coreano e, também, primo de Joo Woo; super excêntrico e engraçado; 
- Kim Sa Rang como Yoon Seul (ex-namorada de Oska; roteirista e diretora);
- Yoo In Na como Im Ah Young (melhor amiga de Ra Im; uma ffura de pessoa);




Minha opinião: adorei!
Secret Garden é o tipo de dorama engraçadinho, com um mocinho mais cômico do que qualquer outra coisa, capaz de arrancar boas risadas.
Apesar de não ter morrido de amores pelo mocinho (vulgo Joo Won) por conta de sua personalidade excêntrica e arrogante, não pude deixar de rir das várias situações em que a protagonista o tirou de sua zona de conforto.
O que mais gostei nesse dorama foi o fato de a protagonista ter uma profissão tão diferente (e por que não falar "masculina", principalmente em se tratando da Coréia): ela é dublê. Isso mesmo, nada de fragilidade, Gil Ra Im gosta mesmo é de adrenalina correndo nas veias.
Após um mal entendido, em que Joo Won arrasta Gil Ra Im para um hotel, confundindo-a com a atriz principal do filme para o qual ela gravava algumas cenas de ação, o CEO egocêntrico acaba se encantando pela garota.
Acho que "se encantar" não é bem o que acontece. Ele fica curioso para saber mais sobre uma garota tão diferente, que vive em um universo tão diferente do dele, que não parece em nada com as mulheres que conhece (e com as quais sua mãe insiste que ele se encontre). A partir desse encontro, Joo Won passa a praticamente perseguir e importunar Ra Im
Durante uma viagem para a gravação do videoclipe do cantor Oska (que por coincidência, ou não, é primo de Joo Won), nosso casal acaba se encontrando novamente e, por teimosia do destino, acabam se perdendo durante uma corrida de bicicleta e, com isso encontrando um pequeno restaurante no meio do nada. Até aí tudo bem, mas mais tarde, ao beber uma estranha bebiba recebida da dona do restaurante algo inusitado acontece: no dia seguinte Joo Won e Ra Im estão com seus corpos trocados.
Ao contrário do que acontece em muitos filmes, em Secret Garden a troca não dura durante o dorama inteiro, mas também não acontece uma única vez, de modo que o casal protagonista acaba se aproximando, uma vez que sabem que mais cedo ou mais tarde a troca de corpos pode acontecer novamente.
E como já é de se esperar de um dorama onde há um cara rico e uma mocinha pobre, é claro que tem uma megera: a mãe de Joo Won. Ô mulherzinha desprezível! Preciso dizer que a atriz Park Jun-Keum sabe interpretar um papel de megera como ninguém, quem já assistiu a atuação dela em The King of Dramas, Emergency Couple e Mask (postagem em breve) sabe bem disso.
Por falar em atuação, não posso deixar de elogiar a performance dos protagonistas. Não deve ser fácil interpretar duas personalidades diferentes, mas eles fizeram isso com maestra.
Quando ocorria a troca de corpos, até mesmo o modo de falar, de andar e se portar eram alterados. Ótima atuação.
Outro ponto positivo é a analogia feita com a história da Pequena Sereia, não a versão romantizada da Disney, mas o verdadeiro conto (que não tem um final nada feliz).
Enfim, Secret Garden trata-se de um dorama que reúne fantasia, romance um pouco de mistério (principalmente envolvendo o acidente sofrido por Joo Woo, anos atrás), muitas cenas engraças protagonizadas por esse personagem tão excêntrico e, também, um pouco de drama (chorei horrores com algumas cenas dos capítulos finais). Falando em excentricidade, preciso dizer que meu personagem favorito (por conta de sua extravagância e também de sua história frustrada de amor) foi o primo de Joo Woo, conhecido como Oska. Ri muito com ele!

Bem, se eu escrever mais, vou acabar dando com a língua nos dentes e contando tudo, aí perde toda a graça, né?!
Se tiverem interesse em assistir, os 20 epísódios estão disponíveis online (e com legenda em português, claro) no Viki.com.

E termino essa resenha indicando algumas músicas da trilha sonora (as que eu mais gostei): You are my Everything (Jung Ha Yoon ), You are my Spring (Sung Si Kyung) e Here I Am (Yoon Sang Hyun).

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!

2 comentários

  1. Oi Amanda, tudo bom? ((:
    Já fazia um tempinho que não passava por aqui e, meu Deus, como o blog tá lindo! Parabéns! *---*

    E é claro que fiquei super feliz de chegar aqui no seu cantinho e já me deparar com um post lindo de um dorama super amorzinho <3
    Assisti "Secret Garden" já tem uns anos - inclusive foi o primeiro dorama que eu comentei lá no blog! -, mas ainda me lembro de como gostei, ri e me emocionei com a história.
    A atuação do casal principal quando estavam de corpos trocados era simplesmente incrível e eu morria de rir do Hyun Bin encarnando sua mulher interior durante a atuação XD kkkkkkkkk.
    Também me lembro que esse foi um dos únicos dramas que conseguiu me fazer chorar... ou o mais próximo disso u_u - sou só um pouquiiinho coração de pedra, kkk.

    Gostei muito da história e da forma como passado e presente se entrelaçaram e como a história foi amarrada em um todo, sem deixar pontas soltas.
    Ótima indicação! Deu até vontade de assistir tudo de novo *-*

    P.S: "Secret Garden" também está disponível no Netflix ^-^

    Um super beijo e um ótimo final de semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafaa!
      Tu á sumida, hein?! Só te perdoo pq eu também estou haha.
      Fico feliz por você ter gostado da carinha nova do blog. ^^
      Menina, sério que tem Secret Garden no Netflix?? :O A-D-O-R-O! Obrigada pela informação.

      Beeeeeijos!

      Excluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)