14 de junho de 2011

RESENHA: Julieta

Editora: Sextante (Arqueiro)
Autor: Anne Fortier
Número de Páginas: 448

Duas famílias, uma maldição, um amor quase impossível...

Sinopse: Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. 
Quem nunca ouviu falar.. leu.. ou assistiu alguma versão cinematográfica do clássico "Romeu e Julieta" de Willian Shakespeare?
E se... a história realmente fosse real, mas com algumas modificações? E se na verdade os nomes desse casal sofredor fossem Romeo Marescoti e Giulieta Tolomei??
Melhor ainda... o que você faria se descobrisse ser descendente de Giulieta??
Uma diferença importante a se ressaltar, é que, na verdade, Romeo e Giulieta não eram de famílias rivais.. na veradade a rivalidade era entre os Tolomei e os poderosos e cruéis Salimbeni. Rivalidade esta que pôs fim, não só a vida, mas a história de amor desses dois amantes que se eternizaram através de Shakespeare.
Foi exatamente isso que aconteceu com Julie Jacobs, ou melhor Giulieta Tolomei que, após a morte "misteriosa" de sua tia Rose, que foi sua mãe e de sua irmã gêmea Janice, durante tantos anos. Surpreendentemente, ficando fora do testamento da querida tia, Julie se vê sem rumo, sem dinheiro e sem família... já que a irmã é a pessoa mais gananciosa e egocêntrica que conhece.
Instruída por uma carta deixada pela tia, Julie parte para a Itália, usando seu verdadeiro - e recém descoberto- nome, em busca de um tesouro de família... um tesouro com mais de 600 anos.
Mas, sem imaginar onde está se metendo... e se é seguro, ou não, remexer em seu passado, Julie descobre coisas surpreendente sobre a verdadeira história trágica de Romeo e Giulieta, e sobre a si própria... e creio que o maior tesouro a ser encontrado é o amor... que despertará em seu coração ao conhecer Alessandro Salimbeni, que é seu rival a mais de 600 anos, mas que acima de tudo, também é SEU Romeo. Mas sua confiança nele vai passar por altos e baixos... Alessandro será mesmo confiável, ou está se aproximando de Julie para lhe roubar o tesouro, caso ela o encontre?? Mas, de qualquer forma, como não se apaixonar por Alessandro... Romeo?

"Olhei para tudo a minha volta, menos para ele. Alessandro estava usando uma daquelas sungas europeias mínimas, mas essa era a única coisa mínima a seu respeito. Sentado ali, à luz da tarde, parecia feito de bronze; seu corpo praticamente reluzia e era óbvio que fora esculpido por alguém intimamente familiarizado com as proporções ideais do corpo humano."

Essa estória vai, com certeza te envolver até a última página... só para causar maior curiosidade, trancrevo abaixo a primeira frase do livro:

"Dizem que morri.Meu coração parou de bater e eu não respirava - aos olhos do mundo, estava morta de verdade. Alguns dizem que durou três minutos, outros afirmam que foram quatro. Pessoalmente, começo a achar que morte é, acima de tudo, uma questão de opinião."

Sem dúvida nenhuma, este livro entrou para minha lista de favoritos, e não é atoa. É um livro cheio de aventuras, o tempo todo recontando a estória de Romeo e Giulieta... de forma mais emocionante e trágica ainda. E o mais curioso é, que apesar de ser uma obra de ficção, a autora usou de vários dados históricos sobre Siena e duas famílias com uma rivalidade sangrenta, realmente os Tolomei e os Salimbeni.
E para fechar essa minha humilde resenha, um pequeno trecho de Romeu e Julieta (Shakespeareano):

"Alguns terão perdão, outros castigo;De tudo isso há muito o que falar.Mais triste história nunca aconteceuQue esta, de Julieta e seu Romeu." (SHAKESPEARE)

Eu realmente RECOMENDO este livro.. apesar de ser groso hahha... não é uma leitira cansativa, pelo contrário: precisei me obrigar a deixar o próximo capítulo para o dia seguinte, percebendo várias vezes que já era madrugada e eu tinha que me levantar cedo! hahah

Classificação:


Siga a Editora Sextante @sextante e a Editora Arqueiro @editoraarqueiro no Twitter!

Beijos e amassos!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)