5 de março de 2012

RESENHA: Para Sempre

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Kim & Krickitt Carpenter
Número de Páginas: 144

Sinopse: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Bem, por onde começar? Não sei dizer se é uma história de amor ou se é uma história de fé. Acho que as duas coisas.

Casados há apenas dois meses, o jovem casal Carpenter sofre um grave acidente de carro, onde além de vários ferimentos pelo corpo, Krickitt sofre também um agrave lesão cerebral. Ela é praticamente desenganada pelos médicos (vários), mas seu marido, Kim, não se conforma com a terrível situação. E após muitas orações, e a ajuda de muita gente (que oram por eles), Krickitt começa a melhorar. Com o tempo Krickitt vai tendo uma recuperação que nenhum dos especialistas esperavam. Isso é incrível!
Mas.... quando, em uma sessão com o psicólogo, ela é questionada sobre seu marido, uma surpresa: Krickit alega não ser casada. Com certeza isso foi um grande choque para Kim.
Ela se lembra da família, dos amigo e até do ex-namorado, mas não se lembra de Kim, nem dos acontecimentos do último 1 ano e meio.
"Para minha esposa, eu era apenas mais uma pessoa que a estava ajudando a se recuperar. Finalmente me dei conta de que ela não fazia a menor ideia de quem eu era. " (página 78)
As coisas ficaram ainda piores. Kim não desistiu de Krickitt, pelo contrário, era uma presença constante no tratamento da esposa e estava sempre ajudando e pressionando-a para que os resultados de sua recuperação fossem cada vez melhores, mas isso irritava Kricktt, que diversas vezes gritava seu ódio por Kim. Ela era imprevisível, às vezes era amistosa e amigável, outras era irritada e mal-humorada. A cada dia, Kim tinha mais certeza que que a antiga Krickitt havia morrido naquele trágico acidente.
"Alguns meses após o nosso casamento, a mulher que eu amava aparentemente me odiava. E aquilo estraçalhava meu coração." (página 94)
Quando Krickit recebeu alta, estava quase totalmente recuperada, fisicamente falando, mas não se lembrava de ser casada. Ainda assim, voltou a morar com o "marido", mas eles não estavam em sintonia. Parecia a relçao de um pai com a filha adolescente e rebelde. Quando Kim se deu conta disso, percebeu que era hora de fazer alguma coisa para recuperar seu papel de marido e fazer seu casamento dar certo. Ele teria que reconquistar a mulher de sua vida, mas sabia que isso não seria uma tarefa fácil, mas que valeria a pena.
Ele sabia que nunca mais teria a velha Krickitt de volta, mas que poderia ter um agradável futuro com a nova Krickitt. Mas teria de ter fé em Deus para fazer isso dar certo pela segunda vez.
"Essa história não sobre mim, e também não é sobre Krickitt. É sobre a fé, e como ela nos guiou desde uma época terrível até uma vida que é melhor do que jamais poderíamos ter imaginado. É sobre o comprometimento." (página 144)
****
Impossível não se comover com essa história, mais impossível ainda não se espelhar no amor desse casal. Mas, tenho que admitir: o livro não superou as minhas expectativas. =/
Vou explicar, a narrativa é meio que "superficial". O modo como foi narrado não foi exatamente, emocionante. Claro que, a mensagem passada pelo livro, em si, é linda.
Enquanto muitos casais desistem aos primeiros obstáculos e primeiras dificuldades, esse jovem casal fez jus aos votos que fizeram diante de Deus no dia do casamento. Muitos juram amar e respeita.... blá blá blá, até que a morte os separe, mas não é preciso de muita coisa, muito menos algo tão inesperado quanto a morte para fazê-lo desistir. Essa história proa que é possível ultrapassar os obstáculos que o destino coloca no caminho de cada um, mostra que mais do que acreditar que tudo vai dar certo, é preciso ter fé e saber que nem tudo o que acontece é escolha nossa, mas podemos fazer novas escolhas para tentar nos adaptar a cada nova situação com que nos deparamos.
O livro, além de ser uma linda auto-biografia, tem aquele toque de auto-ajuda, mas nada exagerado. Os autores descrevem os acontecimentos de maneira simples, rápida e leve, sem se ater a muitos detalhes (também porque, por ser uma história real, é impossível se lembra com exatidão de todos os detalhes), não possui muitos diálogos, mas a cada página é possível se sentir comovido com a história de vida e de fé deste casal. Poucas pessoas suportariam passar por isso sem sucumbir. RECOMENDO! (também porque, você não levará mais do que poucas horas para lê-lo), uma leitura agradável e rápida.

Classificação:

Ah... todos já sabem que o livro ganhou uma adaptação cinematográfica em fevereiro deste ano, em comemoração ao Valentine's Day. No Brasil, o filme chega no final de março. (Mal posso esperar!)

Confiram o Trailer!

***
Espero que gostem!!!

Beijos e amasso!!

7 comentários

  1. Ameeeeeeeei a sua resenha! Eu estou louca pra ler esse livro. Essa semana ele chega aqui em casa! Não aguento mais esperar! Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Amanda! Estou ansiosa para ler Para Sempre! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ai que linda sua resenha Amanda!! Eu amo essas histórias de superação, de amor e de fé em Deus, são tão lindas. O único ponto negativo, pelo que parece, é que não tem muitos diálogos, e eu fico meio entediada com histórias que são só narrativa :/ Mesmo assim, to super curiosa pra ler esse livro, e principalmente pra assistir o filme!!
    Amei sua resenha!! *-*

    Beijos,
    @flafsbp
    { http://17ezesseteinvernos.blogspot.com/ }

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro a capa do livro, é bem fofa! Fiquei mais ansiosa ainda pra ler, principalmente porque conta uma história real. Que pena que o livro tem só 144 páginas, né? =/
    Adorei a sua resenha e o trailer está bem bonito, quero ver o filme depois do livro *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é simplesmente maravilhoso *-*
    a resenha ficou otima. A historia é linda, apesar d'eu pouco ler romances :)

    ResponderExcluir
  6. Já separei o livro para leitura, mas vou confessar que não me interessei pelo filme.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia o livro mas é sempre bom ver que o estoque de ótimos livros não para de crescer
    para a alegria (ou desespero já que nunca conseguimos, comprar/ler todos os livros que queremos) de todos os viciados em livros.

    Bjus

    Ariana

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)