6 de setembro de 2018

Na Telinha ou na Telona... #137

Olá gente lindaaaa!
Em julho eu fiz resenha do dorama "Age of Youth" (Idade da Juventude), também conhecido como "Hello My Twenties!" e disse que mal podia esperar para conferir a segunda temporada (principalmente porque segundas temporadas de doramas é algo raríssimooo). Pois bem, cá estou, trazendo nada mais, nada menos que a resenha de "Age of Youth 2". E, sim, mal posso esperar pela terceira, quarta, quinta.... temporadas. Coréia, nunca te pedi nada!

"Age of Youth 2" foi exibido pela emissora JTBC de 25 de agosto a a 7 de outubro de 2017.

Sinopse: Se passa um ano depois da primeira temporada de Age of Youth. Jin Myung conseguiu um trabalho depois de retornar da China. Ye Eun tirou um ano de folga para se recuperar por causa de seu ex-namorado abusivo e agora está retornando para a faculdade. Ji Won ainda não conseguiu um namorado. Eun Jae terminou com o seu primeiro amor e está passando por uma dor emocional. Jo Eun, a nova moradora do Belle Epoque, está ficando no quarto anteriormente ocupado por Yi Na.

ELENCO PRINCIPAL:

- Han Ye Ri como Yoon Jin Myung (nossa sanbae, agora com 29 anos, finalmente volta da China e consegue o tão sonhado emprego, mas vai ter de lidar com muitos desafios);
- Han Seung Yeon como Jung Ye Eun (23 anos; após se trancar em casa por um ano, é hora de Ye Eun voltar à faculdade e enfrentar o mundo, que parece muito menos acolhedor que a casa que divide com as amigas);
- Park Eun Bin como Song Ji Won (23 anos; apesar de ser fissurada em sexo, nossa querida Ji Won permanece virgem e sem nunca ter tido um relacionamento amoroso);
- Ji Woo como Yoo Eun Jae (22 anos; a novata tímida que chegou toda reprimida na casa há pouco mais de um ano, agora precisa enfrentar sua primeira desilusão amorosa, seu primeiro término)
- Choi Ara como Jo Eun (22 anos; é a mais nova moradora da casa, que chegou até ali por um motivo bem específico: entregar uma carta cheia de ódio que encontrou por acaso);
- Kim Min Seok como Seo Jang Hoon (sobrinho da proprietária da Belle Epoque; está passando  uns dias de favor na casa da tia antes de se servir o exército);
- Son Seung Won como Im Sung Min (estudante de jornalismo e melhor amigo de Ji Won; trabalha em um jornal e entende (aguenta) a amiga como ninguém);
- Lee Yoo Jin como Kwon Ho Chang (novo possível interesse amoroso de Ye Eun; um estudante de engenharia que, aparentemente, tem autismo).


Minha opinião: Amei! Amei! Amei!
Nem sei por onde começar essa resenha, e isso sempre acontece quando eu venho falar de um dorama do qual eu gostei muito. Claro que esse é o caso de "Age of Youth 2".
O primeiro episódio começa com a volta de Yoon Jin Myung à Coréia do Sul, após uma temporada na China. No aeroporto estão as outras quatro meninas com quem Jin Myung divide a Belle Époque (república).
E esse primeiro episódio é só pra dar aquela quebrada no gelo e podermos nos familiarizar novamente com as personagens. Kang agora tem um carro e resolve ir com as demais garotas buscar Jin Myung no aeroporto, e é aí que a aventura começa, já que ela é uma péssima motorista. As meninas chegam no aeroporto cansadas, estressadas e loucas para irem embora. No entanto, no caminho de volta se perdem e muitas coisas improváveis, hilárias e engraçadas acontecem quando elas precisam passar a noite em uma pousada por não terem encontrado o caminho de volta para casa. Tendo relembrado da personalidades das personagens, da relação entre elas (e tendo aceitado - ou não - o fato de que a personagem Yoo Eun Jae ser interpretada por uma atris diferente da primeira temporada), a partir do episódio seguinte, assim como na primeira temporada, acompanhamos o dia-a-dia das meninas.
Com a saída de Kang Yi Na (interpretada por Ryu Hwa Young) da república, as demais precisam encontrar uma nova moradora. É aí que a General, ou melhor, Jo Eun, entra em cena. Após encontrar um misteriosa, recheada de ódio e com o endereço da Belle Époque no verso, Jo Eun resolve investigar e acaba sendo confundida com uma candidata ao quarto vago da casa. Assim, após uma única entrevista ela passa a dividir a casa com as meninas que já conhecemos

Além do fato de ser uma "estranha" na casa, Jo Eun causa curiosidade por ser alta, não se vestir de uma forma considerada "feminina". Em total contraste com sua melhor amiga, que é definitivamente apaixonada por ela. Gostei bastante do fato de o dorama abordar isso, o fato de que o esteriótipo feminino e meiguinho não tem nada a ver com a orientação sexual de alguém. E o mesmo ocorre com Jo Eun, que apesar de "masculinizada", passa a se sentir atraída pelo sobrinho da proprietária da Belle Époque (e como eu shippei esse casal!).
Sem contar que, passado o mistério envolvendo suas intenções e sua história, passamos anos solidarizar com ela, diante da falta que sente do pai, da manipulação feita por sua mãe, etc.
Quanto as demais personagens, nesta temporada acompanhamos o desenrolar de suas histórias, tendo em vista os acontecimentos da temporada anterior. Nossa tímida Yoo Eun Jae (nesta temporada, interpretada por Ji Woo), tem de lidar com seu primeiro rompimento. E isso vai perdurar até o final do dorama... até lá ela vai passar por vários estágios: falsa aceitação, negação, arrependimento, etc. E contará com a ajuda das amigas para superar essa fase. Apesar de ter estranhado a troca de atrizes, confesso que gostei bastante da atuação de Ji Woo, que conseguiu captar a personalidade da personagem (embora, por vezes, eu tenha ficado curiosa para saber como a outra atriz se sairia).
Jung Ye Eun, por sua vez, tendo passado por poucas e boas na temporada anterior, vítima de violência no namoro, sequestro, etc., parece uma personagem completamente diferente. Dentro de casa e ao lado das amigas, ela age de forma natural, espontânea e confiante, mas basta colocar os pés para fora para que se transforme em outra pessoa. Ela é totalmente dependente das amigas e não consegue realizar as mais simples tarefas, como ir ao mercado sozinha. É triste demais acompanhar como ela perdeu o brilho e como um trauma pode fragilizar tanto uma pessoa. Acompanhamos também sua relação com os pais, em especial a mãe, que parece culpá-la pelo que aconteceu; em paralelo, vemos o surgimento de um novo relacionamento, com um estudante de engenharia que, ao que tudo indica, tem autismo. Os dois passam por alguns mal entendidos, alguma dificuldade em se compreender mutuamente, mas é bonito acompanhar como eles se ajudam.
Nossa sanbae, após voltar de viagem, recomeça sua busca por um trabalho... e finalmente consegue. Agora ela tem de lidar com algo que nunca teve tempo para apreciar: idols (ou aspirantes). Ela tem de aprender a não se envolver, a se manter distante dos vários aspirantes a idols que podem nunca vir a ter sucesso, mas não é fácil ignorar o esforço de alguém ser desperdiçado ou desprezado... ela conhece isso muito bem.
Já a extrovertida e fascinada em sexo, Song Ji Won, segue sendo minha personagem favorita. Adoro o jeito brincalhão e fatalista dela, adoro a relação que ela tem com as amigas e, em especial, como seu colega de faculdade. Nesta temporada, a história de Ji Won é explorada e, aos pouco, conforme ela vai redescobrindo algumas memórias do passado, passamos a conhecer os traumas pelos quais ela passou. E, no final das contas, a carta misteriosa que levou  Jo Eun à Belle Époque está intimamente ligada ao passado de Ji Won... e quando a verdade escondida vem à tona, muitas coisas pesadíssimas acontecem. Com "Age of Youth", mesmo com muita descontração e muitas cenas engraçadas e fofas, nunca se trata apenas disso, nunca é algo superficial. Na verdade, em "Age of Youth", é sempre o que está por baixo dessa superfície que causa desconforto, choque de realidade, etc.
Abaixo um gif do meu ship. <3 Pelo amor de Deus, quero uma terceira temporada logo!
Quanto a ost, continua sensacional como a da temporada anterior. Confiram minhas favoritas: Blue Dawn (Kim Min Hong), Yes (HoA), Memory (The Tellers), The Days Are Like Today (Drain), Soon (Big Little Lions) e Fills Me Up (Big Little Lions).

"Age of Youth 2" tem 14 episódios (que passam voando!), que estão disponíveis na Netflix e no Kingdom Fansubs.

***
Espero que vocês gostem!!

Beijos e amassos!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)