4 de dezembro de 2012

RESENHA: P.S. Eu Te Amo

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Cecelia Ahern
Número de Páginas: 368

Sinopse: Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.

Olá gente linda!!!
Finalmente resolvi ler "P.S. Eu Te Amo" e..... ah como é lindo!
Quando a Editora Novo Conceito anunciou que publicaria o livro eu logo me animei para ler, mas com tantos ótimos lançamentos e com a certeza de que eu choraria baldes, acabei adiando a leitura, e adiando, e adiando....
Mas, desta vez eu me senti psicológica e emocionalmente preparada para embarcar nessa história que eu conheci primeiramente através do filme.


Holly e Garry era o tipo de casal que todos admiram. Juntos por 15 anos, apaixonados, inseparáveis e cúmplices.... tudo isso só serviu para tornar a morte de Garry ainda mais injusta e inaceitável por Holly.
"O plano dos dois era muito simples. Permanecer juntos pelo resto de suas vidas. Um plano que qualquer um em seu círculo de amigos concordaria que era realizável. Todos os consideravam excelentes amigos, amantes e almas gêmeas destinadas a ficarem juntas. Mas por acaso, um dia o destino havia mesquinhamente mudado de ideia."
Após meses sofrendo com um tumor no cérebro, após definha dia após dia, Garry finalmente partiu e deixou Holly inconformada. Está certo que a morte não é fácil para ninguém, mas é possível entender todo o sofrimento de Holly ao longo do livro. Garry foi seu primeiro amor. Estiveram juntos desde o colégio e após se casarem, ficaram 7 anos juntos e, foram separados apenas pela morte, ou melhor.... o mais natural seria que a morte tivesse sido capaz de separá-los, mas como diz a frase na capa do livro "Existem amores que duram mais que uma vida."
Prevendo que sua morte simplesmente destruiria Holly, Garry teve um plano: escreveria cartas para Holly e as enviaria para a casa dos pais dela para quando ela estivesse preparada para lê-las. Um total de 10 envelopes, nomeados com cada mês. Uma forma de ajudá-la a passar por essa fase de luto, afinal perder uma alma gêmea não deve ser nada fácil.
Alguns podem achar o livro depressivo, afinal de contas trata-se da vida de uma recém viúva inconformada com a morte do homem que ama, que a todo momento fica revivendo lembranças e se martirizando por coisas que fez ou deixou de fazer, mas ao mesmo tempo é tudo tão intenso... tão sensível que é impossível não se emocionar e não se imaginar na mesma situação que Holly
"A verdade é que ela nunca saberia exatamente o que ele quisera dizer com aquilo, porque nunca mais falaria com ele. Era com isso que ela tinha mais dificuldade de lidar, o fato que acabava com ela." (página 100)
Ao longo de cada capítulo esperei ansiosamente por cada carta, de cada mês e, por diversas vezes me emocionei ao imaginar Garry, em fase terminal, escrevendo cada palavra para um futuro do qual sabia não fazer parte. Chorei cada vez que Holly ligava para o celular de Garry apenas para ouvir a gravação na secretária eletrônica e cada vez que alguém insistia em tocar num assunto tão sensível e Holly tinha que tentar responder cada pergunta mecanicamente fingindo estar bem, fingindo não estar sofrendo, pois... a vida continua. É o que todos dizem. 
A cada carta Garry tenta orientar Holly a seguir em frente, dando um passo de cada vez. Começando com a compra de um simples abajur até a procura por um novo emprego. Apesar se serem apenas mensagens escritas, a presença de Garry em cada palavra dá força à Holly.
"P.S. Eu Te Amo, Holly, e sei que você me ama. Você não precisa de minhas coisas para se lembrar de mim, não precisa guardá-las como prova de que eu existi ou de que ainda existo em sua mente. Não precisa vestir minhas blusas para me senti perto; já estou aí... sempre abraçando você." (página 101) 
****
Apesar disso, não pense que o livro é puro drama. Há vários momentos em que ri horrores. As amigas e a irmã de Holly são umas figuraças e as 'vergonhas alheias' de Holly são as melhores. Enfim, é uma leitura agradável e profunda que vai dividir suas emoções, te fazendo chorar em um minuto e no seguinte te arrancar boas risadas.
Li algumas resenhas em que a atitude de Garry em deixar essas cartas foi vista como egoísmo. Pode ser, mas... é muito amor, gente! Não consigo imaginar a felicidade que eu sentiria se pudesse ler uma carta que um ente querido tivesse deixado para mim antes de morrer.  :***|
Ainda estou tendo dificuldades para aceitar que Cecelia Ahern escreveu esse livro com apenas 21 anos, idade em que dificilmente se tenha vivenciado uma experiência tão profunda quanto um amor como o de Holly e Garry.
Agora preciso me recuperar do misto de emoções que o livro me fez sentir, para assistir ao filme novamente, fazer algumas comparações e chorar mais alguns baldes (e também babar um pouco no Gerard Butler! hahaha)

Classificação:

***
ASSISTA AO TRAILER DO FILME:

***
Espero que gostem!!!

Beijos e amassos!!

29 comentários

  1. AAAAAAAAH Eu amei esse livro!
    Comecei a ler mas larguei porque chorava toda página mas quando voltei a ler simplesmente me apaixonei. Não é puro drama, a Holly é uma personagem legal e com um desenvolvimento incrivel. Adorei a escrita da autora, estou ansiosa para mais leituras de livros dela.
    Adorei sua resenha Amanda.
    Final de semestre na faculdade está tenso mas prometo fazer mais visitinhas aqui quando tiver tempo livre *-*

    Beijocas,
    thay

    ResponderExcluir
  2. eu já assisti o filme e gostei bastante, mas como me falaram que o livro é bem diferente quero ler ele *--*
    principalmente pelo fato dele não ser só drama né :P

    ResponderExcluir
  3. Eu preciso desse livro urgentemente, sou apaixonada pelo filme e eu adoro ler um livro que eu sei que o filme eu gostei, geralmente acabo me apaixonando mais pelo livro!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Faz tempo que estou namorando com este livro, haha. Ainda tenho outros na frente, mas não vejo a hora de poder lê-lo. A cada resenha a vontade aumenta!

    http://leitoraassidua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Vejo muito falar deste livro pelos cantos. Faz um tempinho que ando querendo lê-lo, me soa muito "fofinho" hahaha.

    ResponderExcluir
  6. Eu amo esse filme, e o livro é excepcional. Me apaixonei por ele logo de cara pela capa. Mas a história é de chorar.

    ResponderExcluir
  7. Eu vi o filme tempos atrás e fui a única pessoa que conheço que não chorou. Eu achei a história bonita, mas não cheguei a chorar, e dizem que o livro é muito mais intenso, por isso estou ansiosa. Então o livro tem humor também? Não sei, não imagino humor nessa história, mas já ouvi muitas pessoas falarem o mesmo. Fiquei pasma ao descobrir que Cecelia escreveu o livro com 21 anos. COMO ASSIM? Isso é que é talento.
    Gostei muito da resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Já havia assistido ao filme e como você disse chorei baldes e mais baldes(kkkkkk).O livro infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler e espero muito ler.Sabe porque?Por que o livro mostra tudo nos minimos detalhes,já que o filme não mostra isso.Além de poder sentir mais e ter a oportunidade de entrar na estoria.
    Adorei a sua resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  9. Quando assisti ao filme eu simplesmente adorei. Nem sabia que existia o livro. Depois vi e li resenhas e comentários sobre ele e agora quero ler o livro e completar a história, pois o filme não mostra todos os pormenores. Gostei da resenha, ela está ótima.

    ResponderExcluir
  10. O filme eu já assisti e chorei de soluçar rsrs emotiva?sim ou claro.Espero lê-lo pq com certeza vou amar.Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Estou louco para ler este livro, adorei a resenha :D

    ResponderExcluir
  12. Adoro o fato de os livros serem melhores que os filmes, esse com certeza não é exceção!!!

    ResponderExcluir
  13. Amei, adorei, chorei, assistindo o filme .
    Mas sempre o livro é melhor, mais detalhado .
    Agora estou doida para le-lo depois ainda dessa resenha .

    ResponderExcluir
  14. Eu quase derreto de tanto chorar TODA vez que assisto o filme! Agora quero ler o livro para derreter de vez! U.u

    http://adolescencia-eterna.blogspot.com.br/ -> Visitem o meu blog! :D

    ResponderExcluir
  15. Nossa... esse livro deve ser lindo rs, o filme fez com que eu chorasse do começo ao fim e o livro deve ser a mesma coisa haha... amoo

    ResponderExcluir
  16. O Filme PS eu te amo é um dos meus romance favorito (apesar de não gostar muito da Holly do filme), e desde que assisti ao filme, queria saber mais detalhes desse romance tão lindo e isso só é possível através do livro mesmo ( e quem sabe eu não goste mais da Holly do livro).Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  17. Eu assisti ao filme inúmeras vezes (e chorei em todas elas hahah). Fiquei morrendo de vontade ler o livro ^^.

    ResponderExcluir
  18. Não tenho muita vontade de ler esse livro porque não gostei do filme :/

    ResponderExcluir
  19. P.S. Eu te Amo, o filme, é um dos meus favoritos. Por isso quero muito ler o livro, o filme mexeu muito comigo e como o livro é mais intenso com certeza vou chorar, já providenciarei os lenços... Realmente, a gente se coloca no lugar da Holly em toda a história e sofre junto com ela, ao imaginar Garry.


    Claudia F.
    Palavras (In)certas

    ResponderExcluir
  20. Quero ler o livro por conta do filme (que é lindao), espero que seja tao bom quanto o filme!

    ResponderExcluir
  21. Já adoro o filme, quero muito ler o livro tbm!

    ResponderExcluir
  22. aaaaaaaaahhhh!!! o q falar desse livro! ele é perfeito! o filme entao! ja assisti tanto q sei d cor! a historia é muito linda!

    ResponderExcluir
  23. esse livro parece muito lindo, quero muito ler e depois ver o filme

    ResponderExcluir
  24. eu estou doida pelo livro, a autiora tem um jeito leve de escrever e encantar, sem falar que suas histórias são emocionante e fazem com que se repense diversos conceitos que temos

    ResponderExcluir
  25. O livro é lindo, bem mais que o filme! Ganhei um kit dele, veio com papeis de carta e envelopinhos fofos!
    Adoro a autora e já estou atrás dos outros livros dela.
    Prepare-se para chorar, se emocionar e refletir tb.

    ResponderExcluir
  26. Quero muito ler esse livro! Que bom que a Novo Conceito o lançou de novo. Uma história linda, realmente!

    ResponderExcluir
  27. O filme é lindo, emocionante e tem uma fotografia espetacular! Estou curiosa para ler porque sempre gosto mais do livro do que do filme!

    ResponderExcluir
  28. Eu não sabia que a autora tinha só 21 anos quando escreveu esse livro! Eu já assisti ao filme e amei. Dizem que o livro é bem melhor, assim espero. Acho mega romântico. Agora a autora adora umas cartas, né?
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)