1 de fevereiro de 2012

RESENHA: Confissões de um Turista Profissional

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Kiko Nogueira
Número de Páginas: 94

Sinopse: Apesar de Kiko e Jota Pinto se parecerem um pouco fisicamente e andarem tão juntos que já são quase uma coisa só (os dois tem a mania insuportável de fazer uma vozinha macabra e fina que geme histericamente quando alguém conta algo tedioso), a maneira como conheci o primeiro é completamente diferente da maneira como conheci o segundo. O Kiko, eu conheci num bar da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é primo de um amigo do amigo de um ex-namorado meu, que na época não era nada meu e nem estava na mesa porque eu ainda namorava o primo dele, que não era amigo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Kiko se interessou em ler alguma coisa, daí mandei alguns textos e ele adorou. Começamos a trocar uns e-mails e nunca mais paramos. Hoje temos uma linda amizade. (intelectual, espiritual, fraternal) e um dá muita força pro outro: ele publica tudo o que eu escrevo e eu falo que ele aparenta ter 28 anos. Já com o Jota Pinto a coisa se “deu” completamente diferente. Nós nos conhecemos numa balada da Vila Madalena, há uns 7 anos. Ele é amigo de um primo do amigo de um ex-amigo meu, que na época era namorado, mas que nem estava na mesa porque eu o estava chifrando com o seu melhor amigo, que não era primo de ninguém. Acho que é isso. Falei que eu escrevia e o Jota Pinto se interessou em ler alguma coisa, daí mandei um material e ele achou tudo uma grande droga. Começamos a trocar uns e-mails nos xingando e nunca mais paramos. Hoje nutrimos um ódio especial um pelo outro (intelectual, espiritual, fraternal) e no que podemos atrapalhar a vida um do outro, atrapalhamos: ele não publica quase nada do que eu escrevo e eu simplesmente falo a verdade.
Olá gente linda!!
Bem, estão afim de ler um livro em uma horinha e dar boas risadas? Então este é O LIVRO certo!

O livro reúne diversas crônicas feitas pelo autor Kiko Nogueira sob seu pseudônimo Jota Pinto Fernandes que foram publicadas na revista de viagens "Viagem e Turismo".
A obra dispõe de 27 crônicas (super curtinhas) dinâmicas e bem humoradas, nas quais Jota Pinto fala sobre diversas cidades turísticas e diversas "manias" e hábitos adotados pelos turistas e viajantes.
"Esta coletânea traz as crônicas de Jota Pinto / Kiko sobre o mundo. Um mundo que, nas reportagens e jornais de turismo, é cor-de-rosa. Mas que, na vida real, pode ser melhor."
 Kiko, ou melhor Jota, dentre os diversos assuntos "turísticos" que aborda, fala sobre a mania que o turista tem de sair comprando tudo, coisas que jamais serão usadas, como aqueles artesanatos no Nordeste e por aí vai. É impossível não concordar com certas abordagens e rir de quase tudo. Há críticas bem explícitas em relação aos EUA (Nova York, Orlando....) que são destino certo para muitos viajantes.
"Quem precisa de Orlando, uma cidade de mentirinha, onde tudo da certo?" (página 53)
"Orlando é tão artificial quanto Brasília. Com a diferença de que em Brasília os atores são mais canastrões, os políticos são mais palhaços e as coisas dão errado. Mesmo!" (página 54
Mas, na minha opinião, a melhor crônica é a "Selva de Pedra", onde o autor critica as famosas obras aquitetônicas SEM ESPAÇO PARA VIDA VEGETAL do arquiteto Oscar Niemeyer.
"Por qualquer ângulo que se olhe, Oscar Niemeyer é um fenômeno. Aos 430 anos, ele ainda é comunista e ainda assina projetos grandiosos." (página 84)
E aquela famosa divisão de classes nos aviões?? Quem nunca se sentiu "inferior" ao passar pelos corredores do avião e notar a prepotência dos passageiros da primeira classe? Pois é, Jota tem a solução para tal problema:
"Pode até ser justo que quem pague mais fique nos melhores lugares, mas quem está falando de justiça? Estou falando de inveja, mesmo. Vamos invadir o espaço da turma da frete." (página 82)
 *****
Sério, se você tem um parente ou um amigo que NÃO gosta de ler, mas adora viajar, este livro é um ótimo presente!! A leitura é bem rápida e divertida (apesar de não ser meu gênero favorito). Enfim, eu recomendo, sim!

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)