17 de junho de 2011

RESENHA: Um Amor para Recordar

Editora: Novo Conceito (Cortesia)
Autor: Nicholas Sparks
Número de Páginas: 184

Sinopse: “Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”

É gente... mais um do Nicholas Sparks!!! Uma cortesia suuuuper fofa da Editora Novo Conceito... (ainda não postei "Caixa de correios".... mas recebi este essa semana hahah.... na verdade estou esperando outros livros chegarem! ¬¬)....
Bem.. esse não é apenas mais um lindo livro de Nick, é o PRIMEIRO livro escrito pelo autor!! (o que explica muita coisa....).

A estória é narrada por Landon Carter, que aos 57 anos lembra com riqueza de detalhes do ano de 1958... o ano em que se apaixonou...
Para muitos pode parecer exagero, ou até mesmo loucura, mas... ninguém esquece o primeiro amor.
Landon é um garoto de 17 anos que, realmente, não é bom em nada. Não participa das equipes esportivas da escola, não tira as melhores notas da classe... mas quando seu pai - um famoso político e um pai ausente - deixa claro seu desejo de que o filho entre para a Universidade da Carolina do Norte, Landon percebe que precisa fazer alguma coisa.... precisa participar de alguma atividade no colégio. E é assim que decide participar das aulas de arte dramática.... também porque sua outra opção seria química. (não preciso dizer mais nada, né!? haha)
Jamie Sullivan também faz parte da turma de arte dramática, o que não surpreende Landon, já que Jamie sempre está envolvida nessas atividade.. entre muitas outras com as quais nenhum outro adolescente estaria.
Jamie é filha do reverendo Hegbert, que a criou sozinho, pois a esposa morreu no parto. Este não é o único fato estranho sobre Jamie, ela costuma carregar sua Bíblia para todos os lugares, e passa horas durante a semana lendo e brincando com as crianças do orfanato... e  conversando com as pessoas mais velhas, Jamie realmente é amada por todos... todos os mais velhos. Quanto aos adolescente, Jamie nunca foi compreendida, nem aceita.. inclusive por Landon. Mas o que uma garota que anda com a Bíblia,  fala sobre Deus a cada frase e que usa uma saia xadrez e um blusão marrom desde o primário pode esperar? Sem mencionar seus cabelos, sempre presos em um coque!... Jamie, definitivamente, não era o tipo de garota atraente para Landon.
O que Landon nunca poderia imaginar é que o ano de 1958 mudaria sua vida... e a de Jamie... para sempre.
"Há momentos em que desejo fazer o tempo voltar e apagar toda a tristeza, mas eu tenho a sensação de que, se o fizesse, também apagaria a alegria. Assim, revivo as memórias da forma com vêm, aceitando todas elas, deixando que me guiem sempre que possível. Isso acontece com mais frequência doa que as pessoas percebem..." (Landon Carter)
******* 
O livro é realmente fofo. mas se você espera encontrar muitas coisas semelhantes ao filme, desista! O livro é quase TODO diferente. A começar por Landon, que não é um rebelde que vive farreando e fazendo vandalismos e tudo mais... e também não tem todas aquelas "declarações de amor" como no filme (a tatuagem e tudo mais de fofo que encontramos na versão cinematográfica!).

Confira o trailler do filme:
******
Confesso que esperava mais do livro, não que seja ruim, mas quando leio o nome "Nicholas Sparks" em qualquer livro, eu tenho certeza que é um SUPER livro, mas esse tem poucos diálogos e o "amor" propriamente dito, acontece nos últimos capítulos (e mesmo conhecendo o final da estória, choreiiii largado!! hahah)... como eu falei no início da resenha, isso pode ser explicado pelo fato de ser o primeiro livro do autor... com o qual, com certeza ele cresceu muito, para desenvolver seus outros livros, que são verdadeiras obras de arte.
Mas enfim... pela primeira vez na vida, gostei mais do filme. mas ainda assim EU RECOMENDO o livro, desde que você não o leia pensando em tudo que viu no filme.. haha

Classificação:


Espero que gostem!! :)

Beijos e amassos!!!!

2 comentários

  1. Gostei da resenha ^^ òtimo livrooo ^^

    ResponderExcluir
  2. Foi o que eu pensei "Eis um filme que supera o livro!", mesmo assim vale a pena ler.

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)