8 de dezembro de 2014

RESENHA: Para onde ela foi (Se eu ficar #2)

Editora: Novo Conceito
Autor(a): Gayle Forman
Número de Páginas: 240

Sinopse: Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

Olá gente linda!!!
Eu finalmente li a continuação de "Se eu ficar" e, confesso que gostei bem mais do que do primeiro.
Ainda não assisti ao filme, por isso não sei se a adaptação foca apenas no primeiro livro ou se é baseado nos dois.

ATENÇÃO: Esta resenha contém spoilers do livro anterior.

Diferentemente de "Se eu ficar", desta vez a história é narrada por Adam e, talvez por isso eu tenha gostado mais. Achei que esse livro, apesar de não apresentar temas tão densos e dramáticos quanto o primeiro, é mais sensível, mais profundo. Acho que consegui me conectar com Adam muito mais do que com a Mia no livro anterior.
Três anos se passaram desde que Mia ficou entre a vida e morte e desde que, após se recuperar do acidente que matou sua família, ela partiu para Nova York, para Julliard deixando para trás o seu passado. E Adam.
Adam, por sua vez, após um tempo "na fossa", sofrendo o abandono de Mia e descontando seu sofrimento na composição de músicas, hoje é um verdadeiro astro do rock e sua banda, a Shooting Stars, arrasta multidões por onde passa. Olhando por esse ângulo parece até uma compensação razoável, né?! Mas logo no início do livro vamos tomando conhecimento da nova vida de Adam, de sua relação com os integrantes da banda, de seu ressentimento em relação a Mia... de sua solidão. Adam se tornou recluso, se é que isso é possível. 
Sabe aquele típico astro do rock que é um tanto perturbado, não suporta mais o assédio, não tem paciência para entrevistas... Adam se tornou esse cara. Num primeiro momento ele me pareceu esnobe por isso, mas vamos conhecendo seu sofrimento, o modo como o rompimento com Mia, anos atrás, o devastou tão completamente que afetou até mesmo sua relação com a banda.
"Muita gente venderia um rim para experimentar um pouquinho do tipo de vida que eu tenho. Ainda assim, sinto necessidade de me lembrar da temporalidade de um dia, me assegurar de que passei pelo dia de ontem, que vou passar pelo dia de hoje." (página 9)
Como eu disse, o novo Adam é um pouco perturbado. Além de fumante, ele é dependente de comprimidos para controlar seus ataques de pânico e ansiedade. Apesar da fama e do assédio, ele não suporta estar em lugares fechados e lotados e entra em pânico diante de uma multidão. Irônico, né?!
Apesar de ainda estar colhendo os frutos de seu álbum "Collateral damage", composto de músicas escritas em seu período de depressão, Adam já não sente pela música o amor que sentia no início. Ele vive no piloto automático. Apenas vivendo um dia após o outro...
"Mia... você não entende? A música é o vazio. E você é o motivo." (página 109)
Após alguns compromissos em Nova York e uma entrevista que não terminou nada bem, a banda segue para Londres, para cumprir outros compromissos. Adam, por sua vez, evitando um voo em uma sexta-feira 13, decide ir apenas no dia seguinte. É justamente nesse dia, perambulando pelas ruas de Nova York, portando apenas um boné e um óculos de Sol como disfarce, que Adam fica sabendo que Mia se apresentará à noite. Mia. A mesma Mia que o abandonou sem se despedir, sem terminar, sem se justificar. A mesma Mia que o persegue ainda hoje.
"Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos – não em milhas, não em continentes, não em anos –, e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.” (página 48)
Ahhh, esse reencontro!
O livro se passa em um dia é basicamente a narração do reencontro entre Adam e Mia. Assim como o primeiro livro, a história é mesclada com flash backs que tornam os acontecimentos mais claros. A tensão, a expectativa, o ressentimento ficam rodando durante o livro todo e, conforme Mia vai mostrando seus lugares favoritos de Nova York para Adam, há também a presença das palavras não ditas. As palavras que ambos sabem estar presentes, que ambos sabem que serão verbalizadas a qualquer momentos...
"Deixar para trás. Todo mundo fala como se fosse a coisa mais fácil. Abrir seus dedos um a um até sua mãe ficar aberta. Mas minha mão ficou fechada num punho por três anos, e agora está bem fechada. Eu estou todo congelado. E prestes a apagar completamente." (página 161)
***
Se você leu "Se eu ficar" e adorou, ou se leu e achou que poderia ter sido melhor, NÃO PERCA TEMPO E LEIA "PARA ONDE ELA FOI"!
Juro que no final vai valer a pena.... apesar de o livro mostrar que Mia e Adam não tiveram um final feliz em se eu ficar, eles com certeza vão tentar dar um jeito nisso. Após colocar os pingos nos "i"s e curar suas feridas os bons sentimentos virão à tona.
Durante toda a história eu me peguei tomando as dores de Adam e sentindo certo ressentimento em relação a Mia, mas conforme ela vai se explicando, fica mais compreensível, mais razoável. "Para onde ela foi" foi exatamente a continuação que "Se eu ficar" precisava. Nada de finais felizes, isso seria impossível dada toda a situação ocorrida no livro anterior, mas um final sofrido, difícil, mas de uma superação absoluta. Vale a pena ler!

P.S.: Agora eu só torço para que também haja um filme. Mal posso esperar pela trilha sonora! rs

Classificação:

***
Espero que gostem!!

Beijos e amassos!!


19 comentários

  1. Oiee primeiro parabens pelo Blog, é a primeira vez que venho aqui achei muito fofo
    eu ja tinha visto e lido outras resenhas desse livro maravilhoso porem ainda nao consegui ler tenho varios na frente mais concerteza a hora dele ira chegar rs!!!
    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  2. Ola Amanda eu diferente de você não gostei desse livro, o primeiro a autora trouxe todas emoções ao leitor , esse livro deixou tantas pontas soltas, o reencontro dos dois achei tão sem graça . A autora deveria primeiro escrever o livro sobre o que houve com Mia antes desse do sofrimento do Adam. aliás achei um exagero todo esse descontrole dele .

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. O meu caso foi completamente diferente. Amei demais o primeiro livro, me conectei com a Mia, mas odiei esse, não curti as atitudes das personagens e, ao contrário de você, não vi nenhuma profundidade. Pra falar a verdade, eu queria que esse livro não existisse... rs... mas que bom que funcionou para você!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  4. Oiee, tudo bem?

    Eu adorei esse livro. No inicio eu fiquei um pouco surpresa com os rumos que a autora tomou, mas, no final. adorei. O livro é super emocionante. E eu adoro o Adam, né? *-*

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu sou do time que leu e não gostou, mas adorou o filme (falando nele, é só do primeiro livro, termina do mesmo jeito). Eu amei o Adam em Se Eu Ficar, mas tenho medo dessa versão estranha que ele se tornou. Não consigo encaixar aquele cara romântico nessa imagem de drogas, depressão e música no automático. Também não sei o que esperar de Mia, imagino que também ficarei ressentida pelo abandono. Mas como li uma resenha de uma menina que adorou Se Eu Ficar e não curtiu Para Onde Ela Foi, tô receosa demais. Prefiro esperar mais um pouco...
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Amanda.
    Sabe que eu fiquei bem desanimada pra ler esse livro depois que li Se eu Ficar, não consegui criar um elo com Mia e esperava muito mais emoção na história.
    E pelo que percebi, mesmo com sua opinião positiva, o desenrolar desse desfecho não vai me conquistar.
    O livro está na estante esperando esse bloqueio passar.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  7. Oi Amanda, tudo bem? Bom, eu com certeza esperava bem mais de "Se eu Ficar" e não tenho muita vontade de ler essa continuação... acho que não iria curtir muito o que o Adam se tornou, já não gostei muito dele no primeiro livro. Enfim, não irei ler... mas ainda quero assistir ao filme de "Se eu Ficar".

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda, tudo bom?

    Confesso que não li o primeiro livro e nem assisti ao filme. Estou com o primeiro em casa mas estou enrolando para ler. Sei que as opiniões são bem divididas, mas não me chamou tanta atenção assim. O segundo parece ser um pouco mais legal, mas mesmo assim não despertou o interesse de "eu preciso desse livro". Vamos ver né?! HAHAHAHAH Parabéns pela resenha!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda, ainda não li os livros e nem vi o filme. Quando começam a falar demais de um livro, minhas expectativas ficam muito altas e eu sempre me decepciono. Vou esperar um pouco para ler. O fato de o segundo livro, como você descreveu, ser narrado de um outro ponto de vista, no caso o do Adam me chama bastante atenção, gosto de saber o que se passa na cabeça do outro personagem, isso quando o autor consegue diferenciá-los.
    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Fanpage

    ResponderExcluir
  10. Amanda, o filme aborda apenas o Se eu Ficar, mas depois dessa sua resenha tambem estou querendo um da continuação! Eu curti mais o filme que o livro, mas ao ler o primeiro capitulo de para onde ela foi, eu já percebi que este livro me agradaria muito mais. Gostei de saber que os flashbacks continuam, eles são realmente importantes para a história.
    Mas fiquei com uma duvida, o final deles é feliz ou não?! aaaah, to curiosa! haha

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Amanda, tudo bem??

    Adorei a resenha... claro que fiquei com mais vontade de ler os dois livros... Ao contrário de você não resisti e assisti o filme primeiro do que o livro e fiquei com uma imensa vontade de ler os livros... parece que essa autora tem uma escrita leve e nos prende... claro que há os que amam e os que odeiam não é mesmo?? Xero!!!

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    Tudo bom?

    Eu li Se eu ficar e gostei bastante da forma como a história foi conduzida. Acreditei que me emocionaria mais, porém me sensibilizei bastante com os dramas e dificuldades da protagonista. Ainda não li Para onde ela foi, mas também acho que vou gostar mais, assim como você! Adoro essa ambientação 3 anos depois e mostrando como essa vida deles está diferente após o final de Se eu ficar! Sua resenha está linda e me fez ter certeza do que irei encontrar no livro.

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, bom eu pulei metade da resenha porque ainda não li Se eu ficar e fui direto para suas considerações finais, e pelo seu comentário este livro deve estar melhor, mais dramático e ao mesmo tempo curando algumas das feridas deixadas no livro anterior <3 Espero poder lê-lo em breve.

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  14. Oi Amanda, tudo bem
    Eu não li o livro, mas eu vi o filme, não aguentei, risos... Me conectei e me emocionei muito com o filme. E fiquei arrasada ao saber que depois de tudo, eles tinham se separado e ele ficou destruído com isso.
    Quero muito ler os dois livros, e sua resenha só aumentou minha vontade!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Bem, desde o lançamento de If I Stay nos EUA eu me interessei pelo livro e tu não sabe a minha frustração de ainda não o ter lido! De qualquer forma, quero poder ler os dois, um em seguida do outro, e rapidão! Parece uma linda história e muito emocionante!
    Gostei da sua resenha e os quotes nela inclusos!
    xoxo
    http://www.bookmore.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá

    Não li e não assisti ao filme. Pretendo ver a adaptação e me contentarei com ela, afinal o livro não me interessa tanto. Já vi muitas opiniões diversificadas sobre esses livros e acho que é uma das primeiras resenhas que vejo que gostou desse segundo volume mais que o primeiro. Não sei o que pensar sobre isso, mas provavelmente não iria curtir os livros por diversos fatores.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Já li várias resenhas de "Se eu ficar" e "Para onde ela foi". Confesso que as críticas com o segundo livro me desiludiram. Mas tua resenha me animou um pouco, acho que leria sim, mas não é uma prioridade. E só para constar, o Adam é muito perturbado mesmo.

    Beijooos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Amanda,

    Parece que a leitura surpreendeu você positivamente, no sentido de ter gostado mais que o primeiro livro. Ah!!! Eu gostei muito mesmo da sinopse, chega ser até poético. Achei muito bacana uma obra completar a outra e transmitir esta noção ao leitor, já que você disse que ela colocou que este segundo livro foi exatamente a continuação do anterior.
    Se eu já estava com vontade de ler o livro 1, com sua resenha fiquei com esta vontade dobrada.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li Se eu Ficar e não gosto de spoilers, por isso li sua resenha meio por cima, mas deu para perceber que você gostou mais desse livro, né? Eu pretendo ler Se eu ficar e mais para frente Para Onde ela foi, pois acredito que vou gostar bastante.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Adoro saber a sua opinião. ^^ Deixe um recadinho com sua sugestão e faça uma blogueira feliz! :)